Abrir menu principal

Wikipédia β

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1984

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1984, originalmente denominado Copa Brasil pela CBF, foi a vigésima oitava edição do Campeonato Brasileiro e foi vencido pelo Fluminense, que assim conquistou seu segundo título de campeão brasileiro, já que o título do Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1970 foi oficializado pela CBF em 2010,[1] exatamente como fazia em seus boletins oficiais entre 1971 e 1973, excluindo esta informação a partir de Boletim de 1974.[2][3]

XXVIII Campeonato Brasileiro de Futebol
Copa Brasil de 1984
Dados
Participantes 41
Organização CBF
Local de disputa Brasil
Período 28 de janeiro27 de maio
Gol(o)s 737
Partidas 306
Média 2,41 gol(o)s por partida
Campeão Fluminense (2º título)
Vice-campeão Vasco da Gama
Melhor marcador Roberto Dinamite (Vasco da Gama) – 16 gols
Melhor ataque (fase inicial) 20 gols:
Melhor defesa (fase inicial) Fluminense – 11 gols
Maior goleada
(diferença)
Vasco da Gama 9–0 Tuna Luso
Estádio de São Januário, Rio de Janeiro
19 de fevereiro de 1984
Público 5 668 038
Média 18 523 pessoas por partida
Outras divisões
Taça CBF Uberlândia
◄◄ 1983 Soccerball.svg 1985 ►►

Foi mantido (pela quinta e última vez) o sistema de acesso da série B para a série A no mesmo ano, mas agora para apenas um clube, e diretamente para a terceira fase. O beneficiado foi o Uberlândia, campeão da Série B de 1984, rebatizada provisoriamente de "Taça CBF", já o prejudicado com a mudança do regulamento foi o Juventus (SP), campeão da Série B de 1983, que não teve vaga na Série A. Em vez disso, e em função de muitas reclamações com o sistema de classificação via campeonatos estaduais, a CBF reservou duas vagas para os clubes que, apesar de terem bom retrospecto no brasileiro, tivessem ido mal nos estaduais do ano anterior. Em 1984, os beneficiados foram o Vasco da Gama, sétimo colocado no Campeonato Carioca, e o Grêmio, terceiro colocado no Campeonato Gaúcho.[4]

O time do Fluminense, campeão desta edição, time com a melhor campanha do campeonato e que não tomaria gol nos últimos e decisivos 5 jogos, seria ainda tricampeão carioca em 1983/84/85, considerando os seus títulos oficiais de maior expressão nesse período,[5] e assim como os melhores times do Fluminense desde 1970,[6] e até então, receberia a alcunha de "Máquina Tricolor".[7] Em algum momento de suas carreiras jogaram na Seleção Brasileira principal, Paulo Vítor, Getúlio, Ricardo Gomes, Branco, Jandir, Delei, Assis, Washington, Tato, Wilsinho e o técnico Parreira, que seria campeão da Copa do Mundo de 1994, assim como Branco,[8] além de Romerito, destaque da Seleção Paraguaia.[9] Duílio, embora não tenha jogado, foi convocado para a Seleção Brasileira em 1979,[10] e Aldo foi convocado em 1985 para começar os preparatórios para a Copa do Mundo de 1986, quando quebrou a tíbia e acabou afastado da Seleção.[11] Compondo o elenco, Leomir e Paulinho passaram pela Seleção Brasileira Sub 20,[12] Edson Souza e Renê pela Seleção Brasileira Olímpica.[13]

Pela primeira vez, a final do Campeonato Brasileiro ocorreu entre dois clubes cariocas, refletindo o forte futebol do Rio de Janeiro durante boa parte da década de 1980.[14][15] Grêmio, terceiro colocado, e Corinthians, quarto, foram os outros semifinalistas.

Índice

Fórmula de disputaEditar

Primeira fase: 40 clubes organizados em oito grupos com cinco clubes em cada. Jogando em turno e returno, classificando-se os três primeiros colocados de cada grupo; o quarto colocado de cada grupo vai para a repescagem.

Repescagem: Os clubes que ficaram na quarta colocação de cada grupo da primeira fase são dispostos em quatro pares, enfrentando-se em jogo único; os 4 vencedores classificam-se para a segunda fase.

