Abrir menu principal

Campeonato Catarinense de Futebol Feminino

Campeonato Catarinense de Futebol Feminino
Catarinense Feminino
Dados gerais
Organização FCF
Edições 11
Local de disputa  Santa Catarina
Número de equipes 4
Sistema Misto (turno classificatório)
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

O Campeonato Catarinense de Futebol Feminino chamado também de Catarinense Feminino, é a principal competição de futebol feminino do estado de Santa Catarina, Brasil. A competição é organizada pela Federação Catarinense de Futebol, responsável pelo futebol profissional no estado. O campeonato é disputado desde 2007.

Fórmula de DisputaEditar

O campeonato foi disputado em 3 fases de Turno, Returno e Final.

TURNO - As equipes jogaram todas entre si, somente em jogos de ida, com contagem de pontos corridos, classificando-se para a 3 ª Fase (FINAIS), apenas a primeira colocada. A equipe que terminou esta Fase em primeiro lugar, foi considerada a CAMPEÃ da 1ª Fase (TURNO).

RETURNO - As equipes também jogaram todas entre si, somente em jogos de volta, invertendo-se apenas o mando de campo dos jogos da 1ª Fase (TURNO), com contagem de pontos corridos, classificando-se para a 3 ª Fase (FINAIS), apenas a primeira colocada. A equipe que terminou esta Fase em primeiro lugar, foi considerada a CAMPEÃ da 2ª Fase (RETURNO).

FINAIS - Foi disputada pelas equipes que foram consideradas Campeães das 1ª e 2ªs Fases (TURNO e RETURNO). Caso uma mesma equipe seja considerada campeã das 1ª e 2ªs Fases (TURNO e RETURNO), seria classificada para a disputa desta 3ª Fase (FINAIS) a equipe de melhor índice técnico, que, excluída a campeã das 1ª e 2ªs Fases (TURNO e RETURNO), obtivesse o maior número de pontos ganhos na soma daquelas Fases (TURNO e RETURNO). Seria mandante do jogo de volta (segunda partida) a equipe que porventura fosse considerada CAMPEÃ das 1ª e 2ªs Etapas (TURNO e RETURNO). Se as equipes campeãs das 1ª e 2ª Fases (TURNO e RETURNO) fossem distintas, seria mandante do jogo de volta (segunda partida) a equipe que obtivesse o maior número de pontos ganhos na soma das 1ª e 2ªs Fases (TURNO e RETURNO). Seria considerada vencedora da 3ª Fase (FINAIS) a equipe que, após o jogo de volta (segunda partida), obtivesse o maior número de pontos ganhos. Se, ao final do jogo de volta (segunda partida), as equipes terminassem a disputa empatadas em número de pontos ganhos, independente do saldo de gols e de outros índices técnicos, deveria haver a disputa de uma prorrogação de 30 minutos, em dois tempos de 15 para se conhecer a vencedora desta 3ª Fase (FINAIS). Caso as equipes terminassem a prorrogação do jogo de volta empatadas, seria considerada vencedora desta 3ª Fase (FINAIS) a equipe mandante do jogo de volta (segunda partida). A equipe que fosse a vencedora desta 3ª Fase (FINAIS), seria considerada a CAMPEÃ CATARINENSE DE FUTEBOL FEMININO DE 2011 e teria vaga para representar o estado na Copa do Brasil de Futebol Feminino de 2013.

Critérios de DesempateEditar

  • Maior número de vitórias;
  • Maior saldo de gols;
  • Maior número de gols pró;
  • Confronto direto, somente no caso de empate entre 2 (duas) associações;
  • Menor número de cartões vermelhos recebidos;
  • Menor número de cartões amarelos recebidos;
  • Sorteio público.

CampeõesEditar

# Ano Campeão Vice 3º Lugar 4º Lugar Artilheira Gols
2007
Detalhes
 
Olympya
 
Scorpions
 
Porath
 
São Bento
Juliana Feuser (Olympya) 15
2008
Detalhes
 
Kindermann
 
Avaí
 
Joinville
 
Muller
Ariane (Kindermann) 9
2009
Detalhes
 
Kindermann
 
Olympya
 
Avaí
 
Muller
Luciléia Renner (Kindermann) 17
2010
Detalhes
 
Kindermann
 
Olympya
 
Muller
 
Scorpions
Marise Schumann (Olympya) 10
2011
Detalhes
 
Kindermann
 
Olympya
 
Avaí
 
Muller
Andressa (Kindermann) 14
2012
Detalhes
 
Kindermann
 
Olympya
 
Taurus
 
Avaí
Patricia (Kindermann) 27
2013
Detalhes
 
Kindermann
 
Vasto Verde
 
Olympya
 
Beira-Rio
Andressa (Kindermann) 10
2014
Detalhes
 
Kindermann
 
Chapecoense
Apenas 2 participantes Cacau e Gabi (Kindermann) 2
2015
Detalhes
 
Kindermann
 
Araranguá
 
Chapecoense
Apenas 3 participantes Kélen (Kindermann) 4
2016
Detalhes
Não disputado*
10ª 2017
Detalhes
 
Kindermann
 
Napoli
 
Fluminense
 
PBCE
Karla (Kindermann) 12
11ª 2018
Detalhes
 
Kindermann
 
Chapecoense
 
Criciúma
 
Marcílio Dias
Catyellen (Kindermann)
Dioneide (Kindermann)
7
12ª 2019
Detalhes

* A edição de 2016 foi cancelada devido a tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense no Voo LaMia 2933, incluindo o presidente da FCF. Sendo assim a competição foi suspensa e não realizada posteriormente.

Títulos por clubeEditar

Equipe Cidade Títulos Vices Último título
Kindermann Caçador 10 0 2018
Olympya Jaraguá do Sul 1 4 2007
Chapecoense Chapecó 0 2
Avaí Florianópolis 0 1
Scorpions São José 0 1
Vasto Verde Blumenau 0 1
Araranguá Araranguá 0 1
Napoli Caçador 0 1

ParticipaçõesEditar

Equipe Cidade Participações
Kindermann   Caçador 10
Olympya   Jaraguá do Sul 7
Avaí   Florianópolis 5
Scorpions   São José 5
Müller   Pomerode 4
Chapecoense   Chapecó 3
São Bento   São Bento do Sul 2
ARARASTUR   Araranguá 1
Audax   Joinville 1
Atlético Pomerodense   Pomerode 1
Beira-Rio   Itapoá 1
Criciúma   Criciúma 1
Fluminense   Joinville 1
Guarani   Palhoça 1
Joinville   Joinville 1
Marcílio Dias   Itajaí 1
Napoli   Caçador 1
PBCE   Criciúma 1
Porath   Pomerode 1
Taurus   Joinville 1
Vasto Verde   Blumenau 1
  • a. ^ Em 2007 o Scorpions representou a cidade de São José, em 2008 e 2009 fez uma parceria com o Guarani para representar a cidade de Palhoça e em 2010 o Scorpions se juntou à Sociedade Esportiva Pradense e continuou mandando os seus jogos em Palhoça. Para o ano de 2011, continua em parceria com a Pradense mas, desta vez, representando a cidade de Biguaçu. No ano de 2012, voltou a representar a cidade de São José.
  • b. [b] O Vila Nova de Rio Negrinho desistiu da competição em 2007

Ver tambémEditar