Abrir menu principal

Caio Mário Marcelo Otávio Públio Clúvio Rufo

Caio Mário Marcelo Otávio Públio Clúvio Rufo
Cônsul do Império Romano
Consulado 80 d.C.

Caio Mário Marcelo Otávio Públio Clúvio Rufo (em latim: Gaius Marius Marcellus Octavius Publius Cluvius Rufus) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de maio a junho de 80 com Lúcio Élio Lamia Pláucio Eliano. Sua família veio da Itália, presumivelmente de Verona. Era neto por parte de mãe do historiador e cônsul sufecto (em data desconhecida) Marco Clúvio Rufo.

Duas cartas de Plínio, o Jovem, foram endereçadas a ele. Na primeira[1], Rufo informa os residentes da Hispânia Bética que ele não poderá advogar para eles num processo contra o governador da província por extorsão. Na segunda[2], Plínio reclama com ele por não desejar publicar suas obras.

Ver tambémEditar

Referências

BibliografiaEditar

  • T. J. Cornell. The Fragments of the Roman Historians. Oxford University Press, 2013. р. 553.
  • American Philosophical Society. Memoirs of the American Philosophical Society, Объёмы 132—133. American Philosophical Society, 1979. р. 129.