Segunda fase: Os 24 clubes classificados na primeira fase e mais os 4 classificados na repescagem são divididos em sete grupos de quatro clubes. Jogando entre si dentro dos grupos, em turno e returno, classificando-se para a terceira fase os dois primeiros colocados de cada grupo.

Terceira fase: Os 14 clubes classificados na segunda fase, mais o clube com melhor aproveitamento entre os não classificados dos sete grupos, mais o campeão da Taça CBF (série B), que foi o Uberlândia/MG, são divididos em quatro grupos com quatro equipes em cada. Classificam-se para as quartas de final os dois primeiros colocados de cada grupo.

Fase final (com quartas de final, semifinais e final): sistema eliminatório, com jogos em ida e volta, tendo o clube de melhor campanha o mando de campo no segundo jogo. No caso de empate na soma dos resultados, classifica-se o clube de melhor campanha em todo o campeonato.

ParticipantesEditar

Estaduais e seletivasEditar

UF Clube Forma de classificação Part. A
  Alagoas CRB Campeão do Estadual 1983 11
  Amazonas Nacional-AM Campeão do Estadual 1983 14
  Bahia Bahia Campeão do Estadual 1983 23
Catuense Vice-campeão do Estadual 1983 1
  Ceará Fortaleza Campeão do Estadual 1983 15
Ferroviário Vice-campeão do Estadual 1983 6
  Distrito Federal Brasília Campeão do Metropolitano 1983 6
  Espírito Santo Rio Branco Campeão do Estadual 1983 10
  Goiás Goiás Campeão do Estadual 1983 12
Anapolina Vice-campeão do Estadual 1983 4
  Maranhão Moto Club Campeão do Estadual 1983 11
  Mato Grosso Operário-MT Campeão do Estadual 1983 2
  Mato Grosso do Sul Operário-MS Campeão do Estadual 1983 9
  Minas Gerais Atlético Mineiro Campeão do Estadual 1983 22
Cruzeiro Vice-campeão do Estadual 1983 24
Uberlândia Campeão da Série B de 1984 3
  Pará Tuna Luso Campeão do Estadual 1983 2
  Paraíba Treze Campeão do Estadual 1983 7
  Paraná Atlético Paranaense Campeão do Estadual 1983 12
Coritiba Vice-campeão do Estadual 1983 14
  Pernambuco Santa Cruz Campeão do Estadual 1983 14
Náutico Vice-campeão do Estadual 1983 20
  Piauí Auto Esporte-PI Campeão do Estadual 1983 1
  Rio de Janeiro Fluminense Campeão do Estadual 1983 20
Flamengo Vice-campeão do Estadual 1983 19
Bangu 3º colocado do Estadual 1983 7
America 4º colocado do Estadual 1983 16
Botafogo 5º colocado do Estadual 1983 22
Vasco da Gama 7º colocado do Estadual 1983 20
  Rio Grande do Norte ABC Campeão do Estadual 1983 13
  Rio Grande do Sul Internacional Campeão do Estadual 1983 19
Brasil de Pelotas Vice-campeão do Estadual 1983 3
Grêmio 3º colocado do Estadual 1983 27
  Santa Catarina Joinville Campeão do Estadual 1983 8
  São Paulo Corinthians Campeão do Estadual 1983 17
São Paulo Vice-campeão do Estadual 1983 17
Santos 3° colocado do Estadual 1983 24
Palmeiras 4° colocado do Estadual 1983 23
Portuguesa 5° colocado do Estadual 1983 14
Santo André 6° colocado do Estadual 1983 1
  Sergipe Confiança Campeão do Estadual 1983 8

AC, AP, RO e RR não tiveram clubes representantes nesta edição. TO ainda não era uma UF.

Primeira faseEditar

Equipes classificadas para a segunda fase
Equipes classificadas para a repescagem
Equipes eliminadas

Grupo AEditar

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   São Paulo 11 8 4 3 1 16 8 8
2   Vasco da Gama 9 8 4 1 3 20 9 11
3   Fortaleza 8 8 3 2 3 7 11 -4
4   Tuna Luso 8 8 2 4 2 6 15 -9
5   Nacional-AM 4 8 0 4 4 5 11 -6

Grupo BEditar

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   Atlético Mineiro 12 8 5 2 1 18 5 13
2   Bahia 9 8 3 3 2 9 11 -2
3   CRB 7 8 2 3 3 5 9 -4
4   Treze 6 8 2 2 4 7 11 -4
5   Bangu 6 8 1 4 3 4 7 -3

