Abrir menu principal

InvençãoEditar

Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1984, junto com Georges Köhler, por suas pesquisas sobre anticorpos monoclonais. Desenvolveram uma forma de criar novos anticorpos a partir de linfócitos B híbridos, o hibridoma, usado para prevenção, diagnóstico e tratamento de diversas doenças. Invenção especialmente útil diferenciando tumores.[2]

Referências

  1. Springer, Timothy A (June 2002). "César Milstein, the father of modern immunology". Nature Immunology 3 (6): 501–3. doi:10.1038/ni0602-501. PMID 12032559.
  2. Milstein, C. (1999). "The hybridoma revolution: an offshoot of basic research.". BioEssays 21 (11): 966–73. doi:10.1002/(SICI)1521-1878(199911)21:11<966::AID-BIES9>3.0.CO;2-Z.

Ligações externasEditar