Cabeamento estruturado

DefiniçãoEditar

 
Data center

Cabeamento Estruturado é o cabeado dum edifício ou uma série de edificações que permite interconectar equipamentos ativos, de diferentes ou iguais tecnologias permitindo a integração de diferentes serviços que dependem dum tendido de cabos como dados, telefonia , controle, etc.

Em resumo é um cabeado para todos os serviços que implicam informação mais controlada em uma edificação.

Principais elementos de um sistema de cabeamento estruturadoEditar

Cabeamento horizontalEditar

De acordo com a EIA / TIA 568A, o sistema de cabeamento horizontal é a parte do cabeamento de telecomunicações que se estende da área de trabalho à sala de telecomunicações ou vice-versa.

O cabeamento horizontal ou de distribuição é a parte do sistema que vai da área de trabalho até a conexão cruzada horizontal no armário de telecomunicações. O cabeamento horizontal inclui cabos de distribuição, tomadas de telecomunicações na área de trabalho, terminações de cabos mecânicos e patch cords no armário de telecomunicações.

Cabeamento verticalEditar

O cabeamento vertical ou backbone permite a interligação entre os diversos gabinetes de telecomunicações, a sala de equipamentos e a entrada do edifício, incluindo cabos, terminações mecânicas e patch cords para conexões backbone a backbone. Las canalizaciones Backbone pueden ser verticales u horizontales. Normalmente, o assentamento físico da espinha dorsal é feito em forma de estrela, ou seja,os gabinetes são interligados com aquele que é definido como o centro da estrela, onde estão os mais complexos equipamentos eletrônicos.

NormasEditar

Para edifícios de escritórios existem regras que estabelecem como fazer a fiação. O cabeamento realizado de acordo com essas regras é denominado cabeamento estruturado, e permite a integração de diferentes tecnologias e serviços de rede (voz, áudio, vídeo, dados). As vantagens de seguir essas regras estão na simplicidade de gestão e manutenção, robustez e flexibilidade, uma vez que a maioria das tecnologias de rede local trabalham com cabeamento estruturado. Essas regras são TIA/EIA-568, ISO/IEC 11801, EN 50173 e UNE EN 50173

-- EIA/TIA-568-B:  A norma EIA/TIA-568-B classifica o sistema de cabeamento levando em consideração aspectos de desempenho, largura de banda, comprimento, atenuação e outros fatores de influência neste tipo de tecnologia.

-- NBR 14565:   Um dos objetivos dessa norma é a comunicação à distância para uma rede interna estruturada para qualquer tipo de estabelecimento, onde a mesma rede de comunicação é programada para possibilitar que o estabelecimento possa suprir as necessidades. Esta é a norma usada no Brasil.

Perturbações de transmissãoEditar

Em uma transmissão o aparecimento de distúrbios é inevitável uma vez que vários fatores podem afetar a qualidade da transmissão, seja com sinais analógicos ou digitais.

Neste último tipo de sinais, a velocidade de transmissão é limitada devido ao aumento na taxa de erros de interpretação de bits; enquanto os sinais analógicos introduzem variações de amplitude e frequência, degradando a qualidade do sinal.

Algumas das principais perturbações na transmissão são: Capacitância, Distorção por atraso, Atenuação e Ruído.

-->Atenuação :

       A atenuação é a perda de força do sinal devido às longas distâncias dos sinais de transmissão. Se o sinal está a ficar muito fraco, o equipamento não interpretará a informação corretamente  ou não a reconhecerá, causando erros que obrigam o sinal a ser transmitido de novo.

Para aumentar a distância entre as redes, será  necessário utilizar repetidores, amplificadores, amplificadores ou Net Bridges.

-->Capacitância:

   A capacitância é a unidade de medida da energia armazenada em um cabo.  Quanto mais longo o cabo e mais fina a espessura do isolamento, maior a capacitância, produzindo distorção.

-->Distorção por atraso:

É a medição da impedância, que serve para detectar quebras de cabo ou falta de conexões. É importante manter um nível de sinal que exceda o nível de ruído, sendo a interferência a maior fonte de ruído em um cabo de par trançado com vários fios é a interferência.

A interferência é uma ruptura dos cabos adjacentes.

O ruído ambiente em circuitos digitais é causado por lâmpadas fluorescentes, motores, equipamentos de escritório, etc.

       Para medir a interferência é injetado um sinal de valor conhecido em um extremo e se mede a interferência nos cabos vizinhos.

-->Ruído:

   O ruído na transmissão do sinal é semelhante ao ruído acústico, ou seja, é o conjunto de sinais estranhos a transmissão que são introduzidos no meio da transmissão e que causam alterações na amplitude da tensão e variações na frequência.

-->Net Bridges:

   São conversores de meio físico série a comunicação Ethernet em pacotes de comunicação TCP/IP. Se realiza a conversão de maneira transparente em conectores TCP ou UDP.

CabeamentoEditar

As principais diferenças de desempenho entre os distintos tipos de cabos residem na largura de banda permitida, o seu grau de imunidade fronte interferências electromagnéticas e na relação entre a perda do sinal e a distância recorrida (atenuação).

Atualmente existem três tipos de cabos que podem ser usados para fiação dentro de edifícios ou entre edifícios:


É atualmente o tipo de cabo mais comum nas redes de área local. Algumas das suas vantagens som:

  • Bajo costo
  • Facilidade para o rendimento e a ficção de erros
  • Alto número de estações de trabalho por segmento
  • Coaxial (Não recomendado para novas instalações, excepto redes de TV y CATV)

Originalmente era o cabo mais utilizado nas redes locais devido a sua alta capacidade e resistência a interferências, mas na atualidade seu uso está em declive.

Algumas das suas características são:

  • Alta largura de banda
  • Alto blindagem
  • Não necessita de repetidores

A fibra óptica é um meio excelente para a transmissão da informação pelas suas características: gran largura de banda, baja atenuação de sinal, que permite cobrir grandes distâncias sem repetidores, integridade -proporção de erros baja -, imunidade a interferências electromagnéticas, alta seguridade e longa duração -resistente a corrosão e temperaturas altas-.

As suas vantagens são:

  • Transmissão de dados a alta velocidade
  • Alta largura de banda
  • Melhora a qualidade de vídeo e som
  • Mais segurança de rede

Benefícios do cabeamento estruturadoEditar

  • Consistência no projeto e instalação na rede
  • Cumple os requisitos da linea de transmição
  • Os erros humanos são reduzidos
  • Adaptabilidade para o crescimento, movimento do sistema
  • Melhor estética
  • Documentação uniforme

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar