Campeonato Europeu de Futebol de 2020

16ª edição do Campeonato Europeu de Futebol

O Campeonato Europeu de Futebol de 2020, comummente referido como UEFA Euro 2020 ou simplesmente Euro 2020, foi a 16.ª edição do Campeonato Europeu de Futebol, ocorrendo, pela primeira vez, fora da data estabelecida, devido à pandemia de COVID-19, sendo um campeonato quadrienal de selecções europeias organizado pela União das Associações Europeias de Futebol (UEFA). Inicialmente, o evento seria realizado em doze cidades de diferentes países europeus durante o verão europeu de 2020, em comemoração dos 60 anos do torneio.[1][2] Contudo, por conta da pandemia de COVID-19, a UEFA postergou a realização do torneio para o verão de 2021, mantendo-se contudo o nome UEFA Euro 2020 e mantendo-se, a princípio, as doze cidades sedes.[3][4][5] O jogo de abertura ocorreu em 11 de junho, no Estádio Olímpico de Roma, enquanto a final aconteceu no dia 11 de julho no Estádio de Wembley de Londres.

Campeonato Europeu de Futebol de 2020
UEFA Euro 2020
Euro2020.png
Dados
Participantes 24
Organização UEFA
Anfitrião Europa (11 cidades de 11 países diferentes)
Período 11 de junho – 11 de julho de 2021
Gol(o)s 142
Partidas 51
Média 2,78 gol(o)s por partida
Campeão Itália (2° título)
Vice-campeão Inglaterra
3.º colocado Espanha
Dinamarca
Melhor marcador 5 gols:
Melhor ataque (fase inicial) Países Baixos – 8 gols
Melhor defesa (fase inicial) nenhum gol:
Maior goleada
(diferença)
Eslováquia 0–5 Espanha
Estádio de La CartujaSevilha
23 de junho de 2021, fase de grupos, 3ª rodada
Público 843 410
Média 19 168,4 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador Itália Gianluigi Donnarumma
Melhor goleiro Itália Gianluigi Donnarumma
Melhor jogador jovem Espanha Pedri
◄◄ França 2016 Soccerball.svg 2024 Alemanha ►►

Escolha de anfitriõesEditar

Enquanto alguns países já manifestavam interesse em sediar a competição,[6][7][8][9][10][11][12][13] em 30 de Junho de 2012, numa conferência de imprensa um dia antes da final do Euro de 2012, o então presidente da UEFA Michel Platini afirmou que esta edição do Euro seria disputada em cidades de diferentes países europeus, em comemoração ao aniversário de sessenta anos da competição.[1][2]

Em 6 de dezembro de 2012, a UEFA anunciou que a edição de 2020 seria realizada em diversas cidades da Europa, para marcar o sexagésimo aniversário do torneio.[14][15] A UEFA afirmou que esta decisão foi tomada também pela crise económica que afeta diversos países europeus, inviabilizando a realização do torneio em apenas um país.[16][17][18] Os críticos citaram o aumento do número de equipas como fator decisivo para esta decisão, já que um maior número de equipas faz com que tenha um maior número de partidas, consequentemente um maior gasto para o país-sede.[19]

SedesEditar

As cidades-sedes e seus respectivos estádios foram anunciados pela UEFA em 19 de setembro de 2014.[20] Bruxelas, capital da Bélgica, Bilbau, na Espanha, e Dublim, capital da Irlanda estavam entre as sedes, mas a primeira foi excluída em dezembro de 2017 devido a atrasos nas obras do Eurostadium, a segunda foi substituída por Sevilha e a terceira foi excluída devido à intransigência das autoridades em permitir a entrada de adeptos nos estádios.[21] Estas duas últimas mudanças foram anunciadas em 23 de abril de 2021. As quatro partidas que seriam realizadas em Bruxelas (três da fase de grupos e uma dos oitavos) foram transferidas para Londres. As partidas da fase de grupos que seriam realizadas em Dublin foram transferidas para São Petersburgo e a dos oitavos foi para Londres.

  Londres   Munique   Roma   Baku
Estádio de Wembley Allianz Arena Estádio Olímpico Estádio Olímpico
Capacidade: 90 000 Capacidade: 75 000 Capacidade: 72 698 Capacidade: 68 700
       
  São Petersburgo   Bucareste
Estádio Krestovsky Arena Națională
Capacidade: 68 134 Capacidade: 55 600
   
  Amesterdão   Copenhague
Johan Cruijff Arena Estádio Parken
Capacidade: 54 990 Capacidade: 38 065
   
  Sevilha   Budapeste   Glasgow
Estádio Olímpico La Cartuja Puskás Aréna Hampden Park
Capacidade: 57 619 Capacidade: 67 215 Capacidade: 52 063
     

Todas as cidades irão receber três partidas da fase de grupos, mais uma partida eliminatória; a excepção será Londres, que receberá também as finais.

As sedes foram divididas em seis pares, estabelecidas com base na força desportiva de cada uma (supondo que os anfitriões de cada sede avancem de fase), em considerações geográficas e restrições de segurança e política. Os pares foram alocados através de um sorteio em dezembro de 2017. Cada seleção de um país anfitrião jogará pelo menos duas partidas em casa. Os pares de grupos ficaram definidos:[22]

EliminatóriasEditar

Contrariamente ao que aconteceu nas edições anteriores, não há qualificação automática para as seleções anfitriãs. Todas as 55 seleções nacionais da UEFA, incluindo as 12 seleções de países que irão acolher partidas do Europeu, devem disputar as eliminatórias de acesso a um dos 24 lugares no torneio final.[23][24]

O sorteio da qualificação para o Euro 2020 da UEFA teve lugar a 2 de dezembro de 2018, no Centro de Convenções de Dublim, na República da Irlanda.[25]

O processo de qualificação começou em março de 2019. Apenas 20 das 24 vagas para o torneio da final serão decididas no processo de qualificação principal. Após a admissão do Kosovo na UEFA, em maio de 2016, foi anunciado que os 55 membros da época seriam sorteados em dez grupos após a conclusão da Liga das Nações da UEFA (cinco grupos de cinco equipas e cinco grupos de seis equipas, com os quatro participantes das Finais da Liga das Nações da UEFA colocados nos grupos de cinco equipas), qualificando-se as as duas melhores em cada grupo. As eliminatórias foram disputadas em jornadas duplas nos meses de março, junho, setembro, outubro e novembro de 2019.[26]

A primeira edição da Liga das Nações da UEFA, realizada na época 2018-2019,[27][26][28][29] proporciona às seleções vencedoras de cada grupo uma hipótese de qualificação para o Euro 2020. As quatro equipas de cada divisão, caso não se tenham conseguido qualificar para o Euro, podem disputar eliminatórias correspondente a cada divisão, a ocorrer em março de 2020. Os vencedores das eliminatórias de cada divisão, a serem decididos por duas semifinais "pontuais" (a equipa melhor classificada contra a quarta melhor e a segunda melhor contra a terceira, jogado em casa das equipas melhor classificadas) e uma final "one-off" (com o recinto sorteado antecipadamente entre os dois vencedores das meias-finais), vão juntar-se às 20 equipas já classificadas para as finais do Euro.[29]

Equipas qualificadasEditar

 
  Seleção qualificada
  A seleção não é membro
  A seleção não se qualificou

Em negrito estão as edições em que a seleção foi campeã em em itálico estão as edições em que a seleção foi anfitriã.

País Método de qualificação Data de qualificação Participações
  Bélgica Grupo I (campeã) 0110 de outubro de 2019 05 (1972, 1980, 1984, 2000, 2016)
  Itália Grupo J (campeã) 0112 de outubro de 2019 09 (1968, 1980, 1988, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
  Rússia[a][b] Grupo I (vice-campeã) 0113 de outubro de 2019 11 (1960, 1964, 1968, 1972, 1988, 1992, 1996, 2004, 2008, 2012, 2016)
  Polónia Grupo G (campeã) 13 de outubro de 2019 03 (2008, 2012, 2016)
  Ucrânia Grupo B (campeã) 0114 de outubro de 2019 02 (2012, 2016)
  Espanha Grupo F (campeã) 0115 de outubro de 2019 10 (1964, 1980, 1984, 1988, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
  Turquia Grupo H (vice-campeã) 14 de novembro de 2019 04 (1996, 2000, 2008, 2016)
  França Grupo H (campeã) 14 de novembro de 2019 09 (1960, 1984, 1992, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
  Inglaterra Grupo A (campeã) 14 de novembro de 2019 09 (1968, 1980, 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2012, 2016)
  Chéquia[c] Grupo A (vice-campeã) 14 de novembro de 2019 09 (1960, 1976, 1980, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
  Finlândia Grupo J (vice-campeã) 0115 de novembro de 2019 Estreante
  Suécia Grupo F (vice-campeã) 15 de novembro de 2019 06 (1992, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
  Alemanha[d] Grupo C (campeã) 0116 de novembro de 2019 12 (1972, 1976, 1980, 1984, 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
  Países Baixos Grupo C (vice-campeã) 16 de novembro de 2019 09 (1976, 1980, 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012)
  Croácia Grupo E (campeã) 16 de novembro de 2019 05 (1996, 2004, 2008, 2012, 2016)
  Áustria Grupo G (vice-campeã) 16 de novembro de 2019 02 (2008, 2016)
  Portugal Grupo B (vice-campeã) 0117 de novembro de 2019 07 (1984, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012, 2016)
  Suíça Grupo D (campeã) 0118 de novembro de 2019 04 (1996, 2004, 2008, 2016)
  Dinamarca Grupo D (vice-campeã) 18 de novembro de 2019 08 (1964, 1984, 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2012)
  País de Gales Grupo E (vice-campeã) 0119 de novembro de 2019 01 (2016)
  Macedônia do Norte Vencedor do Caminho D do Play-off 0112 de novembro de 2020 Estreante
  Hungria Vencedor do Caminho A do Play-off 12 de novembro de 2020 03 (1964, 1972, 2016)
  Eslováquia Vencedor do Caminho B do Play-off 12 de novembro de 2020 01 (2016)
  Escócia Vencedor do Caminho C do Play-off 12 de novembro de 2020 02 (1992, 1996)
Notas
  • [a]: A Rússia competiu no período de 1960–92 como URSS.
  • [b] A Rússia está sendo investigada pela WADA e pode ser banida do esporte (e sucessivamente da Euro) por quatro anos, devido a questões anti-doping, porém, é possível que São Petersburgo ainda receba o Torneio[30]
  • [c]: A República Checa competiu no período de 1960-80 como Checoslováquia.
  • [d]: A Alemanha competiu no período de 1972-88 como Alemanha Ocidental.

SorteioEditar

O sorteio[31][32] da fase final do final será realizado na ROMEXPO em Bucareste, no sábado, 30 de Novembro, e começa às 17h00 (de Portugal Continental).

No sorteio estarão os dois primeiros classificados de cada um dos dez grupos das eliminatórias (concluídos em novembro) e as quatro equipas vencedoras do “play-off” (identificadas no sorteio como vencedoras do “play-off” 1 a 4). As 24 equipas qualificadas serão divididas em quatro potes de seis. Os países anfitriões qualificados serão pré-colocados aos pares nos mesmos grupos. Quaisquer outras restrições e ordenamentos das equipas serão confirmados antes do sorteio.

As equipas serão divididas nos potes com base no ordenamento das campanhas das eliminatórias, excluindo-se da apuração os resultados oriundos de confrontos contra as equipas que ficaram na sexta colocação de cada grupo, para equipas qualificadas em grupos com seis seleções. Os critérios são dispostos na seguinte forma de precedência:

  1. Posição no grupo;
  2. Maior número de pontos;
  3. Maior saldo de golos;
  4. Maior número de golos marcados;
  5. Maior número de golos marcados fora de casa;
  6. Maior número de vitórias;
  7. Maior número de vitórias fora de casa;
  8. Melhor fair-play (-1 ponto para um único cartão amarelo, -3 pontos para um cartão vermelho como consequência de dois cartões amarelos, -3 pontos para um cartão vermelho direto, -4 pontos para um cartão amarelo seguido de um cartão vermelho direto);
  9. Posição no ranking geral da Liga das Nações da UEFA .

Os vencedores do "play-off" estarão todos no quarto pote.

Os países anfitriões que se qualificarem (diretamente ou através do "play-off") serão colocados automaticamente nos seguintes grupos de forma a garantir que disputem em casa, pelo menos, dois jogos da fase de grupos:

  • Grupo A: Azerbaijão e Itália
  • Grupo B: Dinamarca e Rússia
  • Grupo C: Países Baixos e Romênia
  • Grupo D: Escócia e Inglaterra
  • Grupo E: Espanha e Irlanda
  • Grupo F: Alemanha e Hungria

Se os dois países emparelhados se qualificarem, será realizado um sorteio para determinar qual deles jogará em casa no confronto direto.

Sorteio final
Pote 1 Pote 2 Pote 3 Pote 4

ElencosEditar

Para diminuir a carga de jogadores devido à pandemia de COVID-19, o tamanho do plantel foi aumentado de 23 (usado em todos os Campeonatos da Europa desde 2004) para 26. No entanto, o número máximo de jogadores permitido na folha de jogo para cada jogo do torneio permanecerá 23.[33] O time de cada nação, que deve incluir três guarda-redes, deve ser apresentado pelo menos dez dias antes da partida de abertura do torneio (até 1 de junho de 2021). Se um jogador se machucar ou ficar doente o suficiente para impedir sua participação no torneio antes do primeiro jogo da sua equipa, ele pode ser substituído por outro jogador.[34] No entanto, os guarda-redes ainda podem ser substituídos após o primeiro jogo da sua equipa devido a incapacidade física.[33]

Oficiais da partidaEditar

Em 27 de setembro de 2018, o Comité Executivo da UEFA aprovou a utilização do sistema de árbitro assistente de vídeo (VAR) pela primeira vez no Campeonato da Europa.[35] Em 12 de fevereiro de 2020, a UEFA e a CONMEBOL assinaram um memorando de entendimento para melhorar a colaboração, incluindo a possibilidade de uma equipa de árbitros sul-americanos nomeados para a fase de grupos do torneio.[36]

Em 21 de abril de 2021, a UEFA anunciou as 19 equipas de arbitragem para o torneio.[37] Isso inclui o árbitro argentino Fernando Rapallini e seus assistentes, que são os primeiros dirigentes sul-americanos a serem selecionados para o Campeonato Europeu como parte do programa de intercâmbio de árbitros da UEFA com a CONMEBOL. Um grupo de dirigentes espanhóis foi selecionado de forma semelhante para a Copa América de 2021.[38]

Equipas de arbitragem
País Juiz Árbitros assistentes
  Alemanha Felix Brych Mark Borsch
Stefan Lupp
  Turquia Cüneyt Çakır Bahattin Duran
Tarık Ongun
  Espanha Carlos del Cerro Grande Juan Carlos Yuste Jiménez
Roberto Alonso Fernández
  Suécia Andreas Ekberg Mehmet Culum
Stefan Hallberg
  Israel Orel Grinfeld Roy Hassan
Idan Yarkoni
  Roménia Ovidiu Hațegan Sebastian Gheorghe
Radu Ghinguleac
  Rússia Sergei Karasev Igor Demeshko
Maksim Gavrilin
  Roménia István Kovács Vasile Marinescu
Ovidiu Artene
  Países Baixos Björn Kuipers Sander van Roekel
Erwin Zeinstra
Danny Makkelie Hessel Steegstra
Jan de Vries
  Espanha Antonio Mateu Lahoz Pau Cebrián Devís
Roberto Díaz Pérez del Palomar
  Inglaterra Michael Oliver Stuart Burt
Simon Bennett
  Itália Daniele Orsato Alessandro Giallatini
Fabiano Preti
  Argentina Fernando Rapallini Juan Pablo Belatti
Diego Bonfá
  Alemanha Daniel Siebert Jan Seidel
Rafael Foltyn
  Portugal Artur Soares Dias Rui Tavares
Paulo Soares
  Inglaterra Anthony Taylor Gary Beswick
Adam Nunn
  França Clément Turpin Nicolas Danos
Cyril Gringore
  Eslovênia Slavko Vinčić Tomaž Klančnik
Andraž Kovačič

Além disso, a UEFA anunciou 22 árbitros de vídeo e 12 árbitros de apoio (que atuam como quarto árbitro ou árbitro assistente reserva).[37] Isso inclui a árbitra de suporte Stéphanie Frappart , a primeira oficial feminina em um torneio do Campeonato Europeu.[38]

Fase de gruposEditar

As seleções qualificadas nas eliminatórias serão divididas em seis grupos (A a F), nos quais as quatro seleções de cada grupo se enfrentarão em apenas um jogo. As duas equipas melhor classificadas de cada grupo se qualificarão para as fases finais, com quatro das seis equipas classificadas em terceiro lugar qualificadas por melhor desempenho.

Equipes classificadas
Equipes classificadas (4 melhores)
Equipes eliminadas

Grupo AEditar

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1   Itália 9 3 3 0 0 7 0 +7
2   País de Gales 4 3 1 1 1 3 2 +1
3   Suíça 4 3 1 1 1 4 5 –1
4   Turquia 0 3 0 0 3 1 8 –7
11 de junho de 2021 Turquia   0 – 3   Itália Estádio Olímpico, Roma
21:00 (UTC+2)
Relatório Demiral   53' (g.c.)
Immobile   66'
Insigne   79'
Público: 12 916
Árbitro:  NED Danny Makkelie
12 de junho de 2021 País de Gales   1 – 1   Suíça Estádio Olímpico, Baku
17:00 (UTC+4)
Moore   74' Relatório Embolo   49' Público: 8 782
Árbitro:  FRA Clément Turpin

16 de junho de 2021 Turquia   0 – 2   País de Gales Estádio Olímpico, Baku
20:00 (UTC+4)
Relatório Ramsey   42'
Roberts   90+5'
Público: 19 762
Árbitro:  POR Artur Soares Dias
16 de junho de 2021 Itália   3 – 0   Suíça Estádio Olímpico, Roma
21:00 (UTC+2)
Locatelli   26',   52'
Immobile   89'
Relatório Público: 12 445
Árbitro:  RUS Sergei Karasev

