Abrir menu principal

Caio Sêncio Saturnino (cônsul em 4)

Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o cônsul em 4. Para o cônsul em 19 a.C., veja Caio Sêncio Saturnino.
Caio Sêncio Saturnino
Cônsul do Império Romano
Consulado 4 d.C.

Caio Sêncio Saturnino (em latim: Gaius Sentius Saturninus), dito o Jovem ou Menor, foi um senador romano eleito cônsul em 4. Era filho de Caio Sêncio Saturnino, cônsul em 19 a.C..

CarreiraEditar

Por mediação de seu pai, Saturnino foi legado imperial na Síria entre 10 e 7 a.C.. Em 4, Saturnino Menor foi cônsul com Sexto Élio Cato e, durante seu mandato, foi aprovada a Lex Aelia Sentia, sobre a manumissão de escravos. Seu mandato terminou em 30 de junho e seu posto foi assumido por seu irmão, o cônsul sufecto Cneu Sêncio Saturnino[1].

Depois do consulado, Augusto nomeou-o governador na Germânia, onde serviu no exército de Tibério, destacando-se a ponto de conseguir a ornamenta triumphalia. O historiador Eutrópio afirma que ele teria participado da conquista da Britânia muito mais tarde, já na época de Cláudio[2].

Ver tambémEditar

Referências

  1. Der Neue Pauly, Stuttgardiae 1999, T. 11, c. 424
  2. Eutrópio, Breviarium historiae romanae