Abrir menu principal

Campeonato Capixaba de Futebol de 2016 - Série A

Campeonato Capixaba de 2016
Capixabão 2016
Espírito Santo (estado)
Dados
Participantes 10
Organização FES
Anfitrião  Espírito Santo
Período 28 de janeiro7 de maio
Gol(o)s 167
Partidas 81
Média 2,06 gol(o)s por partida
Campeão Cariacica Desportiva Ferroviária
Vice-campeão Vitória Espírito Santo
Rebaixado(s) Cachoeiro de Itapemirim Estrela do Norte
Bandeira-linhares.png Sport Linharense
Melhor marcador Júlio Cézar (Sport Linharense) - 8 gols
Maiores goleadas
(diferença)
São Mateus Bandeira-saomateus-es.jpg 4 – 0 Cachoeiro de Itapemirim Estrela do Norte
Estádio SernambySão Mateus
19 de março
 
Sport Linharense Bandeira-linhares.png 0 – 4 Vitória Doze
Estádio ConilonJaguaré
21 de março
Público 41 686
Média 514,6 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador
(FES)
Edinho (Desportiva Ferroviária)
Melhor jogador jovem
(FES)
Willyan (Desportiva Ferroviária)
Melhor treinador
(FES)
Wagner Nascimento (Espírito Santo)
◄◄ Espírito Santo (estado) Capixaba 2015 Soccerball.svg Capixaba 2017 Espírito Santo (estado) ►►

O Campeonato Capixaba de Futebol de 2016, organizado pela FES, foi a 100ª edição do campeonato. Iniciou-se em 28 de janeiro, reunindo dez equipes, sendo oito participantes do Capixabão de 2015 e a campeã e vice do Série B de 2015. A Desportiva Ferroviária tornou-se campeã pela 18ª vez em sua história e o Espírito Santo o vice-campeão.[1]

Índice

RegulamentoEditar

A fórmula de disputa segue a mesma do ano de 2015, onde o campeonato é dividido em Primeira Fase, Hexagonal Semifinal, Final e Quadrangular de Rebaixamento. O campeão ganha o direito de disputar a Copa do Brasil de 2017, a Série D de 2016 e a Série D de 2017. O vice-campeão também ganha uma vaga na Série D de 2016. As duas últimas equipes no Quadrangular de Rebaixamento descem à Série B de 2017. Além disso, o vice-campeão e o terceiro colocado classificam-se para o Torneio Seletivo juntamente com os dois melhores colocados da Copa Espírito Santo de 2016 dentre os participantes da Série A. O campeão da Seletiva é o outro representante capixaba da Série D de 2017.[2][3][4]

Primeira FaseEditar

Na Primeira Fase, as dez equipes estão divididas em dois grupos regionalizados, jogando em turno e returno dentro de cada um deles independentemente. Os seis melhores colocados disputam o Hexagonal Semifinal, enquanto os quatro últimos disputam o Quadrangular do Rebaixamento.

Hexagonal SemifinalEditar

No hexagonal, as seis equipes classificados se enfrentam em turno e returno. As duas melhores equipes após todos os jogos estão classificadas para a Final do campeonato.

Quadrangular do RebaixamentoEditar

Este quadrangular defini as duas equipes rebaixadas à Série B 2017. As quatro equipes se enfrentam em turno e returno, sendo que as duas piores equipes classificadas sofrem o descenso.

FinalEditar

Os dois classificados da fase anterior se enfrentam em duas partidas, sendo que, o clube que teve melhor campanha no Hexagonal Semifinal, tem mando de campo na segunda partida. Em caso de empate em pontos, o primeiro critério de desempate é o saldo de gols. Caso o empate persista, o confronto é decidido através de pênaltis.

Critérios de desempateEditar

Os critérios de desempate foram aplicados na seguinte ordem:

  1. Maior número de vitórias
  2. Maior saldo de gols
  3. Maior número de gols pró (marcados)
  4. Confronto direto
  5. Menor número no somatório de cartões vermelhos (3 pontos cada) e cartões amarelos (1 ponto cada)
  6. Sorteio