20 de junho de 2021 Suíça   3 – 1   Turquia Estádio Olímpico, Baku
20:00 (UTC+4)
Seferović   6'
Shaqiri   26',   68'
Relatório Kahveci   62' Público: 17 138
Árbitro:  SVN Slavko Vinčić
20 de junho de 2021 Itália   1 – 0   País de Gales Estádio Olímpico, Roma
18:00 (UTC+2)
Pessina   39' Relatório Público: 11 541
Árbitro:  ROU Ovidiu Hațegan

Grupo BEditar

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1   Bélgica 9 3 3 0 0 7 1 +6
2   Dinamarca 3 3 1 0 2 5 4 +1
3   Finlândia 3 3 1 0 2 1 3 –2
4   Rússia 3 3 1 0 2 2 7 –5
12 de junho de 2021 Dinamarca   0 – 1   Finlândia Estádio Parken, Copenhaga
18:00 (UTC+2)
Relatório Pohjanpalo   60' Público: 15 200
Árbitro:  ENG Anthony Taylor
12 de junho de 2021 Bélgica   3 – 0   Rússia Estádio Krestovsky, São Petersburgo
22:00 (UTC+3)
Lukaku   10',   88'
Meunier   34'
Relatório Público: 26 264
Árbitro:  ESP Antonio Mateu Lahoz

16 de junho de 2021 Finlândia   0 – 1   Rússia Estádio Krestovsky, São Petersburgo
16:00 (UTC+3)
Relatório Miranchuk   45+2' Público: 24 540
Árbitro:  NED Danny Makkelie
17 de junho de 2021 Dinamarca   1 – 2   Bélgica Estádio Parken, Copenhaga
18:00 (UTC+2)
Poulsen   2' Relatório T. Hazard   55'
De Bruyne   70'
Público: 23 395
Árbitro:  NED Björn Kuipers

21 de junho de 2021 Rússia   1 – 4   Dinamarca Estádio Parken, Copenhaga
21:00 (UTC+2)
Dzyuba   70' (pen) Relatório Damsgaard   38'
Poulsen   59'
Christensen   79'
Mæhle   82'
Público: 23 644
Árbitro:  FRA Clément Turpin
21 de junho de 2021 Finlândia   0 – 2   Bélgica Estádio Krestovsky, São Petersburgo
22:00 (UTC+3)
Relatório Hrádecký   74' (g.c.)
Lukaku   81'
Público: 18 545
Árbitro:  GER Felix Brych

Grupo CEditar

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1   Países Baixos 9 3 3 0 0 8 2 +6
2   Áustria 6 3 2 0 1 4 3 +1
3   Ucrânia 3 3 1 0 2 4 5 –1
4   Macedônia do Norte 0 3 0 0 3 2 8 –6
13 de junho de 2021 Áustria   3 – 1   Macedônia do Norte Arena Națională, Bucareste
19:00 (UTC+3)
Lainer   18'
Gregoritsch   78'
Arnautović   89'
Relatório Pandev   28' Público: 9 082
Árbitro:  SWE Andreas Ekberg
13 de junho de 2021 Países Baixos   3 – 2   Ucrânia Johan Cruijff Arena, Amesterdão
21:00 (UTC+2)
Wijnaldum   52'
Weghorst   59'
Dumfries   85'
Relatório Yarmolenko   75'
Yaremchuk   79'
Público: 15 837
Árbitro:  GER Felix Brych

17 de junho de 2021 Ucrânia   2 – 1   Macedônia do Norte Arena Națională, Bucareste
16:00 (UTC+3)
Yarmolenko   29'
Yaremchuk   34'
Relatório Alioski   57' Público: 10 001
Árbitro:  ARG Fernando Rapallini
17 de junho de 2021 Países Baixos   2 – 0   Áustria Johan Cruijff Arena, Amesterdão
21:00 (UTC+2)
Depay   11' (pen)
Dumfries   67'
Relatório Público: 15 243
Árbitro:  ISR Orel Grinfeld

21 de junho de 2021 Macedônia do Norte   0 – 3   Países Baixos Johan Cruijff Arena, Amesterdão
18:00 (UTC+2)
Relatório Depay   24'
Wijnaldum   51',   58'
Público: 15 227
Árbitro:  ROU István Kovács
21 de junho de 2021 Ucrânia   0 – 1   Áustria Arena Națională, Bucareste
19:00 (UTC+3)
Relatório Baumgartner   21' Público: 10 472
Árbitro:  TUR Cüneyt Çakır

Grupo DEditar

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1   Inglaterra 7 3 2 1 0 2 0 +2
2   Croácia 4 3 1 1 1 4 3 +1
3   Chéquia 4 3 1 1 1 3 2 +1
4   Escócia 1 3 0 1 2 1 5 –4
13 de junho de 2021 Inglaterra   1 – 0   Croácia Estádio de Wembley, Londres
14:00 (UTC+1)
Sterling   57' Relatório Público: 18 497
Árbitro:  ITA Daniele Orsato
14 de junho de 2021 Escócia   0 – 2   Chéquia Hampden Park, Glasgow
14:00 (UTC+1)
Relatório Schick   42',   52' Público: 9 847
Árbitro:  GER Daniel Siebert

18 de junho de 2021 Croácia   1 – 1   Chéquia Hampden Park, Glasgow
17:00 (UTC+1)
Perišić   47' Relatório Schick   37' (pen) Público: 5 607
Árbitro:  ESP Carlos del Cerro Grande
18 de junho de 2021 Inglaterra   0 – 0   Escócia Estádio de Wembley, Londres
20:00 (UTC+1)
Relatório Público: 20 306
Árbitro:  ESP Antonio Mateu Lahoz

22 de junho de 2021 Croácia   3 – 1   Escócia Hampden Park, Glasgow
20:00 (UTC+1)
Vlašić   17'
Modrić   62'
Perišić   77'
Relatório McGregor   42' Público: 9 896
Árbitro:  ARG Fernando Rapallini
22 de junho de 2021 Chéquia   0 – 1   Inglaterra Estádio de Wembley, Londres
20:00 (UTC+1)
Relatório Sterling   57' Público: 19 104
Árbitro:  POR Artur Soares Dias

