Abrir menu principal

Wikipédia β

Cancro do rim

(Redirecionado de Câncer de rim)

Cancro do rim (português europeu) ou câncer renal (português brasileiro) é uma neoplasia maligna dos rins, órgãos com forma de feijão que filtram substâncias do sangue para que sejam eliminadas pela urina e para regular a pressão arterial. O cânceres renais representam 2 a 3% de todos os cânceres e são duas vezes mais comum entre homens, geralmente o diagnóstico é entre os 40 e 60 anos e é um pouco mais comum entre negros e pardos.[1] Cinco anos depois do diagnóstico cerca de 70% continuam vivos.

Cancro do rim
Carcinoma de células renais (parte inferior mais laranja e branca) de 8cm, ultrapassando a cápsula renal.
Classificação e recursos externos
CID-10 C64 a C68
CID-9 199
ICD-O: M8070
MeSH D007680
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Índice

TiposEditar

 
Carcinoma renal de células claras, vistos ao microscópio tingidos com H&E.
Primários[2][3]
  • Carcinoma de células renais (90% dos casos)
    • Carcinoma de células claras (60 a 80% dos casos): Genético e mais comum em homens com mais de 60 anos. Podem ser classificados em crescimento lento (grau 1) até crescimento rápido (grau 4).
    • Carcinoma papilar ou cromofílico (10 a 15% dos casos): O tipo 1 é menos agressivo e o tipo 2 mais agressivo. Podem ser tratados de forma similar ao de células claras.
    • Carcinoma renal cromófobo/oncocitoma (4 a 5% dos casos): O menos agressivo, tem crescimento lento e dificilmente se dissemina. Ao microscópio possui células grandes que não se tingem com H&E (por isso são cromófobos).
    • Carcinoma dos ductos coletores/carcinoma dos ducto de Bellini (menos de 1%): Seus sintomas, evolução e tratamentos são mais similares aos dos cânceres de vias urinárias como o câncer de bexiga.
  • Carcinoma urotelial/Carcinoma de células transacionais (5 a 10%): Aparece na pelve renal, o centro do rim que coleta a urina, seus sintomas, evolução e tratamentos são similares aos dos câncer de uréter e bexiga.
  • Câncer renal sarcomatoide (1 a 5% dos casos): Variação dos carcinomas renais mais agressiva e difícil de tratar, parecem com fibrossarcomas ao microscópio. Tem poucos sintomas, sendo diagnosticado apenas em estágios avançados.[4]
  • Tumor de Wilms/Nefroblastoma (menos de 1%): Ao contrários dos outros tipos de cânceres renais, o tumor de Wilms quase sempre afeta crianças menores de 5 anos e é mais comum em meninas. Está associado a mutações genéticas.[5]

No estágio IV (câncer avançado) podem dar metástase para fígado, ossos e/ou pulmão.[6]

Secundários

Os cânceres secundários resultam de metástases de um câncer originado em algum outro local do corpo. Geralmente se originam em[7]:

  • Pulmão;
  • Mama;
  • Estômago ou;
  • Pâncreas.

Factores de riscoEditar

Exposição prolongada a asbestos, cádmio

Sinais e sintomasEditar

Os sinais ou sintomas possíveis incluem[8]:

  • Sangue na urina (urina rosa, vermelha ou roxa)
  • Dor lateral (nos flancos) abaixo das costelas.
  • Perda de peso
  • Fadiga
  • Febre intermitente

TratamentoEditar

Frequentemente envolve remover uma parte ou todo o rim afetado (nefrectomia). Quando não é recomendado removê-lo pode-se destruir o tumor com ablação congelando ou queimando as células. Radioterapia e imunoterapia também podem ser usados.[9]

Referências