Cássio Alves de Barros

futebolista brasileiro

Cássio Alves de Barros ou simplesmente Cássio (Rio de Janeiro, 17 de janeiro de 1970) é um treinador e ex-futebolista brasileiro, que atuava como lateral-esquerdo. Atualmente é o técnico da equipe profissional do Vitória-ES.

Cássio
Informações pessoais
Nome completo Cássio Alves de Barros
Data de nasc. 17 de janeiro de 1970 (54 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,70 m
canhoto
Informações profissionais
Clube atual Vitória-ES
Posição treinador
lateral-esquerdo
Clubes de juventude
1984–1989 Vasco da Gama
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1989–1997
1995
1996
1997
1998
1999–2001
2001–2002
Vasco da Gama
Fluminense (emp.)
Guarani (emp.)
Santos
Portuguesa
Stuttgarter Kickers
Goiás
00274 000(10)
00023 0000(0)
00021 0000(2)
00009 0000(1)
00003 0000(0)
00038 0000(3)
00011 0000(0)
Seleção nacional
1991–1992
1990–1991
Brasil Sub-20
Brasil
00005 0000(0)
00001 0000(0)
Times/clubes que treinou
2008–2010
2011–2012
2017
2019
2021–2023
2023–
Vasco da Gama (Sub-13)
Vasco da Gama (Sub-15)
Santa Helena EC
Palmas
Nova Venécia
Vitória-ES




64
Última atualização: 24 de janeiro de 2024

Carreira editar

Jogador editar

Cria da categoria de base[1][2], subiu para o profissional do Vasco em 1989.[3][4] No mesmo ano, ajudou o clube a conquistar o título do Campeonato Brasileiro de 1989.[5] Ainda em 1989, participou também do Campeonato Mundial de Futebol Sub-20 de 1989 pela Seleção Brasileira, que terminou em terceiro lugar.

Entre 1990 e 1991, fez 2 jogos pela Seleção Brasileira principal.[6]

Pelo Vasco ainda foi tricampeonato carioca em 1992[7], 1993[2] e 1994[8].[5][9] Ficou no clube até 1997[9].[3]

Em julho de 1995, foi emprestado ao Fluminense.[10]

Cássio atuou em diversos clubes brasileiros como Santos[11], Goiás e pelo Stuttgarter Kickers da Alemanha.

Após aposentar-se, retornou por um mês sem salário para ajudar o Sobradinho a não ser rebaixado no estadual.[5]

Treinador editar

Começou na categoria de base do Vasco da Gama, em 2008[3], no Sub-13[12], e passou por todas as categorias.[5] Ficou no cruzmaltino até 2014.[3]

Posteriormente, passou por Nova Iguaçu FC, Madureira EC, Duque de Caxias FC e Tigres do Brasil.[3][13]

Em maio de 2017, assumiu o Santa Helena na disputa da Divisão de Acesso do estadual.[12]

Em maio de 2019, chegou ao Palmas[13], onde foi Campeão Tocantinense, seu primeiro titulo como treinador profissional.[3] Comandou o clube em seis jogos pelo estadual - todos pela fase mata-mata, onde conquistou cinco vitórias e um empate.[3]

Assumiu o Nova Venécia Futebol Clube em 2021.[5] No mesmo ano, subiu da Série B para a A no Campeonato Capixaba[14], conquistou o título da Copa Espírito Santo e ganhou vaga para a Copa do Brasil.[5]

Em 2022, na estreia do clube na Copa do Brasil, o Nova Venécia eliminou o Ferroviário-CE na primeira fase e vendeu caro a derrota na etapa seguinte diante do Atlético-GO.[5] Ainda em 2022, avançou de fase no Campeonato Brasileiro da Série D.[15][16]

Em fevereiro de 2023, pediu demissão do cargo junto ao Nova Venécia, durante o Campeonato Capixaba.[15][17][18][19] Ao todo foram 64 partidas pelo clube, com 36 vitórias, 19 empates e nove derrotas - um aproveitamento de 66,4%.[15]

Em outubro de 2023, assume o Vitória-ES para a temporada 2024.[20][21][22][23][24][25]