Grupo EEditar

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1   Suécia 7 3 2 1 0 4 2 +2
2   Espanha 5 3 1 2 0 6 1 +5
3   Eslováquia 3 3 1 0 2 2 7 –5
4   Polónia 1 3 0 1 2 4 6 –2
14 de junho de 2021 Polónia   1 – 2   Eslováquia Estádio Krestovsky, São Petersburgo
17:00 (UTC+1)
Linetty   46' Relatório Szczęsny   18' (g.c.)
Škriniar   69'
Público: 12 862
Árbitro:  ROU Ovidiu Hațegan
14 de junho de 2021 Espanha   0 – 0   Suécia Estádio de La Cartuja, Sevilha
21:00 (UTC+2)
Relatório Público: 10 559
Árbitro:  SVN Slavko Vinčić

18 de junho de 2021 Suécia   1 – 0   Eslováquia Estádio Krestovsky, São Petersburgo
14:00 (UTC+1)
Forsberg   77' (pen) Relatório Público: 11 525
Árbitro:  GER Daniel Siebert
19 de junho de 2021 Espanha   1 – 1   Polónia Estádio de La Cartuja, Sevilha
21:00 (UTC+2)
Morata   25' Relatório Lewandowski   54' Público: 11 742
Árbitro:  ITA Daniele Orsato

23 de junho de 2021 Eslováquia   0 – 5   Espanha Estádio de La Cartuja, Sevilha
18:00 (UTC+2)
Relatório Dúbravka   30' (g.c.)
Laporte   45+3'
Sarabia   56'
F. Torres   67'
Kucka   71' (g.c.)
Público: 11 204
Árbitro:  NED Björn Kuipers
23 de junho de 2021 Suécia   3 – 2   Polónia Estádio Krestovsky, São Petersburgo
17:00 (UTC+1)
Forsberg   2',   59'
Claesson   90+4'
Relatório Lewandowski   61',   84' Público: 14 252
Árbitro:  ENG Michael Oliver

Grupo FEditar

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG
1   França 5 3 1 2 0 4 3 +1
2   Alemanha 4 3 1 1 1 6 5 +1
3   Portugal 4 3 1 1 1 7 6 +1
4   Hungria 2 3 0 2 1 3 6 –3
15 de junho de 2021 Hungria   0 – 3   Portugal Puskás Aréna, Budapeste
18:00 (UTC+2)
Relatório Guerreiro   84'
Ronaldo   87' (pen),   90+2'
Público: 55 662
Árbitro:  TUR Cüneyt Çakır
15 de junho de 2021 França   1 – 0   Alemanha Allianz Arena, Munique
21:00 (UTC+2)
Hummels   20' (g.c.) Relatório Público: 13 000
Árbitro:  ESP Carlos del Cerro Grande

19 de junho de 2021 Hungria   1 – 1   França Puskás Aréna, Budapeste
15:00 (UTC+2)
Fiola   45+2' Relatório Griezmann   66' Público: 55 998
Árbitro:  ENG Michael Oliver
19 de junho de 2021 Portugal   2 – 4   Alemanha Allianz Arena, Munique
18:00 (UTC+2)
Ronaldo   15'
Diogo Jota   67'
Relatório Rúben Dias   35' (g.c.)
Guerreiro   39' (g.c.)
Havertz   51'
Gosens   60'
Público: 12 926
Árbitro:  ENG Anthony Taylor

23 de junho de 2021 Portugal   2 – 2   França Puskás Aréna, Budapeste
21:00 (UTC+2)
Ronaldo   30' (pen),   60' (pen) Relatório Benzema   45+2' (pen),   47' Público: 54 886
Árbitro:  ESP Antonio Mateu Lahoz
23 de junho de 2021 Alemanha   2 – 2   Hungria Allianz Arena, Munique
21:00 (UTC+2)
Havertz   66'
Goretzka   84'
Relatório Szalai   11'
Schäfer   68'
Público: 12 413
Árbitro:  RUS Sergei Karasev

Índice técnico de terceiros colocadosEditar

Pos. Seleção Pts J V E D GP GC SG Gr.
1   Portugal 4 3 1 1 1 7 6 +1 F
2   Chéquia 4 3 1 1 1 3 2 +1 D
3   Suíça 4 3 1 1 1 4 5 –1 A
4   Ucrânia 3 3 1 0 2 4 5 –1 C
5   Finlândia 3 3 1 0 2 1 3 –2 B
6   Eslováquia 3 3 1 0 2 2 7 –5 E

Regras da UEFA para classificação: 1) Pontos; 2) saldo de gols; 3) gols marcados; 4) vitórias; 5) conduta de jogo limpo; 6) Classificação geral dos Qualificadores Europeus.

Fase eliminatóriaEditar

Esquema da fase eliminatóriaEditar

 
Oitavos-de-finalQuartos-de-finalSemifinaisFinal
 
              
 
27 de Junho – Sevilha
 
 
  Bélgica1
 
2 de Julho – Munique
 
  Portugal0
 
  Bélgica1
 
26 de Junho – Londres
 
  Itália2
 
  Itália (pro) 2
 
6 de Julho – Londres
 
  Áustria1
 
  Itália (pen) 1 (4)
 
28 de Junho – Bucareste
 
  Espanha1 (2)
 
  França 3 (4)
 
2 de Julho – São Petersburgo
 
  Suíça (pen) 3 (5)
 
  Suíça1 (1)
 
28 de Junho – Copenhagen
 
  Espanha (pen) 1 (3)
 
  Croácia3
 
11 de Julho – Londres
 
  Espanha (pro)5
 
  Itália (pen) 1 (3)
 
29 de Junho – Glasgow
 
  Inglaterra1 (2)
 