Grupo CEditar

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   Santos 15 8 7 1 0 20 2 18
2   Fluminense 12 8 5 2 1 9 3 6
3   ABC 7 8 3 1 4 9 10 -1
4   Ferroviário 4 8 1 2 5 2 16 -14
5   Confiança 2 8 1 0 7 5 14 -9

Grupo DEditar

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   Santo André 12 8 5 2 1 12 8 4
2   Grêmio 12 8 5 2 1 19 7 12
3   Náutico 10 8 4 2 2 10 8 2
4   Coritiba 4 8 2 0 6 11 17 -6
5   Catuense 2 8 0 2 6 4 16 -12

Grupo EEditar

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   Flamengo 12 8 4 4 0 13 6 7
2   Palmeiras 11 8 4 3 1 15 7 8
3   Operário-MS 9 8 3 3 2 15 11 4
4   Goiás 8 8 3 2 3 11 10 1
5   Brasília 0 8 0 0 8 4 24 -20

Grupo FEditar

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   America 11 8 4 3 1 11 7 4
2   Atlético Paranaense 9 8 3 3 2 10 8 2
3   Brasil de Pelotas 8 8 2 4 2 7 9 -2
4   Rio Branco 6 8 3 0 5 10 17 -7
5   Cruzeiro 6 8 2 2 4 16 13 3

Grupo GEditar

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   Corinthians 10 8 3 4 1 9 4 5
2   Internacional 10 8 2 6 0 12 5 7
3   Operário-MT 7 8 2 3 3 10 11 -1
4   Joinville 7 8 2 3 3 6 7 -1
5   Anapolina 6 8 1 4 3 3 13 -10

Grupo HEditar

Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1   Santa Cruz 11 8 4 3 1 11 6 5
2   Botafogo 10 8 4 2 2 8 5 3
3   Portuguesa 9 8 3 3 2 10 4 6
4   Auto Esporte-PI 6 8 3 0 5 10 17 -7
5   Moto Club 4 8 1 2 5 7 14 -7

RepescagemEditar

Time 1   Total   Time 2   1º jogo   2º jogo
Tuna Luso   0–1   Treze 0–1 não incluído
Coritiba   3–1   Ferroviário 3–1 não incluído
Goiás   2–1   Rio Branco 2–1 não incluído
Joinville   2–0   Auto Esporte-PI 2–0 não incluído

Segunda faseEditar

Grupo AEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Fluminense 6 3 2 1 9 5 8 Terceira fase
2 Goiás 6 3 1 2 11 9 7 Terceira fase
3 São Paulo 6 2 3 1 7 6 7
4 Bahia 6 0 2 4 3 10 2

Grupo BEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Vasco da Gama 6 3 1 2 10 3 7 Terceira fase
2 Grêmio 6 3 1 2 3 2 7 Terceira fase
3 Atlético Mineiro 6 2 1 3 6 7 5
4 Joinville 6 2 1 3 4 11 5

Grupo CEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Santos 6 2 3 1 11 7 7 Terceira fase
2 Fortaleza 6 2 3 1 7 8 7 Terceira fase
3 Palmeiras 6 2 2 2 15 9 6
4 CRB-AL 6 1 2 3 1 10 4

Grupo DEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Atlético Paranaense 6 3 1 2 9 4 7 Terceira fase
2 Santo André 6 3 1 2 10 6 7 Terceira fase
3 Operário-MS 6 3 1 2 5 5 7 Terceira fase
4 ABC 6 1 1 4 5 14 3

Grupo EEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Portuguesa 6 3 2 1 7 3 8 Terceira fase
2 Flamengo 6 3 1 2 7 6 7 Terceira fase
3 Brasil de Pelotas 6 2 1 3 4 9 5
4 Internacional 6 1 2 3 5 5 4

Grupo FEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Coritiba 6 3 1 2 8 8 7 Terceira fase
2 America-RJ 6 3 1 2 11 7 7 Terceira fase
3 Operário-MT 6 2 1 3 6 10 5
4 Botafogo 6 1 3 2 6 6 5

Grupo GEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Náutico Capibaribe 6 3 1 2 8 8 7 Terceira fase
2 Corinthians 6 2 3 1 8 7 7 Terceira fase
3 Santa Cruz 6 2 3 1 6 4 7
4 Treze 6 0 3 3 2 5 3