Títulos editar

Como jogador editar

Vasco da Gama

Como técnico editar

Vasco da Gama Sub-13
  • Taça Guanabara Sub-13: 2009
  • Taça Rio Sub-13: 2009
  • Campeonato Carioca Sub-13: 2009
Vasco da GamaSub-15
  • Troféu Cidade de Santa Tereza Sub-15: 2011
  • Taça Guanabara Sub-15: 2011
  • Campeonato Carioca Sub-15: 2011
  • Copa Amizade Brasil-Japão Sub-15: 2012
  • Torneio Guilherme Embry Sub-15: 2012
Palmas
Nova Venécia

Referências

  1. Abril, Editora (17 de agosto de 1990). Placar Magazine. [S.l.]: Editora Abril 
  2. a b Abril, Editora (setembro de 1993). Placar Magazine. [S.l.]: Editora Abril 
  3. a b c d e f g «Campeão pelo Palmas, Cássio Barros elege treinador inspiração e fala de Luxa no Vasco». ge. 24 de junho de 2019. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  4. «Ex-lateral do Vasco, Cássio relembra participação de Dinamite em sua carreira de técnico». ge. 9 de janeiro de 2023. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  5. a b c d e f g Lima, Marcos Paulo (24 de julho de 2022). «Entrevista: Cássio Barros | O campeão brasileiro pelo Vasco que virou técnico de confiança da família de Richarlison no Nova Venécia, rival do Brasiliense na Série D». Blog Drible de Corpo. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  6. Napoleão, Antonio Carlos; Assaf, Roberto (2006). Seleção brasileira: 1914-2006. [S.l.]: Mauad Editora Ltda 
  7. Abril, Editora (fevereiro de 1992). Placar Magazine. [S.l.]: Editora Abril 
  8. Abril, Editora (setembro de 1994). Placar Magazine. [S.l.]: Editora Abril 
  9. a b Abril, Editora (fevereiro de 1997). Placar Magazine. [S.l.]: Editora Abril 
  10. Abril, Editora (agosto de 1995). Placar Magazine. [S.l.]: Editora Abril 
  11. Kiske (8 de fevereiro de 1997). «Elenco Paulistão 1997 - Santos FC». Acervo Santista. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  12. a b Tomazeti, Rafael (16 de maio de 2017). «Santa Helena contrata treinador, e começa a formatar elenco para Divisão de Acesso». Esporte Goiano. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  13. a b «Marcelo Marelli deixa o Palmas após empate pela Série D; clube anuncia Cássio Alves». ge. 19 de maio de 2019. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  14. «CASSIO BARROS: Nova Venécia, segue fazendo história no Espirito Santo!». treinadoresdobrasil.com.br. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  15. a b c «Cássio Barros pede demissão do Nova Venécia em meio ao Capixaba 2023». ge. 13 de fevereiro de 2023. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  16. «Nova Venécia-ES renova com seu treinador para o estadual». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  17. Vitória, Folha (13 de fevereiro de 2023). «Após nova derrota, Nova Venécia anuncia demissão do técnico Cássio Barros». Folha Vitória. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  18. «Cássio Barros não é mais o técnico do Nova Venécia - REDE NOTICIA ES». 13 de fevereiro de 2023. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  19. Prado, Wellington (13 de fevereiro de 2023). «Nova Venécia cai para sétimo e anuncia saída do técnico Cássio Barros». TC Online. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  20. «Cássio Barros é o novo técnico do Vitória-ES para a temporada 2024». ge. 10 de outubro de 2023. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  21. «Ex-Nova Venécia, Cássio Barros é o novo técnico do Vitória para a temporada 2024». www.agazeta.com.br. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  22. «Cássio Barros aponta projeto do clube como motivo para acerto com o Vitória». www.agazeta.com.br. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  23. «Vitória anuncia Cássio Barros como novo técnico - ES HOJE». eshoje.com.br. 10 de outubro de 2023. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  24. Online, Tribuna (10 de outubro de 2023). «Vitória anuncia Cássio Barros, ex-Vasco, como novo técnico do clube». Tribuna Online | Seu portal de Notícias. Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  25. «Vitória anuncia Cássio Barros como novo técnico - ES HOJE». eshoje.com.br. 10 de outubro de 2023. Consultado em 24 de janeiro de 2024 

Ligações externas editar

   Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.