Abrir menu principal
Campeonato Argentino
Campeonato Argentino 2016
Brasil
Dados
Participantes 30
Organização AFA
Local de disputa  Argentina
Período 5 de fevereiro29 de maio
Gol(o)s 606
Partidas 242
Média 2,5 gol(o)s por partida
Campeão Lanús (2º título)
Vice-campeão San Lorenzo
◄◄ Argentina 2015 Soccerball.svg 2016–17 Argentina ►►

O Campeonato Argentino de Futebol de 2016 - Copa Axion Energia foi uma competição com organização da Asociación del Fútbol Argentino (AFA) entre 5 de fevereiro e 29 de maio.

Foi um torneio curto, com um formato diferente das últimas edições, disputado na primeira metade do ano. Era uma nova transição, a fim de reorganizar as competições do futebol argentino com o calendário do futebol europeu.

Índice

RegulamentoEditar

As trinta equipes foram divididas em duas zonas de quinze equipes. Cada equipe disputou um total de dezesseis jogos, sendo quatorze dentro de sua zona e mais duas partidas contra equipes da outra zona. Os pontos conquistados pelas equipes nestes confrontos foram adicionados na classificação da área a que pertenciam.[1]

Aqueles que terminaram em primeiro lugar em cada um dos seus grupos se classificaram para a final, em campo neutro, com partida única, para definir o campeão. As equipes que ocuparão o segundo lugar em cada zona disputou uma partida extra, que determinou a ordem em que as equipes ocuparia os lugares na Copa Libertadores 2017.[1]

Somente uma equipe foi rebaixada nesta edição para a Segunda Divisão Argentina.

Primeira FaseEditar

Zona 1Editar

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 San Lorenzo 34 16 10 4 2 23 16 +7 Classificado para Grande Final e Copa Libertadores de 2017
2 Godoy Cruz 33 16 10 3 3 27 14 +13 Classificado para a Copa Libertadores de 2017
3 Independiente 27 16 7 6 3 22 12 +10
4 Arsenal de Sarandí 27 16 8 3 5 21 15 +6
5 Gimnasia y Esgrima 25 16 7 4 5 19 19 0
6 Vélez Sársfield 24 16 7 3 6 20 19 +1
7 Rosário Central 20 16 5 5 6 19 16 +3
8 Patronato 20 16 5 5 6 19 23 –4
9 River Plate 18 16 4 6 6 21 22 –1
10 Sarmiento 17 16 4 5 7 10 18 –8
11 Colón 17 16 5 2 9 21 31 –10
12 Belgrano 16 16 4 4 8 21 24 –3
13 Banfield 15 16 2 9 5 15 20 –5
14 Quilmes 15 16 3 6 7 21 32 –11
15 Olimpo 13 16 3 4 9 11 20 –9

Zona 2Editar

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG Classificação
1 Lanús 38 16 12 2 2 28 10 +18 Classificado para a Final e para a Copa Libertadores de 2017
2 Estudiantes 32 16 9 5 2 25 11 +14 Classificado para a Copa Libertadores de 2017
3 Atlético Tucumán 30 16 9 3 4 26 19 +7
4 Defensa y Justicia 25 16 7 4 5 25 16 +9
5 Huracán 25 16 7 4 5 21 15 +6
6 Racing 24 16 6 6 4 29 26 +3
7 San Martín 23 16 6 5 5 23 20 +3
8 Unión 22 16 5 7 4 24 22 +2
9 Tigre 20 16 5 5 6 21 17 +4
10 Boca Juniors 20 16 5 5 6 15 13 +2
11 Aldosivi 17 16 4 5 7 19 28 –9
12 Newell's Old Boys 16 16 3 7 6 16 21 –5
13 Temperley 16 16 4 4 8 14 21 –7
14 Argentinos Juniors 12 16 2 6 8 11 29 –18
15 Atlético de Rafaela 9 16 2 3 11 14 32 –18

Fase FinalEditar

PlayOff da Copa LibertadoresEditar

Os segundos colocados em cada zona se classificaram a Copa Libertadores de 2017 e disputaram uma partida em estádio neutro. O vencedor deste playoff se qualificou diretamente para a segunda fase (ocupando a posição Argentina 3), e o perdedor se classificou para a primeira fase do torneio (ocupando a posição Argentina 4).[1] Porém, com as alterações feitas pela CONMEBOL nas competições internacionais do ano de 2017, o Godoy Cruz (Argentina 4) também ganhou uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores de 2017.[2]

28 de maio Godoy Cruz 0 – 1 Estudiantes Estádio Mario Alberto Kempes, Córdoba
17:00 (UTC-3)
  15' Cavallaro Público: 3 877
Árbitro: Silvio Trucco

FinalEditar

29 de maio San Lorenzo 0 – 4 Lanús Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires
16:15 (UTC-3)
  17' Benítez
  58' Almirón
  73' Sand
  88' Acosta
Público: 52 260
Árbitro: Darío Herrere

PremiaçãoEditar

Campeonato Argentino de 2016
 
Lanús
Campeão
(2º título)

RebaixamentoEditar

No final da temporada a classificação geral é baseada em coeficientes, que levam em consideração os pontos obtidos pelos clubes durante temporada atual e as duas últimas temporadas (apenas temporadas na primeira divisão são contados). A soma total é dividido pela quantidade total de jogos disputados na primeira divisão naquelas três temporada e a média é calculada. A equipe com a pior média no final da temporada é rebaixado para Segunda Divisão nacional.[1]

O Argentinos Juniors foi rebaixado.[3]

Referências

  1. a b c d «Reglamento del Campeonato de Primera División 2016» (PDF) (em espanhol). AFA. Consultado em 31 de julho de 2016 
  2. «À la Champions: Libertadores cresce e jogos serão de fevereiro a novembro». Globo.com. GloboEsporte. Consultado em 27 de setembro de 2016 
  3. «Argentinos Juniors vence, mas não conta com 'ajuda' e acaba rebaixado». ESPN.uol.com.br. Consultado em 21 de agosto de 2016