Terceira faseEditar

Grupo AEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Fluminense 6 4 2 0 9 3 10 Quartas de final
2 Portuguesa 6 1 3 2 7 9 5 Quartas de final
3 Operário-MS 6 1 3 2 5 7 5
4 Santo André 6 0 4 2 3 5 4

Grupo BEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Vasco da Gama 6 4 2 0 9 1 10 Quartas de final
2 Coritiba 6 2 3 1 5 4 7 Quartas de final
3 Uberlândia 6 2 2 2 4 3 6
4 Fortaleza 6 0 1 5 3 13 1

Grupo CEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Flamengo 6 3 2 1 9 4 8 Quartas de final
2 Náutico Capibaribe 6 3 1 2 9 9 7 Quartas de final
3 Santos 6 2 2 2 8 7 6
4 America-RJ 6 0 3 3 3 9 3

Grupo DEditar

Pos Clube P V E D GF GC Pts Nota
1 Grêmio 6 3 3 0 10 4 9 Quartas de final
2 Corinthians 6 3 2 1 10 3 8 Quartas de final
3 Atlético Paranaense 6 1 3 2 5 9 5
4 Goiás 6 0 2 4 2 11 2

Fase finalEditar

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto.

Quartas de final Semifinais Final
        
                                     
   Coritiba 2 0 2  
   Fluminense 2 5 7  
     Fluminense 2 0 2  
     Corinthians 0 0 0  
   Flamengo 2 1 3
   Corinthians 0 4 4  
     Fluminense 1 0 1
     Vasco da Gama 0 0 0
   Portuguesa 2 3 5  
   Vasco da Gama 5 4 9  
     Vasco da Gama 0 3 3
     Grêmio 1 0 1
   Náutico 2 1 3
   Grêmio 3 3 6

A decisãoEditar

PremiaçãoEditar

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1984
 
Fluminense Football Club
Campeão
(2° título)
Bola de Prata de 1984

Os melhores jogadores do campeonato em suas posições, eleitos pela revista Placar:[16]

  Roberto Costa (Vasco da Gama) 
  Édson (Corinthians)  Ivan (Vasco da Gama)  De León (Grêmio)  Júnior (Flamengo)
  Romerito (Fluminense)  Pires (Vasco da Gama)  Assis (Fluminense)
  Renato (Grêmio)  Roberto Dinamite (Vasco da Gama)  Tato (Fluminense)

Artilheiro:   Roberto Dinamite (Vasco da Gama) |  Vencedor da Bola de Ouro.

Classificação finalEditar

Tabela de classificação
Clube PG J V E D GP GC SG
Fluminense 39 26 15 9 2 37 13 24 Disputaram a final e classificados para a Copa Libertadores de 1985.
Vasco 33 26 14 5 7 51 20 31
Grêmio 34 24 14 6 4 39 19 20 Eliminados nas semifinais.
Corinthians 28 24 9 10 5 31 19 12
Flamengo 29 22 11 7 4 32 20 12 Eliminados nas quartas de final.
Náutico 24 22 10 4 8 30 31 -1
Portuguesa 22 22 7 8 7 29 25 4
Coritiba (2) 19 22 7 5 10 26 36 -10
Santos 28 20 11 6 3 39 16 23 Eliminados nas oitavas de final.
10° Santo André 23 20 8 7 5 25 19 6
11° Atlético/PR 21 20 7 7 6 24 21 3
12° America/RJ 21 20 7 7 6 25 23 2
13° Operário/MS 21 20 7 7 6 25 23 2
14° Goiás (2) 17 20 6 5 9 24 30 -6
15° Fortaleza 16 20 5 6 9 17 32 -15
16° Uberlândia (1) 6 6 2 2 2 4 3 1
17° São Paulo 18 14 6 6 2 23 14 9 Eliminados na 2ª fase.
18° Santa Cruz 18 14 6 6 2 17 10 7
19° Atlético/MG 17 14 7 3 4 24 12 12
20° Palmeiras 17 14 6 5 3 30 16 14
21° Botafogo 15 14 5 5 4 14 11 3
22° Internacional 14 14 3 8 3 17 10 7
23° Brasil-Pel 13 14 4 5 5 11 18 -7
24° Operário/MT 12 14 4 4 6 16 21 -5
25° Joinville (2) 12 14 4 4 6 10 18 -8
26° Bahia 11 14 3 5 6 12 21 -9
27° CRB 11 14 3 5 6 6 19 -13
28° ABC 10 14 4 2 8 14 24 -10
29° Treze (2) 9 14 2 5 7 9 16 -7
30° Tuna Luso (2) 8 8 2 4 2 6 15 -9 Eliminados na repescagem.
31° Rio Branco (2) 6 8 3 0 5 10 17 -7
32° Auto Esporte (PI) (2) 6 8 3 0 5 10 17 -7
33° Ferroviário (2) 4 8 1 2 5 2 16 -14
34° Cruzeiro 6 8 2 2 4 16 13 3 Eliminados na 1ª fase.
35° Bangu 6 8 1 4 3 4 7 -3
36° Anapolina 6 8 1 4 3 3 13 -10
37° Moto Club 4 8 1 2 5 7 14 -7
38° Nacional 4 8 0 4 4 5 11 -6
39° Confiança 2 8 1 0 7 5 14 -9
40° Catuense 2 8 0 2 6 4 16 -12
41° Brasília 0 8 0 0 8 4 24 -20

