Campeonato Carioca de Futebol de 2022

Campeonato Carioca de Futebol de 2022 (também conhecido como Cariocão Betfair 2022 por questões de patrocínio)[1] foi a 124ª edição da principal divisão do futebol no Rio de Janeiro. A disputa foi organizada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ). A fase principal desta edição, Taça Guanabara, aconteceu em pontos corridos, entre as 12 equipes (11 primeiras colocadas da edição anterior e o campeão da Série A2 de 2021) definindo as quatro melhores equipes que disputaram as semifinais e finais do Campeonato. As quatro equipes classificadas entre o 5.º e 8.º lugares disputaram o título da Taça Rio.

Campeonato Carioca de Futebol de 2022
Carioca 2022
Dados
Participantes 12
Organização FERJ
Período 25 de janeiro – 2 de abril
Gol(o)s 189
Partidas 78
Média 2,42 gol(o)s por partida
Campeão Fluminense (32º título)
Vice-campeão Flamengo
3.º colocado Vasco da Gama
4.º colocado Botafogo
Rebaixado(s) Volta Redonda
Melhor marcador Gabi (Flamengo) – 9 gols
Melhor ataque (fase inicial) Flamengo – 27 gols
Melhor defesa (fase inicial) Fluminense – 2 gols
Maior goleada
(diferença)
Bangu 0–6 Flamengo
MaracanãRio de Janeiro
12 de março, 11ª rodada
◄◄ Rio de Janeiro 2021 Soccerball.svg 2023 Rio de Janeiro ►►

RegulamentoEditar

Critério de desempatesEditar

Caso ocorresse empate em pontos ganhos foram aplicados os critérios de desempate, sucessivamente:[2]

  1. Maior número de vitórias
  2. Maior saldo de gols
  3. Maior número de gols pró (gols marcados)
  4. Confronto direto
  5. Menor número de cartões amarelos e vermelhos, onde cada cartão vermelho será considerado equivalente a três cartões amarelos
  6. Sorteio público na sede da Federação, em dia e horário a serem determinados

Taça Guanabara (fase principal)Editar

Em formato igual a edição anterior, a fase principal foi formada apenas pela Taça Guanabara. Foram disputada pelas 11 equipes melhores classificadas no Campeonato do ano anterior e a campeã da Série A2 de 2021 e aconteceram, portanto, 11 rodadas.[2][3]

Taça RioEditar

A Taça Rio foi disputada apenas pelas equipes classificadas do 5.ª ao 8.ª lugar da Taça Guanabara (fase principal) em paralelo às disputadas das semifinais e finais do Campeonato. As semifinais em cruzamento olímpico (5.º colocado x 8.º colocado e 6.º colocado x 7.º colocado), em partidas de ida e volta, com vantagem para os mais bem colocados (em pontos ganhos e saldo de gols). Nas partidas finais não houve vantagem para nenhuma das equipes e, também, disputa por pênaltis em caso de empate (pontos e saldo de gols).[2][3]

Fase finalEditar

Os quatro primeiros colocados da fase principal (Taça Guanabara) decidiram, em cruzamento olímpico (1.º colocado x 4.º colocado e 2.º colocado x 3.º colocado), as semifinais do Campeonato em duas partidas com vantagem de empate (em pontos ganhos e saldo de gols) para as equipes melhores classificadas, assim como a escolha do mando de campo (1.ª ou 2.ª partida). Nas partidas finais (entre os vencedores das semifinais) não houve vantagem para nenhuma equipe, porém a melhor classificada pode escolher o mando de campo (na 1.ª ou 2.ª partida) e haveria disputa por pênaltis em caso de empate (pontos e saldo de gols).[2][3]

Torneio IndependênciaEditar

Considerando-se apenas os clubes não considerados grandes (Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama) e as partidas disputadas entre estes clubes (também sem as partidas disputadas com o clubes grandes), a equipe melhor classificada, aplicando-se os critérios de desempate, foi o campeão do Torneio Independência (Troféu José Luiz de Magalhães Lins Filho). O campeão e vice-campeão do Torneio foram indicados para a Copa do Brasil de 2023.[2]

Transmissão televisivaEditar

Pelo segundo ano consecutivo, os jogos foram transmitidos pela RecordTV em TV aberta, além do PPV disponível para assinantes da Eleven Sports, SKY, Claro TV e Vivo TV e nas plataformas de streaming de cada clube.[4] As partidas do acordo do canal aberto também serão exibidas no YouTube, pelo canal Flow Sport Club,[5] e na Twitch por meio das contas Ronaldo TV, Gaules e Casimiro.[6][7]

Rescisão com FlowEditar

Em 8 de fevereiro de 2022, a FERJ anunciou a rescisão do contrato com plataforma Flow Sport Club, após o episódio envolvendo o canal principal do Flow.[8] Alguns dias depois, a organização fechou com o canal Camisa 21, para transmitir os jogos no YouTube.[9]

