Campeonato Carioca de Futebol de 2020 - Série B1

O Campeonato Carioca de Futebol de 2020 - Série B1 é a 43ª edição da Segunda Divisão do futebol no Rio de Janeiro. A disputa é organizada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ). Desde 2017, a Segunda Divisão do Campeonato Carioca é chamada de Série B1. A competição acontece entre setembro e dezembro. A temporada de 2020 contará com os ajustes a serem determinados e realizados como consequência da criação do Campeonato Carioca de Futebol - Série A2 (que será a nova segunda divisão) e reformulação do Campeonato Carioca de Futebol - Série B1 (que será a nova terceira divisão) para o ano de 2021 que contarão, cada qual (A2 2021 e B1 2021), com a participação de 12 (doze) equipes.

Campeonato Carioca de Futebol de 2020
Carioca 2020 - Série B1
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg
Dados
Participantes 17
Organização FERJ
Período 20 de setembro – 16 de dezembro
Gol(o)s 359
Partidas 142
Média 2,53 gol(o)s por partida
Campeão Bandeira de Nova Iguaçu.svg Nova Iguaçu
Vice-campeão Bandeira-saquarema.png Sampaio Corrêa-RJ
Promovido(s) Bandeira de Nova Iguaçu.svg Nova Iguaçu
Bandeira-saquarema.png Sampaio Corrêa-RJ
Rebaixado(s) Município do Rio de Janeiro Bonsucesso
Bandeira de Campos dos Goytacazes.png Campos
Maiores goleadas
(diferença)
Nova Cidade Nilópolis 0–5 Bandeira-saquarema.png Sampaio Corrêa-RJ
4 de novembro, Taça Corcovado, 3.ª rodada
 
Duque de Caxias Flag of Duque de Caxias, Rio de Janeiro.gif 5–0 Município do Rio de Janeiro Bonsucesso
11 de novembro, Taça Corcovado, 5.ª rodada
 
Artsul Bandeira de Nova Iguaçu.svg 6–1 Bandeira-macae.svg Serra Macaense
22 de novembro, Taça Corcovado, 8.ª rodada
◄◄ 2019 Soccerball.svg 2021 ►►

O primeiro turno, chamado de Taça Santos Dumont, foi vencido pelo Nova Iguaçu. Já o segundo turno, ou Taça Corcovado, foi vencido pelo Maricá. Para a fase final do Campeonato se juntam Sampaio Corrêa-RJ e Duque de Caxias — os melhores colocados na classificação geral, exceto os dois vencedores de turnos. As semifinais serão entre Nova Iguaçu e Duque de Caxias e entre Maricá e Sampaio Corrêa, com os vencedores de turno jogando por dois empates, já que serão partidas de ida e volta. As equipes classificadas para a final, também em duas partidas, já se classificam para a fase preliminar do Campeonato Carioca de 2021.

RegulamentoEditar

O regulamento é o mesmo da edição de 2019. As semifinais, que definem o acesso, foram em dois jogos. A final é em dois jogos. Os dois últimos são rebaixados à Série B2 de 2021.

No primeiro turno, as equipes se enfrentaram dentro do próprio grupo. No segundo turno, as equipes de um grupo enfrentaram as do outro. Em ambos os turnos, os dois primeiros avançaram para as semifinais, que foram em jogo único. Os primeiros colocados jogarão em casa e com a vantagem do empate. Os vencedores passaram para a final, também em jogo único, com mando de campo sorteado. Os campeões de cada turno se juntam às equipes de melhor campanha na semifinal do Estadual. Os vencedores subiram ao Carioca de 2021 - Série A1 e fazem a final da competição.

Critérios de desempateEditar

Para o desempate entre duas ou mais equipes segue-se a ordem definida abaixo:

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Número de cartões amarelos e vermelhos
  5. Sorteio

Promovidos e rebaixadosEditar

Posição Promovidos da Série B2 de 2019
  Maricá
  Rio São Paulo

ParticipantesEditar

Equipe Cidade Em 2019 Estádio Capacidade[1] Títulos
Angra dos Reis   Angra dos Reis 16º Jair Toscano 1 500 0 (não possui)
Artsul   Nova Iguaçu Nivaldo Pereira 2 184 0 (não possui)
Audax Rio   Miguel Pereira Fructuoso Fernandes 1 500 0 (não possui)
Bonsucesso   Rio de Janeiro Rua Bariri 8 300 7 (último em 2011)
Campos   Campos dos Goytacazes 14º Ferreirão 900 0 (não possui)
Duque de Caxias   Duque de Caxias Marrentão 3 334 0 (não possui)
Gonçalense   São Gonçalo 13º Alziro de Almeida 900 0 (não possui)
Goytacaz   Campos dos Goytacazes Ary de Oliveira 5 800 0 (não possui)
Maricá   Maricá   2º (Série B2) Alziro de Almeida 900 0 (não possui)
Nova Cidade   Nilópolis 11º Joaquim Flores 500 1 (último em 1988)
Nova Iguaçu   Nova Iguaçu   16º (Série A) Laranjão 1 810 2 (último em 2016)
Olaria   Rio de Janeiro Rua Bariri 8 300 4 (último em 1983)
Rio São Paulo   Rio de Janeiro   1º (Série B2) Luso-Brasileiro 5 044 0 (não possui)
Sampaio Corrêa-RJ   Saquarema Lourival Gomes 1 800 0 (não possui)
São Gonçalo EC   São Gonçalo 10º Alziro de Almeida 900 0 (não possui)
Serra Macaense   Macaé 12º Ubirajara Reis 1 000 0 (não possui)
Serrano   Petrópolis 15º Atílio Marotti 8 500 1 (último em 1999)

Primeiro turno (Taça Santos Dumont)Editar

Grupo AEditar