(1) O Uberlândia, campeão da Série B, entrou na disputa diretamente na terceira fase.

(2) De acordo com o regulamento, os resultados dos jogos da repescagem não fazem parte da tabela de classificação.

Maiores goleadasEditar

Principais artilheirosEditar

  1. Roberto Dinamite (Vasco): 16 gols.[18]
  2. Arthurzinho (Vasco): 14 gols.
  3. Lusinho (America) e Serginho (Santos): 12 gols.

Maiores públicosEditar

Acima de 90.000 presentes, os demais que não constem listados os públicos pagantes e presentes, a referência é aos pagantes.[19][20]
  1. Fluminense 0–0 Vasco, 128.781, 27 de maio de 1984, Maracanã.
  2. Corinthians 4–1 Flamengo, 123.435, 6 de maio de 1984, Morumbi (115.002 pagantes).
  3. Fluminense 0–0 Corinthians, 118.370, 20 de maio de 1984, Maracanã.
  4. Vasco 3–0 Grêmio, 110.877, 19 de maio de 1984, Maracanã.
  5. Flamengo 2–0 Corinthians, 98.656, 29 de abril de 1984, Maracanã.
  6. Corinthians 0–2 Fluminense, 95.392, 13 de maio de 1984, Morumbi (90.560 pagantes).

Campanha do campeãoEditar

Time base[21]

  Paulo Vítor
  Aldo (  Getúlio) •   Duílio (  Vica) •   Ricardo Gomes  Branco
  Jandir (  Leomir) •   Romerito (  Renê) •   Delei
  Assis (  Wilsinho) •   Washington  Tato (  Paulinho Carioca)
  Carlos Alberto Parreira (treinador) -   José Luiz Carbone (treinador substituído)

Primeira fase
Santos 1–1 Fluminense.
Ferroviário-CE 0–0 Fluminense.
Fluminense 1–0 ABC-RN.
Fluminense 1–0 Confiança-SE.
Confiança-SE 0–2 Fluminense.
ABC-RN 1–2 Fluminense.
Fluminense 0–1 Santos.
Fluminense 2–0 Ferroviário-CE.
Segunda fase
Bahia 1–1 Fluminense.
Fluminense 3–0 Goiás.
São Paulo 0–2 Fluminense.
Fluminense 3–1 Bahia.
Fluminense 0–0 São Paulo.
Goiás 3–0 Fluminense.
Terceira fase
Fluminense 1–0 Santo André.
Operário-MS 0–0 Fluminense.
Portuguesa-SP 0–1 Fluminense.
Fluminense 2–0 Operário-MS.
Fluminense 4–2 Portuguesa-SP.
Santo André 1–1 Fluminense.
Quartas de final
Coritiba 2–2 Fluminense.
Fluminense 5–0 Coritiba.
Fase semifinal
Corinthians 0–2 Fluminense.
Fluminense 0–0 Corinthians.
Fase final
Vasco 0–1 Fluminense.
Fluminense 0–0 Vasco.
Resumo[22]
Jogos: 26.
Vitórias: 15.
Empates: 9.
Derrotas: 2.
Gols a favor: 37.
Gols contra: 13.
Saldo de gols: 24.
Artilheiros: Assis e Washington, 9 gols.
Média de público (jogos no Rio de Janeiro): 29.475 pagantes (*); no Maracanã foi de 48.236 pagantes.[23]
(*) Inclui duas partidas em São Januário e uma em Moça Bonita.