ParticipantesEditar

Equipe Cidade Em 2021 Estádio Capacidade[10] Títulos (Carioca)
Audax Rio   Angra dos Reis 1º (Série A2) Jair Toscano de Brito
Raulino de Oliveira
1 500
18 230
0 (não possui)
Bangu   Rio de Janeiro 11º Moça Bonita 9 024 2 (último em 1966)
Boavista-RJ   Saquarema 10º Eucyr Resende 4 315 0 (não possui)
Botafogo   Rio de Janeiro Nilton Santos 44 661 21 (último em 2018)
Flamengo   Rio de Janeiro Raulino de Oliveira[11]
Maracanã
18 230
78 838
37 (último em 2021)
Fluminense   Rio de Janeiro Luso-Brasileiro
Maracanã
5 044
78 838
31 (último em 2012)
Madureira   Rio de Janeiro Conselheiro Galvão 5 014 0 (não possui)
Nova Iguaçu   Nova Iguaçu Laranjão 1 810 0 (não possui)
Portuguesa-RJ   Rio de Janeiro Luso-Brasileiro 5 044 0 (não possui)
Resende   Resende Trabalhador 4 600 0 (não possui)
Vasco da Gama   Rio de Janeiro São Januário 21 880 24 (último em 2016)
Volta Redonda   Volta Redonda Raulino de Oliveira 18 230 0 (não possui)

Taça GuanabaraEditar

Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões[12] Desempenho por rodada
# V E D GP GS SG     10ª 11ª
1 Fluminense[nota 1] 28 11 9 1 1 16 2 +14 1 16 10 5 4 3 2 1 1 1 1 1 1
2 Flamengo 26 11 8 2 1 27 8 +20 1 28 2 3 2 4 4 2 2 2 2 2 2
3 Vasco da Gama 22 11 7 1 3 19 11 +8 0 36 1 1 3 2 1 4 3 3 3 4 3
4 Botafogo 20 11 6 2 3 24 16 +8 1 35 6 2 1 1 3 3 4 4 4 3 4
5 Nova Iguaçu 14 11 4 2 5 11 15 –4 1 31 7 10 11 12 12 12 12 11 9 8 5
6 Portuguesa-RJ 12 11 3 3 5 11 12 –1 3 40 9 4 5 5 5 6 5 6 6 6 6
7 Resende 12 11 3 3 5 11 17 –6 3 37 11 7 6 7 8 10 10 5 5 5 7
8 Audax Rio 11 11 3 2 6 9 14 –5 4 38 8 11 12 8 9 5 7 8 10 9 8
9 Madureira 11 11 3 2 6 9 17 –8 1 29 4 6 8 10 10 7 6 7 7 7 9
10 Boavista-RJ 9[nota 2] 11 3 4 4 13 16 –3 1 31 5 9 10 6 6 9 11 12 12 11 10
11 Bangu 9 11 2 3 6 5 17 –12 1 21 3 8 7 9 7 8 8 9 8 10 11
12 Volta Redonda 6 11 1 3 7 11 21 –10 0 37 12 12 9 11 11 11 9 10 11 12 12
     Campeão da Taça Guanabara 2022 e classificado para as semifinais do Campeonato
     Classificados para as semifinais do Campeonato
     Classificados para as semifinais da Taça Rio 2022
     Rebaixado para a Série A2 de 2022
Critérios de ordenação: 1. Pontos ganhos / 2. Vitórias / 3. Saldo de gols / 4. Gols pró (gols marcados) / 5. Cartões vermelhos e amarelos
Fonte: [16]

ConfrontosEditar

Fonte:[17]

Primeira rodadaEditar

25 de janeiro Boavista-RJ 1 – 1 Botafogo Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
21:00
Kadu   28' Súmula (FERJ) Carlinhos   33' Público: 2 734
Árbitro:  RJ Paulo Renato Moreira da Silva Coelho

26 de janeiro Audax Rio 0 – 0 Nova Iguaçu Estádio Elcyrzão, Saquarema
15:30
Súmula (FERJ) Público: 64
Árbitro:  RJ Bruno Mota Correia

26 de janeiro Volta Redonda 2 – 4 Vasco da Gama Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
19:00
Pedrinho   43' (pen)
Dilsinho   62'
Súmula (FERJ) Gabriel Pec   10'
Raniel   28'
Nenê   38'
Juninho   46'
Público: 2 528
Árbitro:  RJ Alexandre Vargas Tavares de Jesus

26 de janeiro Flamengo 2 – 1 Portuguesa-RJ Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
21:35
Lázaro   5' (pen),   54' Súmula (FERJ) Sanchez   61' Público: 2 931
Árbitro:  RJ Bruno Arleu de Araújo

