Nota: Para a tampa de metal, geralmente redonda, encontrada nas ruas e calçadas, consulte poço de visita.

Bueiro,[1] boca-de-lobo,[2] boca de lobo,[3] sumidouro,[4] sumidoiro[5] ou sarjeta[6] é a vala geralmente localizada ao longo das vias pavimentadas para onde escoam as águas da chuva drenadas pelas sarjetas com destino às galerias pluviais. É comum certa confusão no uso do termo. No português europeu, a tampa redonda de metal que se vê em geral no meio da rua é, na verdade, a tampa de um poço ou caixa de visita, erradamente chamada às vezes de bueiro.[7]

Bueiro de sistema combinado em uso.

A especialização da [Engenharia de Agrimensura engenharia civil que estuda a drenagem pluvial, também chamado de esgoto pluvial, é a engenharia hidráulica.

Nas rodovias e ferrovias, denominam-se bueiros também as tubulações de drenagem dos rios e córregos que cruzam o leito da estrada.

ConfecçãoEditar

São confeccionados com materiais altamente resistentes, como alvenaria ou concreto, a serem executados junto aos meio-fios ou guias, redirecionando as águas para a rede coletora. [8]

InstalaçãoEditar

Para o cálculo dos bueiros e das redes de drenagem, são utilizados diversos métodos em hidrologia e em especial o chamado "Método Racional", através da Fórmula Racional:

Q = C.i.A

onde: Q = vazão ; C = coeficiente de escoamento superficial; i = intensidade da chuva local; A = área de drenagem da bacia hidrográfica.

As instalações de bueiros possuem três formas comuns:

 
Exemplo de boca de lobo em Belo Horizonte.
  • Caixa com grelha ou grade: sistema de captação vertical formado por um orifício na sarjeta, em geral retangular, coberto por uma grade metálica ou de concreto;
  • Boca de lobo: sistema de captação lateral em que uma caixa apresenta-se coberta por uma tampa, em geral de concreto, e, abaixo dela, na altura da sarjeta, há uma abertura para a entrada das águas;
  • Sistema combinado: formado por uma grelha e uma boca de lobo.

Projeto de drenagemEditar

Um aspecto importante para o projeto de drenagem é o posicionamento dos dispositivos de captação da água que escoa nas vias. Eles devem estar posicionados nos pontos baixos do sistema, de modo a impedir alagamentos e águas paradas. [9]

São confeccionados com materiais altamente resistentes, como alvenaria ou concreto, a serem executados junto aos meio-fios ou guias, redirecionando as águas para a rede coletora. [10]

Drenagem urbanaEditar

Os bueiros são pontos importantes da rede de drenagem da cidade. A instalação de bueiros é importante também para o controle das enchentes, já que captam a água das chuvas que não se infiltra no solo por causa da impermeabilização deste.

Toda bacia hidrográfica é composta por uma rede de elementos que constituem a drenagem e, em seu estado natural, envolve os rios, riachos, córregos, pântanos e várzeas, que se mantém em função dinâmica das precipitações e das características do terreno. Com o uso urbano do solo, esse sistema é completamente modificado com a introdução de elementos artificiais. O sistema inicial ou a microdrenagem compreende o que é construído para garantir o funcionamento do sistema viário, dando acesso aos lotes, sendo o bueiro um dispositivo relevante e necessário para a chegada nesse objetivo.[11]


ConservaçãoEditar

A proteção dos bueiros e sua limpeza é muito importante para a manutenção do funcionamento da drenagem urbana. Com o desmatamento e a urbanização e, com isso, a consequente impermeabilização do solo, fez-se necessária a criação de uma rede de escoamento das águas pluviais e direcionamento das mesmas aos rios. O entupimento desses dispositivos pode ocasionar transbordamentos e enchentes. [12]

Ver tambémEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Bueiro

Referências

  1. Definição de bueiro
  2. Definição de boca-de-lobo
  3. Academia Brasileira de Letras. Disponível em http://www.academia.org.br/nossa-lingua/busca-no-vocabulario. Acesso em 18 de abril de 2018.
  4. Definição de sumidouro
  5. Definição de sumidoiro
  6. Definição de sarjeta
  7. «Explosão de bueiro deixa turista ferida em Copacabana». 29 de junho de 2010. Consultado em 15 de julho de 2011 
  8. «Dimensionamento de boca de lobo para drenagem urbana». O Portal de todo Projetista. 26 de setembro de 2016. Consultado em 30 de março de 2019 
  9. ContentStuff.com. «Soluções técnicas - 2 Bocas de lobo| Infraestrutura Urbana». Equipe de Obra. Consultado em 30 de março de 2019 
  10. «Dimensionamento de boca de lobo para drenagem urbana». O Portal de todo Projetista. 26 de setembro de 2016. Consultado em 30 de março de 2019 
  11. Martins, José Rodolfo Scarati (1 de julho de 2012). «Gestão da drenagem urbana: só tecnologia será suficiente?» (PDF). Artigo Científico. Consultado em 30 de março de 2019 
  12. Omega7 (15 de setembro de 2015). «Entenda de uma vez por todas porque é tão importante proteger as bocas de lobo». Master Ambiental - Consultoria Ambiental. Consultado em 30 de março de 2019 

BibliografiaEditar

  • Rios, Jorge L. Paes - "Controle de Enchentes. Metodologia de Projeto" - Congresso Interamericano de AIDIS - Panamá, 1982.
  • Azevedo Netto et al. - Manual de Hidráulica - Editora Blucher - São Paulo, 2001.

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Bueiro
  Este artigo sobre engenharia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.