Abrir menu principal
Cândido Barbosa
Informação pessoal
Nome nativo Cândido Joaquim Venda Moreira BarbosaVisualizar e editar dados no Wikidata
Pseudônimo(s) Foguete de Rebordosa[1]
Nascimento 31 de dezembro de 1974 (44 anos)
Rebordosa
Cidadania Portugal Portugal
Ocupação Ciclista desportivo (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Informação equipa
Equipa atual Tavira-Prio
Disciplina Estrada
Função Ciclista
Tipo de corredor Completo
Amador
1994–1995
1996
W52-Paredes Móvel
w52 Paredes Fibromade
Profissional
1996 a
2011;
LA-Pecol
Liberty Seguros
Banesto
Maia Cin
Benfica
Palmeiras Resort-Tavira
Estatísticas
candido-barbosa Cândido Barbosa no ProCyclingStats

Cândido Barbosa (Rebordosa, 31 de Dezembro de 1974) é um ex-ciclista profissional português.

VidaEditar

Cândido Barbosa nunca foi um ciclista vulgar. Sendo essencialmente um corredor sempre fez bons contra-relógios e foi campeão nacional da especialidade, conseguindo igualmente chegar com os primeiros na montanha, se preparado para isso.Foram essas características que lhe permitiram resultados invulgares na Volta a Portugal, desde sempre a sua grande corrida, pois foi ao sprint que somou a maioria das suas 25 vitórias em etapas, sendo o segundo mais bem sucedido da história nesse capítulo (Alves Barbosa é o recordista, com 34), e conquistou o número recorde de oito triunfos por pontos, mas ao mesmo tempo tem dois segundos lugares (2005 e 2007) e um terceiro (2006) à geral, feitos que nunca um simples corredor poderia conseguir.

Esses êxitos fizeram dele o ciclista português mais popular da última década, como o têm comprovado números de audiências televisivas. Em 2007, quando discutiu o triunfo até ao último dia, a RTP bateu o recorde de audiências da Volta a Portugal, com 9,2%, equivalentes a 880 mil pessoas que acompanharam a totalidade da transmissão em directo da etapa. O terceiro melhor número de sempre (8,7%) foi em 2005, quando tentou no contra-relógio final ainda bater o russo Vladimir Efimkin.

Pai de três filhos, Cândido Barbosa tem sido mais do que um ciclista nos últimos anos. É empresário de sucesso, foi eleito vereador da Câmara Municipal de Paredes, tem um livro editado - "À Volta de Cândido Barbosa" -, participa em acções de solidariedade e promoção com atletas famosos como Nelson Évora, Francis Obikwelu, Gustavo Lima e outros, e é figura principal em acções beneméritas como a Corrida contra o Linfoma e o Capacete Solidário para os Diabéticos dos Hospital D. Estefânea.

CarreiraEditar

Formação e amadorEditar

Começou a competir com 11 anos. Teve como primeiro treinador Bernardo Sousa, que o acompanhou nos primeiros anos de júnior, nos quais representou a J. Pereira. Depois transferiu-se para a Siper–F. Mota onde passou pelas mãos de Alberto Carvalho, e no ano seguinte transferiu-se para o Paredes Móvel, tendo como director, josé Monteiro. Aí cumpriu dois anos como esperança e amador, adiando a subida aos profissionais a pedido da Federação Portuguesa de Ciclismo, pois foi nessa condição que conseguiu apurar Portugal para os Jogos Olímpicos de Atlanta e ainda obteve um feito inédito para o ciclismo português: venceu o Campeonato da Europa de Esperanças, em 1996.

ProfissionalEditar

É profissional a partir de 1996 e já representou 6 equipas: W52-Paredes Móvel (1996), Maia-Jumbo-CIN (1997), Banesto/iBanesto.com(1998-2001), Liberty Seguros (2002-2007) e o SL Benfica, em 2008. No início de 2009 recebeu uma proposta da Palmeiras Resort-Tavira, a equipa que venceu as duas últimas Voltas a Portugal, com David Blanco, e na qual se mantém.

Neste momento, Cândido já conta 123 vitórias no seu palmarés, sendo o ciclista português com mais êxitos registados. No seu ano mais profícuo (1997) somou 22 vitórias e juntou-lhe um feito único, ao conquistar a Volta ao Algarve com triunfos em todas as 6 etapas da competição. Foi também em 1997 que se estreou na Volta a Portugal em Bicicleta, vencendo logo duas etapas e sendo primeiro nos pontos, na juventude e sétimo da geral.