ParticipantesEditar

Clube Cidade Temporada 2015 Estádio Capacidade[5] Títulos (último)
Atlético Itapemirim   Itapemirim 5º da Série A José Olívio Soares
Sumaré[a]
1 000
6 000
0 (não possui)
Desportiva Ferroviária   Cariacica Vice-campeão da Série A Arena Unimed Sicoob 7 700 17 (2013)
Doze   Vitória Vice-campeão da Série B Sumaré[b]
Arena Unimed Sicoob[c]
6 000
7 700
0 (não possui)
Espírito Santo   Vitória Campeão da Série B Arena Unimed Sicoob[d] 7 700 0 (não possui)
Estrela do Norte   Cachoeiro de Itapemirim 4º da Série A Sumaré 6 000 1 (2014)
Linhares   Linhares 6º da Série A Joaquim Calmon 2 000 1 (2007)
Real Noroeste   Águia Branca 3º da Série A José Olímpio da Rocha 3 200 0 (não possui)
Rio Branco   Vitória Campeão da Série A Arena Unimed Sicoob[d] 7 700 37 (2015)
São Mateus   São Mateus 7º da Série A Sernamby 3 854 2 (2011)
Sport Linharense   Linhares 8º da Série A Joaquim Calmon
Conilon[e]
2 000
2 664
0 (não possui)

Obs.:

Estádios[5]Editar

Águia Branca Vitória Cariacica Cachoeiro de Itapemirim
José Olímpio da Rocha Salvador Costa Arena Unimed Sicoob Sumaré
Capacidade: 3 200 Capacidade: 3 000 Capacidade: 7 700 Capacidade: 6 000
       
Itapemirim Jaguaré Linhares São Mateus
José Olívio Soares Estádio Conilon Joaquim Calmon Sernamby
Capacidade: 1 000 Capacidade: 2 664 Capacidade: 2 000 Capacidade: 3 854
       

Primeira FaseEditar

Grupo NorteEditar

 Ver artigo principal: Resultados do Grupo Norte
Pos Times Pts J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1   Rio Branco 17 8 5 2 1 10 5 5 70,8   Classificado ao Hexagonal Semifinal
2   Real Noroeste 15 8 4 3 1 7 4 3 62,5  1
3   Linhares 12 8 4 0 4 7 8 -1 50,0  1
4   São Mateus 7 8 2 1 5 5 8 -3 29,2   Classificado ao Quadrangular do Rebaixamento
5   Sport Linharense 5 8 1 2 5 5 9 -4 20,8  

Grupo SulEditar

 Ver artigo principal: Resultados do Grupo Sul
Pos Times Pts J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1   Desportiva Ferroviária[DES] 14 8 5 3 0 10 3 7 75,0   Classificado ao Hexagonal Semifinal
2   Espírito Santo 12 8 3 3 2 6 2 4 50,0  1
3   Atlético Itapemirim 10 8 2 4 2 5 4 1 41,7  1
4   Estrela do Norte 8 8 2 2 4 4 7 -3 33,3   Classificado ao Quadrangular do Rebaixamento
5   Doze 5 8 1 1 6 1 10 -9 20,8  

Nota:

  • DES ^ A Desportiva Ferroviária perdeu quatro pontos no TJD-ES por conta da escalação irregular do zagueiro Dilsinho no jogo contra o Atlético Itapemirim.[6]

Hexagonal SemifinalEditar

 Ver artigo principal: Resultados do Hexagonal Semifinal
Pos Times Pts J V E D GP GC SG % M Classificação
1   Desportiva Ferroviária 17 10 5 2 3 15 8 7 56,7  2 Classificado às Finais
2   Espírito Santo 17 10 4 5 1 12 8 4 56,7  
3   Real Noroeste 16 10 5 1 4 10 10 0 53,3  2
4   Linhares 13 10 4 1 5 13 16 -3 43,3  
5   Rio Branco 12 10 4 0 6 11 14 -3 40,0  
6   Atlético Itapemirim 9 10 2 3 5 11 16 -5 30,0  

Quadrangular do RebaixamentoEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG % M Rebaixamento
1   São Mateus 10 5 3 1 1 13 8 5 66,7  
2   Doze 10 5 3 1 1 10 5 5 66,7  
3   Sport Linharense 6 5 2 0 3 8 13 -5 40,0  1 Rebaixado à Série B 2017
4   Estrela do Norte 3 5 1 0 4 5 10 -5 20,0  1

Nota:
A FES em acordo com os clubes participantes cancela a última rodada do Quadrangular do Rebaixamento devido a definição antecipada dos rebaixados à Série B de 2017.[7]