27 de janeiro Madureira 1 – 0 Resende Estádio Conselheiro Galvão, Rio de Janeiro
15:30
Felipe Dias   30' Súmula (FERJ) Público: 484
Árbitro:  RJ Maurício Machado Coelho Júnior

27 de janeiro Fluminense 0 – 1 Bangu Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
20:30
Súmula (FERJ) Roberto Baggio   14' Público: 2 488
Árbitro:  RJ Alex Gomes Stefano

Segunda rodadaEditar

29 de janeiro Portuguesa-RJ 1 – 0 Audax Rio Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
15:30
Bruno Santos   90' Súmula (FERJ) Público: 434
Árbitro:  RJ João Ennio Sobral

29 de janeiro Volta Redonda 0 – 0 Flamengo Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
18:00
Súmula (FERJ) Público: 2 267
Árbitro:  RJ Grazianni Maciel Rocha

29 de janeiro Vasco da Gama 1 – 1 Boavista-RJ Estádio São Januário, Rio de Janeiro
21:00
Raniel   55' Súmula (FERJ) Wandinho   83' Público: 5 686
Árbitro:  RJ Rodrigo Carvalhães de Miranda

30 de janeiro Resende 1 – 0 Nova Iguaçu Estádio do Trabalhador, Resende
11:00
Emanuel Biancucchi   60' Súmula (FERJ) Público: 186
Árbitro:  RJ Diego da Silva Lourenço

30 de janeiro Botafogo 2 – 0 Bangu Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
16:00
Felipe Ferreira   9'
Diego Gonçalves   76'
Súmula (FERJ) Público: 2 823
Árbitro:  RJ Yuri Elino Ferreira da Cruz

30 de janeiro Madureira 0 – 1 Fluminense Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
18:00
Súmula (FERJ) Jhon Arias   67' Público: 3 035
Árbitro:  RJ Tarcizo Pinheiro Caetano

Terceira rodadaEditar

2 de fevereiro Bangu 1 – 1 Volta Redonda Estádio de Moça Bonita, Rio de Janeiro
15:30
Lucas Oliveira   90+9' Súmula (FERJ) MV   55' Público: 640
Árbitro:  RJ João Batista de Arruda

2 de fevereiro Flamengo 3 – 0 Boavista-RJ Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
18:00
Marinho   24'
Pedro   61'
Gabriel   85'
Súmula (FERJ) Público: 9 124
Árbitro:  RJ Mauricio Machado Coelho Junior

2 de fevereiro Vasco da Gama 3 – 2 Nova Iguaçu Estádio São Januário, Rio de Janeiro
21:35
Nenê   19' (pen),   62'
Raniel   53'
Súmula (FERJ) Samuel Granada   82',   90+2' Público: 5 031
Árbitro:  RJ Paulo Renato Moreira da Silva Coelho

3 de fevereiro Resende 1 – 1 Portuguesa-RJ Estádio do Trabalhador, Resende
15:30
João Felipe   77' Súmula (FERJ) Wellington   43+3' Público: 337
Árbitro:  RJ Rafael Martins de Sá

3 de fevereiro Botafogo 4 – 2 Madureira Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
18:00
Kanu   60'
Diego Gonçalves   68'
Joel Carli   79'
Rai da Silva   85'
Súmula (FERJ) Pipico   15',   58' Público: 2 141
Árbitro:  RJ Alex Gomes Stefano

3 de fevereiro Fluminense 1 – 0 Audax Rio Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
20:15
Cano   41' Súmula (FERJ) Público: 2 395
Árbitro:  RJ Wagner do Nascimento Magalhães

Quarta rodadaEditar

5 de fevereiro Boavista-RJ 1 – 0 Volta Redonda Estádio Elcyrzão, Saquarema
16:00
Ralph   18' Súmula (FERJ) Público: 385
Árbitro:  RJ Yuri Elino Ferreira da Cruz

6 de fevereiro Madureira 1 – 3 Vasco da Gama Estádio Conselheiro Galvão, Rio de Janeiro
15:30
Pipico   62' Súmula (FERJ) Gabriel Pec   5'
Getúlio   33',   51'
Público: 2 153
Árbitro:  RJ Wagner do Nascimento Magalhães

6 de fevereiro Flamengo 0 – 1 Fluminense Estádio Olímpico Nilton Santos, Rio de Janeiro
16:05
Súmula (FERJ) Arias   89' Público: 20 485
Árbitro:  RJ Alexandre Vargas Tavares de Jesus

6 de fevereiro Portuguesa-RJ 1 – 0 Bangu Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
19:00
Patrick   27' Súmula (FERJ) Público: 589
Árbitro:  RJ Grazianni Maciel Rocha

7 de fevereiro Resende 0 – 1 Audax Rio Estádio do Trabalhador, Resende
15:30
Súmula (FERJ) Misael   3' Público: 243
Árbitro:  RJ Daniel Victor Costa Silva