  Suécia1
 
3 de Julho – Roma
 
  Ucrânia (pro) 2
 
  Ucrânia0
 
29 de Junho – Londres
 
  Inglaterra4
 
  Inglaterra2
 
7 de Julho – Londres
 
  Alemanha0
 
  Inglaterra (pro) 2
 
27 de Junho – Budapeste
 
  Dinamarca1
 
  Países Baixos0
 
3 de Julho – Baku
 
  Chéquia2
 
  Chéquia1
 
26 de Junho – Amesterdão
 
  Dinamarca2
 
  País de Gales0
 
 
  Dinamarca4
 


Oitavas de finalEditar

26 de junho de 2021 País de Gales   0 – 4   Dinamarca Johan Cruijff Arena, Amesterdão
18:00
Relatório Dolberg   27',   48'
Mæhle   88'
Braithwaite   90+4'
Público: 14 645
Árbitro:  GER Daniel Siebert

26 de junho de 2021 Itália   2 – 1 (pro)   Áustria Estádio de Wembley, Londres
21:00
Chiesa   95'
Pessina   105'
Relatório Kalajdžić   114' Público: 18 910
Árbitro:  ENG Anthony Taylor

27 de junho de 2021 Países Baixos   0 – 2   Chéquia Puskás Aréna, Budapeste
18:00
Relatório Holeš   68'
Schick   80'
Público: 52 834
Árbitro:  RUS Sergei Karasev

27 de junho de 2021 Bélgica   1 – 0   Portugal Estádio de La Cartuja, Sevilha
21:00
T. Hazard   42' Relatório Público: 11 504
Árbitro:  GER Felix Brych

28 de junho de 2021 Croácia   3 – 5 (pro)   Espanha Estádio Parken, Copenhagen
18:00
Pedri   20' (g.c.)
Oršić   85'
Pašalić   90+2'
Relatório Sarabia   38'
Azpilicueta   57'
Ferran Torres   77'
Morata   100'
Oyarzabal   103'
Público: 22 771
Árbitro:  TUR Cüneyt Çakır

28 de junho de 2021 França   3 – 3 (pro)   Suíça Arena Națională, Bucareste
21:00
Benzema   57',   59'
Pogba   75'
Relatório Seferović   15',   81'
Gavranović   90'
Público: 22 642
Árbitro:  ARG Fernando Rapallini
    Penalidades  
Pogba  
Giroud  
Thuram  
Kimpembe  
Mbappé  
4 – 5   Gavranović
  Schär
  Akanji
  Vargas
  Mehmedi
 

29 de junho de 2021 Inglaterra   2 – 0   Alemanha Estádio de Wembley, Londres
18:00
Sterling   75'
Kane   86'
Relatório Público: 41 973
Árbitro:  NED Danny Makkelie

29 de junho de 2021 Suécia   1 – 2 (pro)   Ucrânia Hampden Park, Glasgow
21:00
Forsberg   43' Relatório Zinchenko   27'
Dovbyk   120+1'
Público: 9 221
Árbitro:  ITA Daniele Orsato

Quartas de finalEditar

2 de julho de 2021 Suíça   1 – 1 (pro)   Espanha Estádio Krestovsky, São Petersburgo
18:00
Shaqiri   68' Relatório Zakaria   8' (g.c.) Público: 24 764
Árbitro:  ENG Michael Oliver
    Penalidades  
Gavranović  
Schär  
Akanji  
Vargas  
1 – 3   Busquets
  Olmo
  Rodri
  Moreno
  Oyarzabal
 

2 de julho de 2021 Bélgica   1 – 2   Itália Allianz Arena, Munique
21:00
Lukaku   45+2' (pen) Relatório Barella   31'
Insigne   44'
Público: 12 984
Árbitro:  SVN Slavko Vinčić

3 de julho de 2021 Chéquia   1 – 2   Dinamarca Estádio Olímpico, Baku
18:00
Schick   49' Relatório Delaney   5'
Dolberg   42'
Público: 16 306
Árbitro:  NED Björn Kuipers

3 de julho de 2021 Ucrânia   0 – 4   Inglaterra Estádio Olímpico, Roma
21:00
Relatório Kane   4',   50'
Maguire   46'
Henderson   63'
Público: 11 880
Árbitro:  GER Felix Brych

SemifinaisEditar

6 de julho de 2021 Itália   1 – 1 (pro)   Espanha Estádio de Wembley, Londres
21:00
Chiesa   60' Relatório Morata   80' Público: 57 811
Árbitro:  GER Felix Brych
    Penalidades  
Locatelli  
Belotti  
Bonucci  
Bernardeschi  
Jorginho  
4 – 2   Olmo
  Moreno
  Thiago Alcântara
  Morata
 

7 de julho de 2021 Inglaterra   2 – 1 (pro)   Dinamarca Estádio de Wembley, Londres
21:00
Kjær   39' (g.c.)
Kane   104'
Relatório Damsgaard   30' Público: 64 950
Árbitro:  NED Danny Makkelie

FinalEditar

11 de julho de 2021 Itália   1 – 1 (pro)   Inglaterra Estádio de Wembley, Londres
16:00
Bonucci   67' Relatório Shaw   2' Público: 67 173
Árbitro:  NED Björn Kuipers
    Penalidades  
Berardi  
Belotti  
Bonucci  
Bernardeschi  
Jorginho  
3 – 2   Kane
  Maguire
  Rashford
  Sancho
  Saka
 

EstatísticasEditar

Atualizado até 11 de julho de 2021

Melhores marcadoresEditar

5 gols (2)


4 gols (4)


3 gols (6)



1 gol (50)


Golos contra (Auto-golos) (11)

AssistênciasEditar

4 Assistências (1)
3 Assistências (1)
2 Assistências (22)
1 Assistência (53)

Folhas limpas[39]Editar

5 Folhas limpas
3 Folhas limpas
2 Folhas limpas
1 Folha limpa

Classificação finalEditar

A classificação final é determinada através da fase em que a seleção alcançou e a sua pontuação, levando em conta os critérios de desempate e os resultados dos jogos. Para estatísticas, partidas decididas na prorrogação são contadas como vitória ou derrota e partidas decididas em disputa por pênaltis são contadas como empate.

