Abrir menu principal

Wikipédia β

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1985

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1985, originalmente denominado Taça de Ouro pela CBF, foi a vigésima nona edição do Campeonato Brasileiro e foi vencido, pela primeira vez, por um clube paranaense, o Coritiba, ao vencer nos pênaltis o Bangu no Maracanã lotado com mais de 91.000 pagantes.

XXIX Campeonato Brasileiro de Futebol
Taça de Ouro de 1985
Dados
Participantes 44
Organização CBF
Local de disputa Brasil
Período 26 de janeiro31 de julho
Gol(o)s 1243
Partidas 517
Média 2,4 gol(o)s por partida
Campeão Coritiba (1º título)
Vice-campeão Bangu
Melhor marcador Edmar (Guarani) – 20 gols
Público 6 010 125
Média 11 625 pessoas por partida
Outras divisões
Taça de Prata Tuna Luso
◄◄ 1984 Soccerball.svg 1986 ►►

Foi o segundo Campeonato Brasileiro decidido em cobranças de pênaltis (o primeiro tinha sido em 1977). O técnico Ênio Andrade tornou-se o segundo — o primeiro foi Rubens Minelli — a ser campeão por três clubes diferentes: Internacional em 1979, Grêmio em 1981 e Coritiba em 1985, os três clubes da Região Sul campeões nacionais até então.

Esse também foi o ano em que, na prática, a Taça de Ouro e a Taça de Prata foram fundidas num único campeonato. Os vinte clubes melhor colocados no Ranking da CBF (que então era o chamado Ranking de Pontos) foram reunidos nos grupos A e B.

O campeão e o vice da Taça de Prata do ano anterior (Remo e Uberlândia), mais 22 clubes de 22 estados brasileiros (classificados via campeonatos estaduais) disputaram os grupos C e D. Passaram para as fases seguintes os 8 melhor classificados em cada um dos "subcampeonatos".

Índice

Fórmula de disputaEditar

Primeira Fase, grupos A e B: 20 clubes, divididos em dois grupos de 10, jogando em dois turnos, mas cada clube enfrentando apenas os clubes do outro grupo. Classificam-se quatro clubes em cada grupo: o vencedor do turno, o vencedor do returno mais os dois mais bem colocados na soma dos dois turnos.

Primeira Fase, grupos C e D: 24 clubes, divididos em dois grupos de 12, cada um deles jogando entre si em dois turnos. Classificam-se quatro clubes em cada grupo: o vencedor do turno, o vencedor do returno mais os dois mais bem colocados na soma dos dois turnos.

Segunda Fase: Os 16 classificados na primeira fase são reorganizados em quatro grupos com quatro equipes em cada. Jogando entre si dentro dos grupos, em turno e returno, classificando-se para a semifinal os primeiros colocados de cada grupo.

Semifinal: Os 4 clubes classificados para essa fase são dispostos em duas chaves. Em jogos de ida e volta, classificam-se para a final os clubes vencedores na soma de placares.

Final: Os dois clubes, em partida única com mando de campo para a equipe com melhor campanha durante todo o campeonato, sendo campeão o vencedor. Em caso de empate em tempo normal, decisão por cobranças de pênaltis.

Classificações parciaisEditar

Primeira faseEditar

Grupo AEditar

Turno
Time P
1   Atlético Mineiro 15
2   Corinthians 13
3   Guarani 12
4   Grêmio 12
5   Botafogo 10
6   Fluminense 10
7   Palmeiras 8
8   Coritiba 7
9   America 6
10   Santa Cruz 6
Returno
Time P
1   Coritiba 12
2   Fluminense 11
3   Guarani 11
4   Botafogo 10
5   Atlético Mineiro 10
6   Corinthians 10
7   Palmeiras 10
8   Grêmio 9
9   America 7
10   Santa Cruz 5
  AME ATM BOT COR CTB FLU GRE GUA PAL SCR
AME
ATM
BOT
COR
CTB
FLU
GRE
GUA
PAL
SCR
Equipes classificadas para a segunda fase
Time P
1   Atlético Mineiro 25
2   Corinthians 23
3   Guarani 23
4   Fluminense 21
5   Grêmio 21
6   Botafogo 20
7   Coritiba 19
8   Palmeiras 18
9   America 13
10   Santa Cruz 11
Classificados para a Segunda Fase como campeões de turno
Classificados para a Segunda Fase pela pontuação geral
Equipes eliminadas

