Abrir menu principal
Caio Cecílio Estrabão
Cônsul do Império Romano
Consulado 105 d.C.

Caio Cecílio Estrabão (em latim: Gaius Caecilius Strabo) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de setembro a dezembro de 105 com Marco Vitório Marcelo. No mesmo ano, processou Corélia Híspula, filha de Quinto Corélio Rufo, cônsul em 78, e amiga de Plínio, o Jovem, que a defendeu[1]. Foi admitido entre os irmãos arvais em 101 e morreu antes do final do reinado de Trajano (117)[2].

Ver tambémEditar

Referências

  1. Plínio, o Jovem, Epístolas IV 17
  2. Der Neue Pauly, Stuttgardiae 1999, T. 2, c. 893