BibliografiaEditar

A verdadeira Máquina Tricolor: A história do time que ganhou o Campeonato Brasileiro de 1984 e o tricampeonato carioca de 1983-84-85, por Sergio Trigo (2011).

Ligações externasEditar

Referências

  1. Site da CBF em 21 de dezembro de 2010.
  2. Boletins oficiais da CBD entre 1971 e 1974.
  3. «Boletim da CBD, de 1972, intitulado de Progresso do Campeonato Nacional, conta os títulos nacionais desde 1967.». CBD. Consultado em 23 de julho de 2016 
  4. MATTAR, Rodrigo - Site TRIVELA - Fluminense é campeão brasileiro, página editada em 27 de maio de 2014 e disponível em 31 de outubro de 2016.
  5. Site IMORTAIS DO FUTEBOL - Esquadrão Imortal - Fluminense 1983-1985, página editada em 6 de agosto de 2012 e disponível em 29 de outubro de 2016.
  6. Revista Placar nº 41, de 25 de dezembro de 1970, página 5.
  7. Site oficial do FLUMINENSE FOOTBALL CLUB - Será lançado neste sábado o livro “A Verdadeira Máquina Tricolor” (por Sergio Trigo), página editada em 2 de dezembro de 2011 e disponível em 30 de outubro de 2016.
  8. DE ARRUDA, Marcelo Leme - RSSSF Brasil - All Players of Brazilian National Team, página editada em 6 de setembro de 2016 e disponível em 5 de novembro de 2016.
  9. Livro Romerito – "Tricolor de Corazón”, autoria de Heitor D'Alincourt e Dhaniel Cohen (2014).
  10. Jornal do Brasil de 4 de abril de 1979, página 30.
  11. PENHA, Gabriel - Site GLOBOESPORTE.COM - Lembra Dele? Aldo vê Flu só com 1% de chance de escapar da B: 'Mas dá, página editada em 5 de dezembro de 2013 e disponível em 11 de novembro de 2016.
  12. DE ARRUDA, Marcelo Leme - RSSSF Brasil - Seleção Brasileira Sub 20 1949-1987, página editada em 24 de novembro de 2016 e disponível em 5 de novembro de 2016.
  13. Livro Seleção Brasileira 90 anos - 1914/1994.
  14. Site FUTIRINHAS - Os 10 melhores times da década de 1980, página editada em 9 de outubro de 2013 e disponível em 31 de outubro de 2016.
  15. BELATTINI, RAFAEL, Site da ESPN TV - America e Bangu ganham destaque no Carioca para recuperar glória do 'Clássico Bisavô', página editada em 18 de fevereiro de 2016 e disponível em 31 de outubro de 2016.
  16. Redação da revista Placar, página editada em 7 de agosto de 2015 e disponível em 14 de novembro de 2016.
  17. RSSSF Brasil - Campeonato Brasileiro de 1984, página editada em 12 de agosto de 2008 e disponível em 15 de novembro de 2016.
  18. Site BOLA NA ÁREA - Campeonato Brasileiro de 1984, página disponível em 29 de outubro de 2016.
  19. RSSSF Brasil - Maiores públicos de futebol no Brasil, página editada em 21 de abril de 2015 e disponível em 30 d eoutubro de 2016.
  20. BERWANGER, Alexandre Magno Barreto - RSSSF Brasil - Maiores públicos do Sport Club Corinthians Paulista, página editada em 30 de maio de 2012 e disponível em 30 de outubro de 2016.
  21. Livro Fluminense Football Club - História, conquistas e glórias no futebol, página 53, por Antonio Carlos Napoleão.
  22. Site oficial do FLUMINENSE FOOTBALL CLUB - Campeonato Brasileiro 1984, página disponível em 23 de julho de 2016.
  23. BERWANGER, Alexandre Magno Barreto - RSSSF Brasil - Total de público do Fluminense em campeonatos conquistados na Era Maracanã, página editada em 3 de janeiro de 2013 e disponível em 23 de julho de 2016.

Ver tambémEditar