Céu Azul (1941)

Céu Azul é um filme brasileiro de comédia musical de 1941. Foi dirigido e roteirizado por Ruy Costa.[1]

Céu Azul
 Brasil
1941 •  pb •  80 min 
Direção Ruy Costa
Produção Alberto Byington Jr.
Wallace Downey
Roteiro Ruy Costa
Elenco Jaime Costa
Heloísa Helena
Déa Selva
Grande Otelo
Género comédia musical
Cinematografia Edgar Brasil
Manoel Ribeiro
Direção de arte Ruy Costa
Distribuição Brasil DN - Distribuição Nacional
Lançamento Brasil 31 de janeiro de 1941
Idioma português

SinopeEditar

A Companhia de Esquetches Musicados do Teatro 'Brasil' está em crise. Após o fracasso de estreia de uma nova peça, o empresário Artur Fernandes (Jaime Costa), apesar dos protestos de Nini del Mar (Heloísa Helena) - a estrela da companhia - resolve chamar Vitorino (Oscarito), que é o único autor que conhece o gosto do público e as capacidades artísticas da companhia, para escrever a próxima peça. Vitório, um desses boêmios que não moram em parte nenhuma, é encontrado num bar da Lapa pelo contrarregra, que lhe entrega a carta do empresário. No dia seguinte, Vitório e seu amigo Arlindo (Arnaldo Amaral) (que além de cantor é também um autor que precisa apenas de uma chance para se evidenciar) vão ao escritório do Teatro 'Brasil'. Encomendam a peça, que terá estréia dez dias depois. Vitorino promete parar de beber e trazer a peça pronta em cinco dias. O empresário começa a fazer a propaganda de Céu azul, a nova peça de Vitorino Brasil. Dias e dias passam-se. Nada de peça, nada de Vitorino. Desesperado, o empresário manda percorrer todos os bares da cidade, até que Vitorino seja encontrado. Estava ele bebendo no Alto da Boa Vista, gastando os últimos níqueis do vale adiantado pela peça. O empresário decide então trancar Vitorino no porão do teatro, obrigando-o a escrever. Enquanto Vitorino trabalha, Nini dá uma festa em sua casa, onde planeja impedir que a peça do Vitorino chegue a termo. Aproveitando que Vitorino dormia, vencido pelo cansaço, Nini infiltra-se no porão e deixa duas garrafas de champagne junto ao escritor. Acordado, depara-se, alegre e surpreso, com as garrafas. Esquece da peça e passa a beber, até que embriagado, encosta-se numa pilha de caixote de cenários, desabando sobre eles e levando-o para o hospital. Anunciada dali a três dias e com seu autor impossibilitado de acabar a peça, Arlindo se prontifica a terminar a revista.

ElencoEditar

Ator/Atriz Papel
Jaime Costa Arthur Fernandes
Heloísa Helena Nini del Mar
Déa Selva Guiomar
Oscarito Vitorino Vitório
Grande Otelo Chocolate
Arnaldo Amaral Arlindo
Virgínia Lane Ela mesma
Linda Batista Ela mesma
Francisco Alves Ele mesmo
Heleninha Costa Ela mesma
Laura Suarez
Zaira Cavalcanti
Vina de Souza
Diva Helena

Referências

  1. «Céu Azul». Cinemateca Brasileira. Consultado em 3 de abril de 2018 
  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.