7 de fevereiro Botafogo 2 – 0 Nova Iguaçu Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
21:00
Matheus Nascimento   62',   77' Súmula (FERJ) Público: 1 720
Árbitro:  RJ Tarcizo Pinheiro Caetano

Quinta rodadaEditar

9 de fevereiro Bangu 0 – 0 Madureira Estádio de Moça Bonita, Rio de Janeiro
15:30
Súmula (FERJ) Público: 490
Árbitro:  RJ Diego da Silva Lourenço

9 de fevereiro Vasco da Gama 1 – 0 Portuguesa-RJ Estádio São Januário, Rio de Janeiro
21:35
Nenê   76' Súmula (FERJ) Público: 5 794
Árbitro:  RJ Alex Gomes Stefano

10 de fevereiro Nova Iguaçu 1 – 1 Boavista-RJ Estádio Laranjão, Nova Iguaçu
15:30
Dedé   21' Súmula (FERJ) Di Maria   12' Público: 801
Árbitro:  RJ João Ennio Sobral

10 de fevereiro Audax Rio 1 – 2 Flamengo Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
19:00
Hugo Sanches   70' Súmula (FERJ) Gabriel   45'
Kayck   60' (g.c)
Público: 4 002
Árbitro:  RJ Rafael Martins de Sá

10 de fevereiro Fluminense 2 – 1 Botafogo Estádio Olímpico Nilton Santos, Rio de Janeiro
20:00
Willian   53'
Luccas Claro   64'
Súmula (FERJ) Kanu   21' Público: 9 000
Árbitro:  RJ Rodrigo Carvalhães de Miranda

2 de março Volta Redonda 1 – 2 Resende Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
19:00
Grasson   87' Súmula (FERJ) Macena   57'
Igor Bolt   60'
Público: 522
Árbitro:  RJ Wagner do Nascimento Magalhães

Sexta rodadaEditar

12 de fevereiro Bangu 0 – 0 Resende Estádio de Moça Bonita, Rio de Janeiro
15:35
Súmula (FERJ) Público: 784
Árbitro:  RJ Bruno Mota Correia

12 de fevereiro Volta Redonda 0 – 1 Madureira Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
18:00
Súmula (FERJ) Ygor Catatau   68' Público: 692
Árbitro:  RJ Grazianni Maciel Rocha

13 de fevereiro Audax Rio 2 – 0 Boavista-RJ Estádio Jair Carneiro Toscano de Brito, Angra dos Reis
15:30
Lucas Mota   67'
Hugo Sanches   70'
Súmula (FERJ) Público: 433
Árbitro:  RJ Paulo Renato Moreira da Silva Coelho

13 de fevereiro Fluminense 1 – 0 Portuguesa-RJ Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
16:00
Cano   52' Súmula (FERJ) Público: 5 160
Árbitro:  RJ Bruno Arleu de Araújo

13 de fevereiro Flamengo 5 – 0 Nova Iguaçu Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
19:00
Gustavo Henrique   3'
Arrascaeta   37'
Gabriel   71' (pen)
Pedro   84'
Diego   43'
Súmula (FERJ) Público: 6 293
Árbitro:  RJ Yuri Elino Ferreira da Cruz

13 de fevereiro Vasco da Gama 0 – 1 Botafogo Estádio Castelão, São Luís[18]
20:00
Súmula (FERJ) Erison   33' Público: 9 363
Árbitro:  RJ Wagner do Nascimento Magalhães

Sétima rodadaEditar

16 de fevereiro Madureira 1 – 2 Flamengo Estádio Conselheiro Galvão, Rio de Janeiro
15:30
Ygor Catatau   2' Súmula (FERJ) Éverton Ribeiro   59'
Willian Arão   69'
Público: 1 293
Árbitro:  RJ Rodrigo Carvalhães de Miranda

16 de fevereiro Volta Redonda 4 – 0 Audax Rio Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
19:00
Lelê   44'
Pedrinho   46',   66' (pen)
Caio Vitor   56'
Súmula (FERJ) Público: 598
Árbitro:  RJ Maurício Machado Coelho Júnior

16 de fevereiro Nova Iguaçu 0 – 1 Fluminense Estádio Luso-Brasileiro
21:35
Súmula (FERJ) André   24' Público: 1 236
Árbitro:  RJ Grazianni Maciel Rocha

17 de fevereiro Portuguesa-RJ 1 – 2 Boavista-RJ Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
16:00
Bruno Santos   69' (pen) Súmula (FERJ) Diogo Rangel   64'
Marquinhos   90'
Público: 548
Árbitro:  RJ Daniel Victor Costa Silva

17 de fevereiro Botafogo 2 – 1 Resende Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
18:00
Matheus Nascimento   58'
Erison   61' (pen)
Súmula (FERJ) Jeffinho   68' Público: 1 774
Árbitro:  RJ

17 de fevereiro Vasco da Gama 2 – 0 Bangu Estádio São Januário, Rio de Janeiro
20:30
Raniel   59'
Nenê   65'
Súmula (FERJ) Público: 5 931
Árbitro:  RJ Tarcizo Pinheiro Caetano

Oitava rodadaEditar

19 de fevereiro Fluminense 3 – 0 Volta Redonda Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
19:00
Nonato   39'
Manoel   47'
Calegari   54'
Súmula (FERJ) Público: 1 668
Árbitro:  RJ Wagner do Nascimento Magalhães

20 de fevereiro Nova Iguaçu 1 – 0 Bangu Estádio Laranjão, Nova Iguaçu
11:00
Luã Lúcio   84' Súmula (FERJ) Público: 900
Árbitro:  RJ Alex Gomes Stefano

20 de fevereiro Portuguesa-RJ 0 – 0 Madureira Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
15:30
Súmula (FERJ) Público: 294
Árbitro:  RJ João Batista de Arruda

20 de fevereiro Audax Rio 0 – 1 Vasco da Gama Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
18:30
Súmula (FERJ) Raniel   59' Público: 2 579
Árbitro:  RJ Bruno Mota Correia

21 de fevereiro Resende 4 – 2 Boavista-RJ Estádio do Trabalhador, Resende
15:30
Igor   34',   72'
Bismarck   86',   89'
Súmula (FERJ) Pablo   41'
Diogo Rangel   53'
Público: 304
Árbitro:  RJ Thiago Ramos Marques

23 de fevereiro Botafogo 1 – 3 Flamengo Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
20:00
Léo Pereira   74' Súmula (FERJ) Pedro   9'
Gabriel Barbosa   45+4'
Arrascaeta   72'
Público: 12 743
Árbitro:  RJ Grazianni Maciel da Rocha

Nona rodadaEditar

24 de fevereiro Bangu 2 – 0 Audax Rio Estádio de Moça Bonita, Rio de Janeiro
15:30
Mateus Nascimento   28'
Denilson   84'
Súmula (FERJ) Público: 361
Árbitro:  RJ Rafael Martins de Sá

25 de fevereiro Boavista-RJ 1 – 2 Madureira Estádio Elcyrzão, Saquarema
16:00
Biel   26' Súmula (FERJ) Erick Pulga   54'
Gian   64'
Público: 181
Árbitro:  RJ João Ennio Sobral

26 de fevereiro Fluminense 2 – 0 Vasco da Gama Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
17:00
Cano   6'
Nonato   37'
Súmula (FERJ) Público: 10 854
Árbitro:  RJ Bruno Arleu de Araújo

27 de fevereiro Volta Redonda 2 – 3 Nova Iguaçu Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
15:00
Lelê   64'
Pedrinho   71'
Súmula (FERJ) Alemão   6' (g.c.)
Yan   53'
Samuel Granada   88'
Público: 439
Árbitro:  RJ Paulo Renato Moreira da Silva Coelho

27 de fevereiro Flamengo 2 – 2 Resende Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
16:00
Arrascaeta   87'
Gabriel Barbosa   90+3' (pen)
Súmula (FERJ) Emanuel Biancucchi   26'
Jeffinho   81'
Público: 9 127
Árbitro:  RJ Felipe da Silva Gonçalves Paludo

27 de fevereiro Portuguesa-RJ 5 – 3 Botafogo Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
19:00
Joel Carli   1' (g.c.)
Watson   40'
Bruno Santos   46'
Miller   68'
João Paulo   82'
Súmula (FERJ) Erison   42'
Matheus Nascimento   45',   90+5'
Público: 1 758
Árbitro:  RJ Diego da Silva Lourenço

Décima rodadaEditar

5 de março Nova Iguaçu 1 – 0 Portuguesa-RJ Estádio Laranjão, Nova Iguaçu
11:00
Dedé   61' Súmula (FERJ) Público: 661
Árbitro:  RJ Rodrigo Carvalhães de Miranda

5 de março Resende 0 – 4 Fluminense Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda
16:00
Súmula (FERJ) Arias   1'
Martinelli   4'
Nonato   37'
Heitor   58' (g.c.)
Público: 6 936
Árbitro:  RJ Yuri Elino Ferreira da Cruz

6 de março Madureira 1 – 3 Audax Rio Estádio Conselheiro Galvão, Rio de Janeiro
11:00
Ygor Catatau   81' Súmula (FERJ) Fernando Medeiros   60',   90+9'
Carlinhos   89'
Público: 469
Árbitro:  RJ Wagner do Nascimento Magalhães

6 de março Boavista-RJ 4 – 1 Bangu Estádio Elcyrzão, Saquarema
15:30
Di Maria   13'   71'
Marquinhos   25'
Ryan   59'
Súmula (FERJ) Lucas Duarte   62' Público: 284
Árbitro:  RJ Bruno Arleu de Araújo

6 de março Flamengo 2 – 1 Vasco da Gama Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
16:00
Filipe Luís   11'
Arrascaeta   89'
Súmula (FERJ) Gabriel Pec   51' Público: 20 186
Árbitro:  RJ Rafael Martins de Sá

7 de março Botafogo 5 – 0 Volta Redonda Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
19:30
Joel Carli   09'
Mezenga   75'
Rikelmi   88'
Erison   90',   90+2'
Súmula (FERJ) Público: 1 523
Árbitro:  RJ Felipe da Silva Gonçalves Paludo

Décima primeira rodadaEditar

12 de março Portuguesa-RJ 1 – 1 Volta Redonda Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
16:00
Andrezinho   42' Súmula (FERJ) Luiz Paulo   72' Público: 467
Árbitro:  RJ Tarcizo Pinheiro Caetano

12 de março Boavista-RJ 0 – 0 Fluminense Estádio Elcyrzão, Saquarema
16:00
Súmula (FERJ) Público: 1 722
Árbitro:  RJ Felipe da Silva Gonçalves Paludo

12 de março Bangu 0 – 6 Flamengo Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
19:30
Súmula (FERJ) De Arrascaeta   9'
Gabi   14',   90+1'
Léo Pereira   43',   80'
Matheus França   74'
Público: 61 335
Árbitro:  RJ Bruno Mota Correia

13 de março Nova Iguaçu 3 – 0 Madureira Estádio Laranjão, Nova Iguaçu
11:00
7Andrey   63',   69'
Gabriel Santana   88'
Súmula (FERJ) Público: 659
Árbitro:  RJ Diego da Silva Lourenço

13 de março Vasco da Gama 3 – 0 Resende Estádio São Januário, Rio de Janeiro
16:00
Bruno Nazário   38'
Vitinho   75'
Vinícius   79'
Súmula (FERJ) Público: 2 939
Árbitro:  RJ Bruno Arleu de Araújo

13 de março Audax Rio 2 – 2 Botafogo Estádio Jair Toscano de Brito, Angra dos Reis
16:00
Lessa   43'
Hugo Sanches   76'
Súmula (FERJ) Breno   49'
Erison   80' (pen)
Público: 2 127
Árbitro:  RJ Thiago Ramos Marques

PremiaçãoEditar

Taça Guanabara de 2022
 
FLUMINENSE
Campeão
(11.º título)

Taça RioEditar

Em itálico, as equipes que jogarão pelo empate por ter melhor campanha e em negrito as equipes vencedoras das partidas. Na final, não há vantagem de empate para nenhuma equipe.

  Semifinais Final
                     
 Nova Iguaçu 2 2 4  
 Audax Rio 1 1 2  
   Nova Iguaçu 1 0 1 (2)
   Resende (pen.) 1 0 1 (4)
 Portuguesa-RJ 0 2 2
 Resende 1 2 3

ConfrontosEditar

SemifinaisEditar
Fonte:[19]
Ida
19 de março Audax Rio 1 – 2 Nova Iguaçu Estádio Jair Toscano de Brito, Angra dos Reis
15:30
Lessa   6' Súmula (FERJ) Samuel Granada   3',   41' Público: 886
Árbitro:  RJ Thiago Ramos Marques

20 de março Resende 1 – 0 Portuguesa-RJ Estádio do Trabalhador, Resende
15:30
Douglas   90+2' Súmula (FERJ) Público: 688
Árbitro:  RJ João Ennio Sobral
Volta
23 de março Nova Iguaçu 2 – 1 Audax Rio Estádio Laranjão, Nova Iguaçu
15:30
Yan   36'
João Pedro   87'
Súmula (FERJ) Fidel   28' Público: 685
Árbitro:  RJ Maurício Machado Coelho Júnior

24 de março Portuguesa-RJ 2 – 2 Resende Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
20:00
Pirambú   53'
Leandro Amaro   86'
Súmula (FERJ) Macena   18'
Emanuel Biancucchi   82'
Público: 1 944
Árbitro:  RJ Diego da Silva Lourenço
FinaisEditar
Fonte:[20]
Ida
27 de março Resende 1 – 1 Nova Iguaçu Estádio do Trabalhador, Resende
15:00
Macena   5' Súmula (FERJ) Samuel Granada   55' Público: 982
Árbitro:  RJ Yuri Elino Ferreira da Cruz
Volta
30 de março Nova Iguaçu 0 – 0 Resende Estádio Laranjão, Nova Iguaçu
15:00
Súmula (FERJ) Público: 990
Árbitro:  RJ Alex Gomes Stefano
    Penalidades  
Samuel Granada  
Luã Lúcio  
André Santos  
Vandinho  
2–4   Paulo Victor
  Brendon
  Medina
  Ingro
 

PremiaçãoEditar

Taça Rio de 2022
 
RESENDE
Campeão
(1.º título)

Torneio IndependênciaEditar

Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões[12] Desempenho por rodada
# V E D GP GS SG     10ª 11ª
1 Nova Iguaçu 14 7 4 2 1 9 4 +5 0 18 2 4 6 8 7 7 8 6 3 1 1
2 Resende 11 7 3 2 2 8 6 +2 3 23 4 3 2 3 2 1 1 1 2 2 2
3 Madureira 11 7 3 2 2 5 7 –2 1 17 1 2 3 4 4 3 2 2 1 3 3
4 Boavista-RJ 10 7 3 1 3 11 11 0 1 21 5 6 8 5 3 5 4 4 5 4 4
5 Audax Rio 10 7 3 1 3 6 8 –2 4 29 3 5 7 2 5 4 5 5 6 5 5
6 Portuguesa-RJ 9 7 2 3 2 5 5 0 3 23 5 1 1 1 1 2 3 3 4 6 6
7 Bangu 6 7 1 3 3 4 7 –3 1 11 5 6 4 6 6 6 7 8 7 7 7
8 Volta Redonda 5 7 1 2 4 9 9 0 0 21 5 6 5 7 8 8 6 7 8 8 8
     Campeão (Troféu José Luiz de Magalhães Lins Filho) e classificado para a Copa do Brasil de 2023
     Vice-campeão e classificado para a Copa do Brasil de 2023
Critérios de ordenação: 1. Pontos ganhos / 2. Vitórias / 3. Saldo de gols / 4. Gols pró (gols marcados) / 5. Cartões vermelhos e amarelos
Última atualização: 12 de março[21]

PremiaçãoEditar

Torneio Independência de 2022
 
NOVA IGUAÇU
Campeão
(1.º título)

Fase finalEditar

Em itálico, as equipes que jogarão pelo empate por ter melhor campanha e em negrito as equipes vencedoras das partidas. Na final, não há vantagem de empate para nenhuma equipe.

  Semifinais Final
                     
 Fluminense 1 1 2  
 Botafogo 0 2 2  
   Fluminense 2 1 3
   Flamengo 0 1 1
 Flamengo 1 1 2
 Vasco da Gama 0 0 0
SemifinaisEditar
Fonte:[22]
Ida
16 de março Vasco da Gama 0 – 1 Flamengo Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
20:00
Súmula (FERJ) Gabriel Barbosa   41' (pen) Público: 37 867
Árbitro:  RJ Felipe da Silva Gonçalves Paludo

21 de março Botafogo 0 – 1 Fluminense Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
20:00
Súmula (FERJ) Arias   80' Público: 8 422
Árbitro:  RJ Grazianni Maciel Rocha
Volta
20 de março Flamengo 1 – 0 Vasco da Gama Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
16:00
Willian Arão   53' Súmula (FERJ) Público: 54 931
Árbitro:  RJ Rafael Martins de Sá

27 de março Fluminense 1 – 2 Botafogo Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
16:00
Cano   90+6' Súmula (FERJ) Erison   45+2',   90' Público: 28 538
Árbitro:  RJ Paulo Renato Moreira da Silva Coelho
FinaisEditar
Fonte:[23]
Ida
Volta

PremiaçãoEditar

Campeonato Carioca de 2022
 
FLUMINENSE
Campeão
(32.º título)

Classificação geralEditar

Fonte:[24]
Pos. Equipe PG J V E D GP GS SG Classificação ou rebaixamento
1 Fluminense 28 11 9 1 1 16 2 +14 Campeão Estadual
2 Flamengo 26 11 8 2 1 27 8 +20 Vice-campeão Estadual
3 Vasco da Gama 22 11 7 1 3 19 11 +8 Semifinalistas do Campeonato
4 Botafogo 20 11 6 2 3 24 16 +8
5 Resende[nota 3] 12 11 3 3 5 11 17 –6 Campeão da Taça Rio
6 Nova Iguaçu[nota 3] 14 11 4 2 5 11 15 –4 Vice-campeão da Taça Rio
7 Portuguesa-RJ 12 11 3 3 5 11 12 –1 Semifinalistas da Taça Rio
8 Audax Rio 11 11 3 2 6 9 14 –5
9 Madureira 11 11 3 2 6 9 17 –8
10 Boavista-RJ 9[nota 2] 11 3 4 4 13 16 –3
11 Bangu 9 11 2 3 6 5 17 –12
12 Volta Redonda 6 11 1 3 7 11 21 –10 Rebaixado para a Série A2 de 2022[2]

EstatísticasEditar

ArtilhariaEditar

Gols[25][26] Jogador Equipe
9   Gabi Flamengo
8   Erison Botafogo
7   Cano Fluminense
6   Samuel Granada Nova Iguaçu
5   De Arrascaeta Flamengo
  Matheus Nascimento Botafogo
  Nenê Vasco da Gama
  Raniel Vasco da Gama
4   Arias Fluminense
  Pedrinho Volta Redonda

Ver tambémEditar

Notas e referências

Notas

  1. Ao vencer o Resende por 4–0 na décima rodada, o Fluminense chegou aos 27 pontos e o Flamengo, então segundo colocado, possuía apenas 20 pontos, podendo chegar até os 26 pontos, não mais alcançando o Tricolor, que sagrou-se campeão da Taça Guanabara com uma rodada de antecipação.[13]
  2. a b O Boavista-RJ foi punido inicialmente com a perda de sete pontos pela escalação irregular de Ryan Guilherme contra Vasco e Flamengo.[14]. Contudo, após recurso no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/RJ), foram perdidos apenas quatro pontos.[15] Com isso, o Volta Redonda foi rebaixado para Série A2.
  3. a b Nova Iguaçu e Resende garantiram vaga na Copa do Brasil de 2023 por terem sido campeão e vice-campeão, respectivamente, do Torneio Independência.[2]

Referências

  1. Mattos, Rodrigo (21 de janeiro de 2022). «Betfair adquire os naming rights do Campeonato Carioca». UOL. Consultado em 24 de janeiro de 2022 
  2. a b c d e f g «Regulamento da fase principal do Campeonato Estadual da Série A de profissionais da temporada de 2022» (PDF). FERJ. 18 de novembro de 2021. Consultado em 1 de dezembro de 2021 
  3. a b c Garcia, Gustavo (18 de novembro de 2021). «Ferj divulga tabela do Campeonato Carioca 2022 e aguarda para definir início dia 19 ou 26 de janeiro». ge. Consultado em 1 de dezembro de 2021 
  4. «Arbitral aprova proposta da TV Record para transmissão do Carioca». FERJ. 11 de fevereiro de 2021. Consultado em 24 de janeiro de 2022 
  5. «Exclusivo: Flow Sport Club transmitirá 16 jogos do Cariocão». Máquina do Esporte. 19 de janeiro de 2022. Consultado em 22 de janeiro de 2022 
  6. «Ronaldo TV e Gaules fecham acordo e vão transmitir o Cariocão». Esporte e Mídia. 22 de janeiro de 2022. Consultado em 22 de janeiro de 2022 
  7. Garcia, Diego (22 de janeiro de 2022). «Casimiro vai transmitir 16 jogos do Cariocão por seu canal na Twitch». UOL Esporte. Consultado em 23 de janeiro de 2022 
  8. Agência FERJ (8 de fevereiro de 2022). «Nota Oficial». FERJ. Consultado em 8 de fevereiro de 2022 
  9. «Cariocão 2022 terá transmissão do canal 'Camisa 21' após romper com o 'Flow Podcast'». Lance!. 17 de fevereiro de 2022. Consultado em 5 de março de 2022 
  10. «Cadastro Nacional de Estádios de Futebol (CNEF) 2016» (PDF). Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 18 de janeiro de 2016. Consultado em 1 de dezembro de 2021 
  11. «Flamengo desiste de estádio da Ilha e mandará jogos em Volta Redonda até retorno ao Maracanã». NetFLA. 27 de janeiro de 2022. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  12. a b «Cartões» (PDF). FERJ. Consultado em 13 de março de 2022 
  13. «Flu goleia Resende por 4 a 0, vence 11ª seguida e conquista Taça Guanabara». UOL. 5 de março de 2022. Consultado em 5 de março de 2022 
  14. «Boavista é punido por escalação irregular, perde sete pontos e corre risco de ser rebaixado no Carioca». ge. 16 de fevereiro de 2022. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  15. «Recuperação de pontos do Boavista rebaixa o Volta Redonda no Carioca; entenda o caso». ge. Consultado em 11 de março de 2022 
  16. «Classificação - Taça Guanabara» (PDF). FERJ. Consultado em 11 de março de 2022 
  17. «Taça Guanabara - Tabela» (PDF). FERJ. Consultado em 13 de fevereiro de 2022 
  18. «Ferj confirma Vasco x Botafogo, pelo Campeonato Carioca, para o Castelão, em São Luís (MA)». Lance!. 7 de fevereiro de 2022. Consultado em 13 de fevereiro de 2022 
  19. «Taça Rio - Semifinal» (PDF). FERJ. Consultado em 24 de março de 2022 
  20. «Taça Rio - Final» (PDF). FERJ. Consultado em 25 de março de 2022 
  21. «Classificação - Troféu José Luiz de Magalhães Lins Filho» (PDF). FERJ. Consultado em 12 de março de 2022 
  22. «Estadual - Semifinal» (PDF). FERJ. Consultado em 27 de março de 2022 
  23. «Estadual - Finais» (PDF). FERJ. Consultado em 27 de março de 2022 
  24. «Classificação Geral» (PDF). FERJ. Consultado em 6 de abril de 2022 
  25. «Artilharia» (PDF). FERJ. Consultado em 6 de abril de 2022 
  26. «Tabela - Campeonato Carioca». ge. Consultado em 6 de abril de 2022 

Ligações externasEditar