Abrir menu principal
Caio Júnio Donato
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Ocupação Oficial

Caio Júnio Donato (em latim: Gaius Iunius Donatus) foi um oficial romano do século III, ativo durante o reinado do imperador Valeriano (r. 253–260).

Índice

VidaEditar

 
Antoniniano de Valeriano (r. 253–260)

Sua origens, bem como parentesco, sãos incertas. O historiador Michel Christol sugeriu que fosse membro de uma nobre família norte africana,[1] enquanto os autores da PLRE propuseram que fosse parente de Caio Mévio Donato Juniano. Donato aparece pela primeira vez em algum momento antes de 257, quando ocupou a posição de cônsul sufecto.[2]

Em 257, segundo a Paixão das Santas Rufina e Secunda, foi prefeito urbano de Roma, estando ativo durante a perseguição aos cristãos promovida por Valeriano. Provavelmente pode ser identificado com o Júnio Donato que aparece num rescrito de Valeriano e Galiano (r. 253–268) preservado no Código de Gregório como homem perfeitíssimo, prefeito urbano e "nosso amigo". Em 260, ele seria cônsul posterior com Públio Cornélio Secular.[2]

Referências

  1. Christol 1986, p. 129.
  2. a b Martindale 1971, p. 269.

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

  • Christol, Michel (1986). Essai sur l'évolution des carrières sénatoriales dans la seconde moitié du IIIe siècle ap. J.C. Paris: Nouvelles Editions Latines 
  • Martindale, J. R.; A. H. M. Jones (1971). The Prosopography of the Later Roman Empire, Vol. I AD 260-395. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press