Na Volta a Portugal, Cândido já leva 25 vitórias em etapas, ganhando por 8 vezes (5 das quais de forma consecutiva) a Camisola Branca (Pontos) e estabelecendo um recorde na competição. Já conquistou etapas em 12 edições, sendo as últimas nove consecutivas. Vestiu a camisola amarela em oito anos distintos, somando 17 dias como líder da prova. Ganhar a Volta sempre foi um sonho para Cândido Barbosa, que esteve perto de alcançar esse objectivo em 2005, quando terminou a apenas 34.2 segundos do vencedor, Vladimir Efimkin. Em 2006 foi terceiro e em 2007 novamente segundo, depois de ter vestido a camisola amarela cinco dias, só a perdendo no Alto da Torre, mas actualmente esse sonho parece difícil de atingir. A última época, no entanto, não o mostrou a caminho da reforma. Somou 11 vitórias, tendo sido o ciclista português mais bem sucedido e o 17º em todo o mundo.

Anunciou em 29 de junho de 2011, numa conferencia de imprensa na sede da FPC, o final da carreira de profissional, devido a problemas físicos:

PalmarésEditar

2010 (Palmeiras Resort-Prio) – 11 vitórias

1º Etapa-10 Volta a Portugal (Sintra-Lisboa, 154,6 km)

1º Prólogo Grande Prémio Joaquim Agostinho (T. Vedras-F. S. Vicente, CRI 5,3 km)

1º Etapa-2 Grande Prémio Joaquim Agostinho (SM Agraço-Carvoeira, 148,2 km)

1º Etapa-4 Grande Prémio Joaquim Agostinho (Circuito Torres Vedras, 104 km)

1º Geral Grande Prémio Joaquim Agostinho

1º Etapa-1 Volta ao Alentejo (Vidigueira-Aljustrel, 178 km)

1º Taça de Portugal

1º Clássica da Primavera

1º Clássica do Alpendre

1º Etapa-2 Volta a Albufeira

1º Etapa-3 Volta a Albufeira

34º Volta a Portugal (1 dia de amarelo)

2º Etapa-3 Volta a Portugal

3º Etapas-1, 2 3 5 Volta a Portugal

2009 (Palmeiras Resort-Tavira) – 11 vitórias

1º Etapa-4 da Volta ao Alentejo

1º Etapa-5 da Volta ao Alentejo (1º Pontos)

1º Clássica da Primavera

1º Clássica de Amarante

1º Etapa-2 do GP Paredes Rota dos Móveis

1º Etapa-3 do GP Paredes Rota dos Móveis

1º Geral do GP Paredes Rota dos Móveis

1º Circuito do Restaurante Alpendre

1º Taça de Portugal

1º Prólogo da Volta a Portugal (Lisboa, CRI de 2,4 km)

1º Etapa-2 da Volta a Portugal (Idanha Nova-Guarda, 175 km)

1º pontos da Volta a Portugal (3 dias de amarelo)

2º Campeonato Nacional Contra-relógio

2008 (Sport Lisboa Benfica) – 2 vitórias

3º Troféu RDP Algarve - Faro

3º Campeonato Nacional de Estrada - Rebordosa

1º Etapa-6 Volta a Portugal (Aveiro-Gondomar, 170,6 km)

1º Etapa-8 Volta a Portugal (Barcelos-Fafe, 169,8 km)

8º Volta a Portugal (2º português)

2007 (Liberty Seguros) – 7 vitórias

1.º Campeonato Nacional de Estrada

1.º Etapa-3 Volta a Portugal (Idanha-Gouveia, 176,3 km)

1.º Etapa-4 Volta a Portugal (Guarda-Santo Tirso, 222,1 km)

1.º Etapa-5 Volta a Portugal (Felgueiras-Fafe, 167,7 km)

1.º Etapa-8 Volta a Portugal (Aveiro-S. João Madeira, 157,1 km)

1.º Etapa-2 GP Paredes Rota dos Móveis

1.º Circuito do Alpendre

2.º Volta a Portugal (1.º português; 1.º pontos; 3.º montanha – 5 dias amarelo)

3.º Volta a Rioja

4.º GP Paredes Rota dos Móveis

2.º Etapa-1 Volta a Rioja

3.º Etapa-3 Volta a Rioja

3.º Etapa-6 Volta a Portugal (Celorico-Sr.ª Graça)

3.º Etapa-9 Volta a Portugal (Oliv. Bairro-Torre)

2006 (LA-Liberty) – 3 vitórias

1.º Etapa-1 Volta a Portugal (Portimão-Beja)

1.º Etapa-1 Volta a Trás-os-Montes

1.º Etapa-2 GP Paredes Rota dos Móveis

3.º Volta a Portugal (1.º português; 1.º pontos; 9.º montanha – 2 dias amarelo)

2.º Etapa-3 Volta a Portugal (Ansião-Viseu)

2.º Etapa-8 Volta a Portugal (Favaios-Guarda)

