Cízico (rei dos doliones)

rei dos doliones
Disambig grey.svg Nota: Se procura por a cidade antiga, veja Cízico.

Cízico, na mitologia grega, foi um rei dos doliones, povo que habitava uma ilha próxima da Frígia, na Ásia menor.

Esta ilha era habitada por dois povos, um raça de monstros autóctones, que tinham seis mãos, e os doliones, descendentes de Posidão.[1]

Os doliones eram governados pelo rei Cízico, filho de Aeneus e Aenete, filha de Eusorus; os doliones temiam os monstros autóctones, mas estes não atacam os doliones por causa da proteção de Posidão.[1] Cízico era casado com Cleite, uma jovem ainda sem filhos, filha de Merops, rei de Percote.[2]

Os argonautas ancoraram na ilha dos doliones,[1] e foram recebidos com hospitalidade pelo povo e pelo rei.[2] Porém os autóctones atacam os argonautas, e são massacrados por Héracles.[3]

Depois que os argonautas partiram, um vento ruim os trouxe de volta à ilha, à noite; nem eles notaram que era o mesmo lugar, nem os doliones perceberam que eram os argonautas, mas acharam que era um ataque de uma tribo guerreira de pelasgos, e atacaram os supostos invasores.[4] Na batalha, os argonautas mataram vários doliones, até que, quando chegou a manhã, eles perceberam o erro - Cízico estava morto.[4] Por três dias, os argonautas e os doliones lamentaram o erro, e honraram os mortos, mas Cleite, a viúva de Cízico, se enforcou.[4]

Referências

  1. a b c Apolônio de Rodes, Argonautica, Livro I, 936-960
  2. a b Apolônio de Rodes, Argonautica, Livro I, 961-988
  3. Apolônio de Rodes, Argonautica, Livro I, 989-1011
  4. a b c Apolônio de Rodes, Argonautica, Livro I, 1012-1078