FinaisEditar

Jogo de ida
Sábado, 30 de abril Espírito Santo   0 – 1   Desportiva Ferroviária Arena Unimed Sicoob, Cariacica
16:15
Rede Gazeta
Relatório
  73' Ramires Público: 2 310
Renda: R$ 43.440,00
Árbitro:  ES Elvis de Almeida
     
 
 
Espírito Santo
     
 
 
Desportiva
Jogo de volta
Sábado, 7 de maio Desportiva Ferroviária   1 – 0   Espírito Santo Arena Unimed Sicoob, Cariacica
16:15
Edinho   84' Rede Gazeta
Relatório
Público: 4 062
Renda: R$ 67.695,00
Árbitro:  ES Dyorgines Padovani
     
 
 
Desportiva
     
 
 
Espírito Santo

PremiaçãoEditar

Campeonato Capixaba de 2016 - Série A
 
Desportiva Ferroviária
Campeão
(18º título)

Seleção do CampeonatoEditar

 

Magno
Diogo
Tatá
Paulo Roberto
Dênis Pedra
Vandinho
Vitinho
Acerola
Seleção do Campeonato Capixaba 2016
Pos. Jogador Clube
G   Felipe   Desportiva Ferroviária
Z   Willyan   Desportiva Ferroviária
Z   Diogo   Espírito Santo
LD   Magno   Espírito Santo
LE   Tatá   Desportiva Ferroviária
V   Dênis Pedra   Espírito Santo
V   Vandinho   Desportiva Ferroviária
M   Paulo Roberto   Linhares
M   Edinho   Desportiva Ferroviária
A   Vitinho   Espírito Santo
A   Acerola   Desportiva Ferroviária
T   Wagner Nascimento   Espírito Santo

ArtilhariaEditar

Gols Jogador Time
8   Júlio Cézar Sport Linharense
7   Erivelton São Mateus
6   Cleiton Gladiador Rio Branco
  Felipe Capixaba Rio Branco
  Flávio Linhares
  Vitinho Espírito Santo
5   Acerola Desportiva Ferroviária
  Charles Doze
  Edinho Desportiva Ferroviária
  Eraldo Atlético Itapemirim
4   Paulinho Pimentel São Mateus
  Paulo Roberto Linhares
  Rael Cruel Desportiva Ferroviária
  Ratinho Rio Branco
  Zé Augusto Linhares

TransmissãoEditar

A Rede Gazeta transmitiu ao vivo quatro partidas do campeonato. Foram exibidos dois jogos do Hexagonal Semifinal e mais as duas partidas da decisão. A grande novidade foi a transmissão dos duelos que acontecem na quarta-feira à noite, com jogos sendo transmitidos às 21:45.[10]

Referências

  1. «Desportiva vence novamente o Espírito Santo e conquista o Capixabão». globoesporte.com. 7 de maio de 2016. Consultado em 9 de maio de 2016 
  2. «Regulamento do Estadual Série A 2016». FES. Consultado em 9 de março de 2016 
  3. «CBF atende federações, confirma ampliação, e Série D terá 68 clubes». Globo Esporte.com. 22 de março de 2016. Consultado em 22 de março de 2016 
  4. «Futuro campeão capixaba também garante vaga para a Série D 2017». Globo Esporte.com. 25 de abril de 2016. Consultado em 26 de abril de 2016 
  5. a b «Cadastro Nacional de Estádios de Futebol - Revisão 6 (CNEF)» (PDF). Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 18 de janeiro de 2016. Consultado em 19 de fevereiro de 2016 
  6. «Desportiva é punida e perde 4 pontos pela escalação irregular de Dilsinho». globoesporte.com. 23 de fevereiro de 2016. Consultado em 23 de fevereiro de 2016 
  7. «FES e clubes cancelam a última rodada do Quadrangular da Morte». globoesporte.com. 7 de abril de 2016. Consultado em 7 de abril de 2016 
  8. «Tiva e Santão dominam seleção dos melhores do Capixabão 2016». globoesporte.com. 13 de maio de 2016. Consultado em 13 de maio de 2016 
  9. «Júlio Cézar, do Sport-ES, é o artilheiro do Campeonato Capixaba 2016». globoesporte.com. 10 de maio de 2016. Consultado em 14 de maio de 2016 
  10. «TV Gazeta vai transmitir ao vivo cinco jogos do Campeonato Capixaba 2016». globoesporte.com. 23 de março de 2016. Consultado em 23 de março de 2016 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar