Caio Sertório Broco Quinto Serveu Inocente

político

Caio Sertório Broco Quinto Serveu Inocente (em latim: Gaius Sertorius Brocchus Quintus Servaeus Innocens), geralmente chamado apenas de Quinto Serveu Inocente, foi um político e militar romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de abril a maio de 101 com Marco Mécio Céler. Depois do consulado, foi nomeado procônsul da Ásia entre 117 e 118.

Caio Sertório Broco Quinto Serveu Inocente
Cônsul do Império Romano
Consulado 101 d.C.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Trajano III

com Sexto Júlio Frontino III
com Lúcio Júlio Urso III (suf.)
com Marco Márcio Mácer (suf.)
com Caio Cílnio Próculo (suf.)
com Lúcio Herênio Saturnino (suf.)
com Pompônio Mamiliano (suf.)
com Quinto Acúcio Nerva (suf.)
com Lúcio Fábio Tusco (suf.)
com Caio Júlio Cornuto Tértulo (suf.)
com Caio Plínio Cecílio Segundo (suf.)
com Lúcio Róscio Eliano Mécio Céler (suf.)
com Tibério Cláudio Sacerdos Juliano (suf.)

Trajano IV
101

com Quinto Articuleio Peto II
com Sexto Ácio Suburano Emiliano (suf.)
com Caio Sertório Broco Quinto Serveu Inocente (suf.)
com Marco Mécio Céler (suf.)
com Lúcio Arrúncio Estela (suf.)
com Lúcio Júlio Marino Cecílio Simplex (suf.)

Sucedido por:
'Lúcio Júlio Urso Serviano II

com Lúcio Licínio Sura II
com Lúcio Fábio Justo (suf.)
com Tito Dídio Segundo (suf.)
com Lúcio Publílio Celso (suf.)
com Lúcio Antônio Albo (suf.)
com Marco Júnio Hômulo (suf.)


BibliografiaEditar

  • Der Neue Pauly, Stuttgardiae 1999, T. 11, c. 461.
  • PIR¹ S 401