Grupo BEditar

Turno
Time P
1   Flamengo 14
2   Internacional 13
3   Vasco da Gama 11
4   Náutico 11
5   São Paulo 10
6   Santos 10
7   Cruzeiro 10
8   Bahia 10
9   Portuguesa 6
10   Goiás 6
Returno
Time P
1   Bahia 16
2   Vasco da Gama 14
3   Goiás 10
4   Internacional 10
5   Santos 10
6   São Paulo 10
7   Náutico 9
8   Flamengo 9
9   Portuguesa 9
10   Cruzeiro 8
  BAH CRU FLA GOI INT NAU POR SAN SPA VAS
BAH
CRU
FLA
GOI
INT
NAU
POR
SAN
SPA
VAS
Equipes classificadas para a segunda fase
Time P
1   Bahia 26
2   Vasco da Gama 25
3   Flamengo 23
4   Internacional 23
5   Náutico 20
6   Santos 20
7   São Paulo 20
8   Cruzeiro 18
9   Goiás 16
10   Portuguesa 15
Classificados para a Segunda Fase como campeões de turno
Classificados para a Segunda Fase pela pontuação geral
Equipes eliminadas

Grupo CEditar

Turno
Time P
1   Sport 19
2   Mixto 14
3   Botafogo-PB 14
4   CSA 13
5   Ceará 13
6   Paysandu 12
7   Nacional-AM 9
8   Flamengo-PI 9
9   ABC 9
10   Sampaio Corrêa 8
11   Sergipe 6
12   Remo 6
Returno
Time P
1   Sport 19
2   Ceará 18
3   Nacional-AM 15
4   CSA 13
5   Paysandu 13
6   Mixto 13
7   Botafogo-PB 10
8   Remo 8
9   ABC 8
10   Flamengo-PI 6
11   Sergipe 5
12   Sampaio Corrêa 4
  ABC BPB CEA CSA FPI MIX NAC PAY REM SCO SER SPT
ABC
BPB
CEA
CSA
FPI
MIX
NAC
PAY
REM
SCO
SER
SPT
Equipes classificadas para a segunda fase
Time P
1   Sport 38
2   Ceará 31
3   Mixto 27
4   CSA 26
5   Paysandu 25
6   Nacional-AM 24
7   Botafogo-PB 24
8   ABC 17
9   Flamengo-PI 15
10   Remo 14
11   Sampaio Corrêa 12
12   Sergipe 11
Classificados para a Segunda Fase como campeões de turno
Classificados para a Segunda Fase pela pontuação geral
Equipes eliminadas

Grupo DEditar

Turno
Time P
1   Bangu 17
2   Ponte Preta 17
3   Joinville 15
4   Leônico 12
5   Pinheiros 12
6   Brasil de Pelotas 11
7   Brasília 11
8   Desportiva Ferroviária 8
9   Villa Nova 8
10   Uberlândia 8
11   Vila Nova 8
12   Corumbaense 5
Returno
Time P
1   Bangu 16
2   Brasil de Pelotas 16
3   Ponte Preta 15
4   Vila Nova 12
5   Joinville 12
6   Brasília 12
7   Pinheiros 11
8   Uberlândia 9
9   Desportiva Ferroviária 9
10   Corumbaense 8
11   Villa Nova 7
12   Leônico 5
  BAN BRP BSL CMB DES JOI LEO PIN PON UBL VNG VNM
BAN
BRP
BSL
CMB
DES
JOI
LEO
PIN
PON
UBL
VNG
VNM
Equipes classificadas para a segunda fase
Time P
1   Bangu 33
2   Ponte Preta 32
3   Joinville 27
4   Brasil de Pelotas 27
5   Brasília 23
6   Pinheiros 23
7   Vila Nova 20
8   Leônico 17
9   Desportiva Ferroviária 17
10   Uberlândia 17
11   Villa Nova 15
12   Corumbaense 13
Classificados para a Segunda Fase como campeões de turno
Classificados para a Segunda Fase pela pontuação geral
Equipes eliminadas

