Abrir menu principal
Caio Júlio Próculo
Cônsul do Império Romano
Consulado 109 d.C.

Caio Júlio Próculo (em latim: Gaius Julius Proculus) foi senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de setembro a dezembro de 109 com Caio Abúrnio Valente[1]. Era filho do equestre Marco Júlio Rômulo.

Índice

CarreiraEditar

Em 96, durante o reinado de Domiciano e Nerva, foi questor. No começo do reinado de Trajano, foi eleito pretor e serviu como legado da Legio VI Ferrata na Síria[2]. À frente de um vexillatio de sua legião, participou da guerra contra os dácios entre 105 e 106.

Depois de seu consulado, em 109, foi enviado para a Gália Lugdunense para realizar o censo dos habitantes da província. Entre 114 e 117, participou da campanha parta de Trajano. Finalmente, Próculo foi nomeado governador da Gália Cisalpina. Em 132, foi designado para o consulado no ano seguinte, mas morreu antes de assumir o mandato.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Alison E. Cooley, The Cambridge Manual of Latin Epigraphy (Camrbidge: University Press, 2012), pp. 467ss
  2. CIL X, 6658

BibliografiaEditar

  • Der Neue Pauly, Stuttgardiae 1999, T. 6, c. 40