2005 (LA-Liberty) – 14 vitórias

1.º Etapa-2 Volta a Portugal (Cartaxo-Figueira da Foz, 187, 9 km)

1.º Etapa-6 Volta a Portugal (Trancoso-Fafe, 173,1 km)

1.º Etapa-7 Volta a Portugal (Fafe-Santo Tirso, 160,5 km)

1.º Campeonato Nacional de Contra-relógio Individual

1.º Etapa-3 GP Internacional Costa Azul

1.º Etapa-1 GP Internacional do Oeste RTP

1.º GP Internacional do Oeste RTP

1.º Etapa-3 Volta ao Alentejo

1.º Troféu RDP Algarve

1.º Troféu Sérgio Paulinho

1.º Etapa-1 Volta às Terras de Santa Maria

1.º Etapa-2 Volta às Terras de Santa Maria

1.º Etapa-3 Volta às Terras de Santa Maria

1.º Volta às Terras de Santa Maria

2.º Volta a Portugal (1.º português; 1.º pontos; 7.º montanha)

2.º Etapa-8 Volta a Portugal (Celorico-Sr.ª Graça)

2.º Etapa-9 Volta a Portugal (Lordelo-S. João Madeira)

2.º Etapa-10 Volta a Portugal (Viseu-Viseu CRI)

3.º Etapa-3 Volta a Portugal (Lousã-Fundão)

5.º GP Internacional Costa Azul

10.º GP Torres Vedras-Joaquim Agostinho

16.º GP CTT Correios

2004 (La Alumínios) – 6 vitórias

1.º Etapa-1 GP CTT Correios

1.º Etapa-3 GP CTT Correios

1.º GP CTT Correios

1.º Etapa-2 Volta ao Algarve

1.º Etapa-2 Grande Prémio Estremadura/RTP

1.º Etapa-2 Volta a Portugal (Castelo Branco-Cartaxo, 187,7 km)

2.º Grande Prémio Estremadura/RTP

3.º Volta ao Algarve (1.º pontos)

20.º Volta a Portugal (1.º pontos)

22.º Volta ao Alentejo

47.º Troféu Joaquim Agostinho

2.º Etapa-1 Volta a Portugal

2.º Etapa-7 Volta a Portugal

4.º Etapa-10 Volta a Portugal (Oeiras-Sintra CRI)

DES Jogos Olímpicos de Atenas

2003 (LA-Pecol) – 6 vitórias

1.º Etapa-3 Volta ao Algarve

1.º GP Mosqueteiros/Rota do Marquês

1.º Etapa-1 Volta a Portugal (Albufeira-Tavira, 175,6 km)

1.º Etapa-4 Volta a Portugal (Castelo Branco-Coimbra, 154,6 km)

1.º Etapa-7 Volta a Portugal (Gouveia-S. João Madeira, 166,6 km)

1.º Etapa-8 Volta a Portugal (Feira-Fafe, 188,6 km)

5.º Volta ao Algarve

10.º GP Rota dos Móveis

13.º Campeonato Nacional de Estrada

16.º Volta a Portugal (1.º pontos - 1 dia amarelo)

20.º Troféu Abertura

31.º Troféu Joaquim Agostinho

32.º G.P. Abimota

2.º Etapa-3 Volta a Portugal (Cafés Delta-Castelo Branco)

3.º Etapa-11 Volta a Portugal (Viseu, CRI)

2002 (LA-Pecol) – 12 vitórias

1.º Etapa-3 Volta ao Algarve

1.º Etapa-4 Volta ao Algarve

1.º Volta ao Algarve (1.º pontos; 1.º metas volantes)

1.º Troféu RDP

1.º Clássica Montijo

1.º Clássica Setúbal

1.º Etapa-1 GP Mitsubishi MR Cortez

1.º Etapa-3 Volta a Portugal (Gaia-Gaia, 169,2 km)

1.º Etapa-6 Volta a Portugal (Mondim-Cantanhede, 205,2 km)

1.º Etapa-1 Terras St.ª Maria

1.º Volta às Terras St.ª Maria

1.º Etapa-4 GP Abimota

4.º GP Mitsubishi MR Cortez

4.º Volta ao Minho

7.º Clássica do Seixal

9.º Campeonato de Portugal

10.º Clássica de Alcochete

15.º GP Abimota

45.º Volta a Portugal (3 dias de camisola amarela – 2.º pontos)

53.º Volta ao Alentejo

101.º Semana Catalã

2.º etapa-2 Volta a Portugal (Fafe-Fafe)

2001 (iBanesto)

2.º Volta ao Alentejo (1.º pontos)

5.º Campeonato Portugal

11.º GP Mosqueteiros

1.º (iBanesto) Etapa-4 Volta a Portugal (Loulé-Tavira, CRE, 38,5 km)

