Bubble Bobble

vídeojogo de 1986
Bubble Bobble
Bubble Bobble
Produtora(s) Taito
Editora(s) Taito
Designer(s) Fukio Mitsuji
Série Bubble Bobble
Plataforma(s) Arcade
Conversões Apple II, BBC Micro, Commodore 64, Famicom Disk System FM Towns, Sinclair ZX Spectrum, Amiga, MSX, Amstrad CPC, Sharp X68000, DOS, Sega Master System, Game Boy, Game Gear, NES, PlayStation 4
Lançamento 1986
Gênero(s) Arcade
Modos de jogo Single Player e Multiplayer
Vídeo Raster: 256 x 224, 256 cores
Bubble Bobble Part 2

Bubble Bobble (バブルボブル Baburu Boburu?) é o primeiro jogo da série de jogos Bubble Bobble, produzido pela Taito em 1986, inicialmente para arcade e mais tarde convertido para computadores e consoles.[1][2][3]

O jogo é centrado na aventura de dois dragões, Bub e Bob. O objetivo é salvar as namoradas dos protagonistas, para isso o jogador deverá enfrentar cem estágios diferentes. Os inimigos são eliminados ao serem envolvidos em uma bolha que em seguida deve ser estourada. Cada vez que um inimigo é eliminado, é gerada uma recompensa que aumenta a pontuação do jogador.[4][5]

O Bubble Bobble foi projetado por Fukio Mitsuji, um designer de jogos japonês da Taito. Em uma entrevista, Mitsuji disse que acreditava que a produção de jogos da Taito, na época, era fraca e de baixa qualidade, em comparação com a Namco. Esperando ajudar a empresa a produzir títulos de arcade com qualidades melhores, ele desenvolveu o jogo Super Dead Heate depois Halley's Comet, ambos em 1985.[6][7]

Um disquete do jogo Bubble Bobble para Famicom Disk System.

Depois de concluir o trabalho nesses dois jogos, Mitsuji decidiu construir um jogo mais cômico, em comparação com seus trabalhos anteriores. Mitsuji também queria que o jogo atraísse um público feminino. Pensando em que tipo de coisas as mulheres mais gostam de desenhar ou esboçar, Mitsuji criou uma extensa lista de mais de 100 ideias e, após um processo de eliminação, selecionou as bolhas como a mecânica principal do jogo. Ele gostou da ideia de a tela estar cheia de bolhas e pensou que estourá-las todas de uma só vez proporcionaria uma sensação emocionante ao jogador. Em relação ao personagem, a ideia inicial era fazer com que o jogador controlasse um robô com um espigão na cabeça para estourar bolhas, todavia, acabou sendo descartada, mudando-se para dinossauros com sulcos nas costas.[6][7]

Em 2016, foi lançado para PlayStation 4 um remake de Bubble Bobble, sob o nome de Arcade Archives: Bubble Bobble.[8][9]

Referências

  1. «Bubble Bobble - Videogame by Taito». The International Arcade Museum (em inglês). Consultado em 10 de maio de 2020. Cópia arquivada em 10 de maio de 2020 
  2. «Bubble Bobble (NES) - Taito, 1988». NESguide (em inglês). Consultado em 10 de maio de 2020 
  3. «Review: Bubble Bobble 4 Friends - A Timely Update That Proves Classic Gameplay Never Ages». Nintendo Life (em inglês). 12 de novembro de 2019. Consultado em 10 de maio de 2020 
  4. Retro Gamer. [S.l.]: Imagine Publishing. 2011. p. 26-34 
  5. Roth, Emma (19 de março de 2019). «Bubble Bobble Review: Is This the Cutest Retro Game Ever?». What Nerd (em inglês). Consultado em 10 de maio de 2020 
  6. a b «Bubble Bobble creator speaks! Creator of Bubble Bobble Fukio Mitsuji takes us down memory lane and muses on videogaming present and future». CVG (em inglês). Consultado em 10 de maio de 2020. Arquivado do original em 26 de outubro de 2012 
  7. a b «shmuplations.com». Shmuplations (em inglês). Consultado em 10 de maio de 2020. Cópia arquivada em 8 de outubro de 2019 
  8. A.J. Maciejewski. «Arcade Archives: Bubble Bobble Review». Video Chums. Consultado em 15 de maio de 2020 
  9. Olson, Mathew (10 de outubro de 2019). «Bubble Bobble 4 Friends Will Also Have the Arcade Original, If Four-Player Isn't Your Bag». USgamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.