Segunda faseEditar

Grupo EEditar

Time P
1   Atlético Mineiro 9
2   Guarani 6
3   Ponte Preta 6
4   CSA 3
  ATM CSA GUA PON
ATM 2-0 2-1 1-0
CSA 0-0 0-0 0-0
GUA 1-1 6-1 1-1
PON 1-1 2-0 0-0
Classificado para a semifinal

Grupo FEditar

Time P
1   Brasil de Pelotas 9
2   Flamengo 7
3   Ceará 5
4   Bahia 3
  BAH BRP CEA FLA
BAH 2-3 4-0 0-0
BRP 2-1 4-0 2-0
CEA 2-1 0-0 1-1
FLA 3-0 1-0 2-2
Classificado para a semifinal

Grupo GEditar

Time P
1   Coritiba 8
2   Sport 7
3   Joinville 5
4   Corinthians 4
  COR CTB JOI SPT
COR 1-0 1-1 0-0
CTB 1-0 2-1 0-0
JOI 2-0 0-1 4-2
SPT 3-1 1-1 1-0
Classificado para a semifinal

Grupo HEditar

Time P
1   Bangu 10
2   Internacional 7
3   Vasco da Gama 5
4   Mixto 2
  BAN INT MIX VAS
BAN 1-1 1-1 3-1
INT 1-2 1-0 2-2
MIX 1-4 1-3 1-1
VAS 0-2 1-1 4-0
Classificado para a semifinal

Fase FinalEditar

  Semifinais Final
                     
   Bangu 1 3 4  
   Brasil de Pelotas 0 1 1  
     Bangu 1 (5)
     Coritiba(pen) 1 (6)
   Atlético Mineiro 0 0 0
   Coritiba 1 0 1

SemifinaisEditar

Chave 1
24 de julho de 1985 Brasil de Pelotas   0 – 1   Bangu Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)

  73' Jorge Batata (contra) Público: 37 398
Árbitro:   Luís Carlos Antunes


28 de julho de 1985 Bangu   3 – 1   Brasil de Pelotas Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Ado   26'
Marinho   69',   77'
  73' Bira Público: 38 472
Árbitro:   José de Assis Aragão

Chave 2
24 de julho de 1985 Coritiba   1 – 0   Atlético Mineiro Estádio Couto Pereira, Curitiba (PR)

Heraldo   13' Público: 33 041
Árbitro:   Carlos Sérgio Rosa Martins


28 de julho de 1985 Atlético Mineiro   0 – 0   Coritiba Estádio do Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Público: 64 075
Árbitro:   Luís Carlos Félix

FinalEditar

31 de julho de 1985 Bangu   (5) 1 – 1 (6)   Coritiba Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Lulinha   35'   25' Índio Público: 91 257
Árbitro:   Romualdo Arppi Filho
    Penalidades  
Gílson Gênio  
Pingo  
Baby  
Mário Marques  
Marinho  
Ado  
5 – 6   Índio
  Marco Aurélio
  Édson
  Lela
  Vavá
  Gomes
 
G   Gilmar
LD   Márcio Nunes
Z   Jair
Z   Oliveira
LE   Baby
V   Israel
V   Lulinha  
M   Mário Marques  
A   Marinho
A   João Cláudio  
A   Ado
Substituições:
M   Gilson  
M   Pingo  
Treinador:
  Moisés
G   Rafael  
LD   André
Z   Gomes  
Z   Heraldo
LE   Dida  
V   Almir  
V   Marildo  
M   Toby
A   Lela
A   Índio
A   Édson
Substituições:
Z   Vavá  
V   Marco Aurélio  
Treinador:
  Ênio Andrade