2000 (iBanesto) – 4 vitórias

1.º Etapa-3 Vuelta La Rioja

1.º Etapa-5 Volta ao Minho

1.º Etapa-6 Volta a Portugal (Matosinhos-Lordelo, 208 km)

1.º Etapa-11 Volta a Portugal (Manteigas-Belmonte, 134 km)

9.º Vuelta La Rioja

10.º Volta a Portugal (4.º português)

89.º Volta a Itália

1999 (Banesto) – 4 vitórias

1.º Etapa-1 Volta ao Algarve

1.º Etapa-2 Volta ao Algarve

1.º Etapa-4 Vuelta La Rioja

1.º Etapa-7 Volta a Portugal (Tábua-Seia, 187 km)

2.º Volta ao Algarve (1.º pontos)

3.º Clássica Alcobendas

5.º Volta a Portugal (2.º português; 1.º pontos – 1 dia de amarelo)

7.º GP Llodio

2.º Etapa-4 Volta às Astúrias

3.º Etapa-1 Volta às Astúrias

3.º Etapa-2 Volta às Astúrias

1998 (Banesto) – 5 vitórias

1.º GP Telecom

1.º Etapa-1 GP Telecom

1.º Etapa-3 GP Telecom

1.º Etapa-4 GP Telecom

1.º Etapa-4 Volta ao Alentejo

7.º Trofeo Pollensa-Alcudia

11.º Volta ao Alentejo (1.º pontos)

53.º Volta a Portugal (1 dia de amarelo – 3.º pontos)

1997 (Maia Cin) – 22 vitórias

1.º Troféu RDP Algarve

1.º GP Terras de Loulé

1.º Etapa-2 Terras St.ª Maria

1.º Etapa-2 (A e B) Correio do Douro

1.º Etapa 1 GP Abimota

1.º Etapa-1 Volta ao Algarve

1.º Etapa-2 Volta ao Algarve

1.º Etapa-3 Volta ao Algarve

1.º Etapa-4 Volta ao Algarve

1.º Etapa-5 Volta ao Algarve

1.º Etapa-6 Volta ao Algarve

1.º Volta ao Algarve (1.º pontos)

1.º Porto-Lisboa

1.º Etapa-1 GP Minho

1.º Etapa-5 GP Minho

1.º GP Minho

1.º Etapa-3 GP Portugal

1.º Etapa-3 GP Jornal Notícias

1.º Etapa-4 GP Jornal Notícias

1.º Etapa-2 GP Sport Notícias

1.º Etapa-9 Volta a Portugal (Seia-Figueira de Castelo Rodrigo, 150 km)

1.º Etapa-14 Volta a Portugal (Cantanhede-Póvoa de Varzim, 156 km)

2.º GP Portugal

2.º GP Correio do Douro

3.º GP Jornal Notícias

3.º GP Almoçageme

5.º GP Sport Notícias (1.º Juventude)

7.º Volta a Portugal (1º pontos; 1º juventude)

2.º Etapa-4 Volta a Portugal (Abrantes)

2.º Etapa-5 Volta a Portugal (Portalegre)

3.º Etapa-11 Volta a Portugal (Mirandela, CRI 36,9 km)

5.º Etapa-6 Volta a Portugal (Portalegre, CRI 21,6 km)

1996 (W52-Paredes Móvel) – 13 vitórias

1.º Campeonato Europa de Esperanças

1.º Clássica de Lousa

1.º Clássica de Lisboa

1.º Etapa-1 GP Correio da Manhã

1.º Etapa-2 Terras St.ª Maria

1.º Etapa-3 Terras St.ª Maria

1.º Etapa-1 Volta ao Algarve

1.º Etapa-2 Volta ao Algarve

1.º Etapa-3 GP Jornal de Notícias

1.º Etapa-5 GP Jornal de Notícias

1.º Etapa-2 GP Correio do Douro

1.º Etapa-1 GP Minho

1.º Etapa-4 GP Minho

3.º Campeonato de Portugal Contra-relógio

8.º Volta ao Algarve

10.º GP Sport Notícias (1.º juventude)

112º Jogos Olímpicos de Atlanta

1995 (W52-Paredes Móvel - amador) – 3 vitórias

1.º Etapa-1 GP Costa Azul

1.º Etapa-3 Volta ao Algarve

1.º Etapa-6 Volta ao Algarve

2.º Etapa-4 GP Sport Notícias (1.º pontos)

1994 (Selecção Nacional de Esperanças)

2.º Volta ao Algarve (1º pontos)

Referências

  1. a b «Cândido Barbosa anuncia final da carreira». A Bola. 29 de junho de 2011. Consultado em 29 de junho de 2011 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) ciclista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.