 
Classificação final das seleções no torneio.
Pos. Seleção Gr Pts J V E D GP GC SG
Final
1   Itália A 17 7 5 2 0 13 4 +9
2   Inglaterra D 17 7 5 2 0 11 2 +9
Eliminados nas semifinais
3   Espanha E 10 6 2 4 0 13 6 +7
4   Dinamarca B 9 6 3 0 3 12 7 +5
Eliminados nas quartas-de-final
5   Bélgica B 12 5 4 0 1 9 3 +6
6   Chéquia D 7 5 2 1 2 6 4 +2
7   Suíça A 6 5 1 3 1 8 9 –1
8   Ucrânia C 6 5 2 0 3 6 10 –4
Eliminados nas oitavas-de-final
9   Países Baixos C 9 4 3 0 1 8 4 +4
10   Suécia E 7 4 2 1 1 5 4 +1
11   França F 6 4 1 3 0 7 6 +1
12   Áustria C 6 4 2 0 2 5 5 0
13   Portugal F 4 4 1 1 2 7 7 0
14   Croácia D 4 4 1 1 2 7 8 –1
15   Alemanha F 4 4 1 1 2 6 7 –1
16   País de Gales A 4 4 1 1 2 3 6 –3
Eliminados na fase de grupos
17   Finlândia B 3 3 1 0 2 1 3 –2
18   Eslováquia E 3 3 1 0 2 2 7 –5
19   Rússia B 3 3 1 0 2 2 7 –5
20   Hungria F 2 3 0 2 1 3 6 –3
21   Polónia E 1 3 0 1 2 4 6 –2
22   Escócia D 1 3 0 1 2 1 5 –4
23   Macedônia do Norte C 0 3 0 0 3 2 8 –6
24   Turquia A 0 3 0 0 3 1 8 –7

MarketingEditar

MascoteEditar

O mascote oficial do torneio, Skillzy, foi anunciado oficialmente no dia 24 de março de 2019.[carece de fontes?]

Canção oficialEditar

Em 19 de outubro de 2019, o DJ e produtor musical holandês, Martin Garrix, foi anunciado como o artista musical oficial do torneio.[40] A canção reproduz a música oficial do torneio, bem como a música de paralisação que antecede os jogos e a música transmitida pela televisão, sendo executada pela primeira vez durante a cerimônia de abertura no Estádio Olímpico de Roma.[41] A canção oficial, "We Are the People", foi lançada oficialmente em 14 de maio de 2021 e apresenta a participação de Bono e The Edge, integrantes da banda de rock irlandesa, U2.[42]

PatrocinadoresEditar

Os patrocinadores da UEFA Euro 2020 são: Alipay, Booking Holdings, FedEx, Hisense, SOCAR, Volkswagen, Coca-Cola, Heineken e Just Eat Takeaway.[carece de fontes?]

UEFA Euro no PES 2020Editar

A produtora de jogos KONAMI comprou os direitos da UEFA Euro 2020 e a competição irá aparecer na franquia Pro Evolution Soccer por meio de uma atualização grátis.[carece de fontes?]

Transmissão televisivaEditar

Em PortugalEditar

O torneio teve transmissão em Portugal no canal pago Sport TV, após este ter adquirido os direitos de transmissão de todos os jogos para todas a plataformas, incluindo TV em sinal aberto através de acordo celebrado com a TVI.[43] Os canais em aberto tentaram negociar um pacote de jogos para sinal aberto, mas foi a TVI a chegar a acordo e a garantir os direitos de transmissão.[44]

No entanto, como o torneio foi adiado e não realizado, a TVI perdeu os direitos de transmissão.[45]

Sendo assim, a UEFA lançou em 2021, um novo concurso para a transmissão em canal aberto.[carece de fontes?]

A RTP a SIC e a TVI anunciaram que chegaram a acordo com a Sport TV para a compra dos direitos televisivos do EURO 2020 sendo que partilharam os respetivos direitos.[carece de fontes?]

A RTP transmitiu 8 jogos no total, 4 da fase de grupos (incluído o jogo Portugal x França) , mais um dos oitavos, um dos quartos, uma das meias finais e a grande final.[carece de fontes?]

A SIC transmitiu 5 jogos no total, 2 da fase de grupos (incluído o jogo Portugal X Hungria), mais 2 jogos dos oitavos de final e um dos quartos de final.[carece de fontes?]

A TVI transmitiu 12 jogos no total, 8 jogos da fase de grupos ( incluindo o jogo de abertura mais o jogo Portugal X Alemanha),2 jogos dos oitavos, um dos quartos e uma das meias finais.[carece de fontes?]

Ao todo as 3 estações generalistas adquiriram à Sport TV 25 dos 51 jogos do EURO 2020 mais resumos que puderam ser acompanhados na RTP3, TVI 24 e SIC Notícias.[carece de fontes?]

No BrasilEditar

No Brasil o torneio é transmitido nos canais pertencentes ao Grupo Globo.[46]

Nos PALOPEditar

Nos PALOP o torneio é transmissão dos operadores SuperSport e StarTimes.[47][48]

Em MacauEditar

O torneio é transmitido em Macau pela TDM.[49]

VoluntáriosEditar

A fase de candidatura foi lançada no início do verão de 2019 nos 12 palcos do Euro 2020.[50]

Notas

  1. a b Gianluigi Donnarumma foi substituído por Salvatore Sirigu aos 89 minutos da vitória por 1-0 no Grupo A contra a País de Gales. Ambos os guarda-redes foram creditados pela UEFA com uma ficha limpa.[39]