PremiaçãoEditar

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1985
 
Coritiba Foot Ball Club
Campeão
(1° título)

Bola de Prata de 1985Editar

Os melhores jogadores do campeonato em suas posições, eleitos pela revista Placar[1]:

  Rafael (Coritiba)
  Luís Carlos Winck (Internacional)  Leandro (Flamengo)  Mauro Galvão (Internacional)  Baby (Bangu)
  Alemão (Botafogo)  Dema (Santos)  Rubén Paz (Internacional)
    Marinho (Bangu)  Careca (São Paulo)  Ado (Bangu)

Artilheiro:   Edmar (Guarani) |  Vencedor da Bola de Ouro

Classificação finalEditar

Classificação final da Taça de Ouro 1985
Time PG J V E D GP GC SG
1   Coritiba 31 29 12 7 10 25 27 -2
2   Bangu 48 31 20 8 3 55 23 32
3   Brasil de Pelotas 36 30 14 8 8 48 33 15
4   Atlético Mineiro 35 28 13 9 6 37 23 14
5   Sport 45 28 20 5 3 49 16 33
6   Ponte Preta 38 28 13 12 3 41 21 20
7   Ceará 36 28 14 8 6 39 29 10
8   Joinville 32 28 13 6 9 36 23 13
9   Flamengo 30 26 11 8 7 40 23 17
10   Internacional 30 26 11 8 7 36 23 13
11   Vasco da Gama 30 26 11 8 7 37 31 6
12   Bahia 29 26 11 7 8 35 29 6
13   CSA 29 28 10 9 9 33 29 4
14   Mixto 29 28 10 9 9 27 36 -9
15   Guarani 29 26 8 13 5 36 26 10
16   Corinthians 27 26 9 9 8 27 22 5
17   Fluminense 21 20 7 7 6 24 21 3
18   Grêmio 21 20 6 9 5 25 21 4
19   Botafogo 20 20 9 2 9 26 36 -10
20   Náutico 20 20 8 4 8 25 28 -3
21   Santos 20 20 7 6 7 23 25 -2
22   São Paulo 20 20 7 6 7 36 39 -3
23   Cruzeiro 18 20 5 8 7 23 22 1
24   Palmeiras 18 20 5 8 7 28 28 0
25   Goiás 16 20 5 6 9 21 27 -6
26   Portuguesa 15 20 4 7 9 19 26 -7
27   America 13 20 4 5 11 19 31 -12
28   Santa Cruz 11 20 4 3 13 21 47 -26
29   Paysandu 25 22 8 9 5 26 21 5
30   Nacional-AM 24 22 10 4 8 39 29 10
31   Botafogo-PB 24 22 7 10 5 21 23 -2
32   Brasília 23 22 8 7 7 22 22 0
33   Pinheiros 23 22 7 9 6 21 17 4
34   Vila Nova 20 22 7 6 9 25 34 -9
35   Leônico 17 22 7 3 12 21 33 -12
36   Desportiva Ferroviária 17 22 7 3 12 18 30 -12
37   Uberlândia 17 22 6 5 11 26 26 0
38   ABC 17 22 6 5 11 27 33 -6
39   Flamengo-PI 15 22 5 5 12 14 24 -10
40   Villa Nova 15 22 5 5 12 18 31 -13
41   Remo 14 22 5 4 13 19 38 -19
42   Corumbaense 13 22 4 5 13 16 37 -21
43   Sampaio Corrêa 12 22 2 8 12 24 43 -19
44   Sergipe 11 22 3 5 14 15 37 -22
Campeão e classificado para a Taça Libertadores da América de 1986
Vice-campeão e classificado para a Taça Libertadores da América de 1986
Eliminados nas semifinais
Eliminados na segunda fase
Eliminados na primeira fase (grupos A-B)
Eliminados na primeira fase (grupos C-D)

Ligações externasEditar

Referências

Ver tambémEditar