Referências

  1. a b Samuel, Martin (24 de maio de 2013). «Martin Samuel meets Michel Platini - read the FULL transcript from Sportsmail's exclusive interview with UEFA's president». Daily Mail. Consultado em 25 de Maio de 2013 
  2. a b «Michel Platini says Euro 2021 could be spread across continent». BBC Sport. British Broadcasting Corporation. 30 de Junho de 2012. Consultado em 30 de Junho de 2012 
  3. «UEFA adia Campeonato da Europa para 2021 devido à pandemia». 17 de março de 2020 
  4. «Uefa adia disputa da Euro-2020 para 2021» 
  5. SAPO. «Oficial: Campeonato da Europa adiado para o verão de 2021» 
  6. «TFF Başkanı'ndan Açıklama» [TFF President Announcement]. Turkish Football Federation (em turco). 17 de Abril de 2012 
  7. «Scotland and Wales FAs may look to Ireland to aid Euro 2020 bid». RTÉ Sport. RTÉ. 15 de Maio de 2012 
  8. «Haalt België Euro 2020 of WK -20 binnen?» [Can Belgium host Euro 2020 or the U-20 World Cup]. belgiumsoccer.be (em alemão). 12 de Abril de 2010. Consultado em 5 de Janeiro de 2012 
  9. «Drei Länder für eine Fußball-EM» [Three countries for one European Championship]. dw.de. Deutsche Welle (em alemão). 8 de Julho de 2010 
  10. «Bulgaria confirma: vrea sa organizeze EURO 2020 impreuna cu Romania» [Bulgaria confirms: it wants to host Euro 2020 with Romania]. HotNews.ro (em romeno). 19 de Novembro de 2007 
  11. «Niersbach: EM-Bewerbung wäre "reizvoll"» [Niersbach: Euro hosting would be "attractive"]. FIFA.com. FIFA (em alemão). 4 de Março de 2012 
  12. «România şi Ungaria vor să organizeze Euro 2020 sau 2024» [Romania and Hungary will host Euro 2020 or 2024]. România Liberă. (em romeno). 28 de Setembro de 2010 
  13. «KNVB richt zich nu op binnenhalen EK 2020» [KNVB now focusing on winning Euro 2020]. NU.nl (em alemão). 10 de Março de 2011 
  14. «A EURO for Europe». UEFA.org. UEFA. 6 de Dezembro de 2012 
  15. «European Championship: Uefa to hold 2020 finals across continent». BBC Sport. 6 de Dezembro de 2012. Consultado em 7 de Dezembro de 2012 
  16. «'EURO for Europe' means shared opportunity». UEFA.org. 6 de Dezembro de 2012 
  17. «Euro 2020 to be hosted across Europe, Uefa announces». The Guardian. 6 de Dezembro de 2012. Consultado em 7 de Dezembro de 2012 
  18. «Euro 2020: Michel Platini's plan polarises opinion». BBC Sport. 7 de Dezembro de 2012. Consultado em 7 de Dezembro de 2012 
  19. «Michel Platini's Euro 2020 roadshow may be coming to a city near you». The Guardian. 6 de Dezembro de 2012. Consultado em 7 de Dezembro de 2012 
  20. «Wembley to stage UEFA EURO 2020 final». UEFA.com. 19 de Setembro de 2014 
  21. «Sevilha substitui Bilbau e São Petersburgo vai receber mais jogos (Euro - 2020)». A Bola. Consultado em 25 de maio de 2021 
  22. UEFA.com. «Sorteio da fase final do UEFA EURO 2020: tudo o que precisa saber». UEFA.com. Consultado em 19 de novembro de 2019 
  23. «UEFA Euro 2020 Tournament Requirements» (PDF). UEFA.com 
  24. «Bids for Euro 2020 due today; tournament to be held all across Europe». NBC Sports. 12 de setembro de 2013 
  25. «Dublin to stage European Qualifiers draw on 2 December 2018». UEFA.com. 28 de setembro de 2017 
  26. a b «UEFA Nations League: all you need to know». UEFA.com. 27 de março de 2014 
  27. «UEFA Nations League receives associations' green light». UEFA. 27 de março de 2014 
  28. «UEFA Nations League/UEFA EURO 2020 qualifying» (PDF). UEFA.com 
  29. a b «UEFA Nations League format and schedule confirmed». UEFA. 4 de dezembro de 2014 
  30. «Wada exclui Rússia de Olimpíadas e Mundiais durante quatro anos». GloboEsporte.com. 9 de dezembro de 2019 
  31. «Sorteio da fase final do UEFA EURO 2020: tudo o que precisa saber». UEFA.com. 12 de outubro de 2019 
  32. «EURO 2020 começa em Roma, Londres recebe mais jogos». UEFA.com. 7 de dezembro de 2017 
  33. a b «UEFA EURO 2020 squad lists increased to 26 players». UEFA. 4 de maio de 2021. Consultado em 4 de maio de 2021 
  34. «Regulations of the UEFA European Football Championship 2018–20». UEFA.com. Union of European Football Associations. 9 de março de 2018. Consultado em 11 de maio de 2021. Cópia arquivada em 11 de maio de 2021 
  35. «VAR to be introduced in 2019/20 UEFA Champions League». UEFA.com. Union of European Football Associations. 27 de setembro de 2018. Consultado em 27 de setembro de 2018 
  36. «UEFA and CONMEBOL renew Memorandum of Understanding to enhance cooperation». UEFA.com. Union of European Football Associations. 12 de fevereiro de 2020. Consultado em 12 de fevereiro de 2020 
  37. a b «Referees and assistant referees» (PDF). UEFA. 21 de Abril de 2021. Consultado em 21 de Abril de 2021 
  38. a b «Referee teams for UEFA EURO 2020 appointed». UEFA. 21 de Abril de 2021. Consultado em 21 de Abril de 2021 
  39. a b «Player stats – Goalkeeping: Clean sheets». UEFA.com. Union of European Football Associations. 11 de Junho de 2021. Consultado em 13 de Junho de 2021 
  40. «Martin Garrix to provide sound of UEFA EURO 2020». UEFA.com. 19 de outubro de 2019. Consultado em 16 de maio de 2021 
  41. «Global superstar DJ and producer Martin Garrix to provide sound of UEFA EURO 2020». UEFA.com. 20 de outubro de 2019. Consultado em 16 de maio de 2021 
  42. Andy Greene (13 de maio de 2021). «Hear Martin Garrix's New Song 'We Are the People,' Featuring Bono and the Edge». Rolling Stone. Consultado em 16 de maio de 2021 
  43. Real, Hugo (19 de Fevereiro de 2019). «Sport TV garante totalidade dos direitos televisivos do Euro 2020». MaisFutebol. Consultado em 19 de Fevereiro de 2019 
  44. Lopes, Maria (26 de Novembro de 2019). «RTP e SIC fizeram proposta conjunta à Sport TV para 22 jogos do Euro 2020». Público. Consultado em 25 de Janeiro de 2020 
  45. «Sport TV exige sete milhões à TVI pelo Euro 2020 que não aconteceu». Espalha-Factos-PT. 2 de outubro de 2020. Consultado em 27 de dezembro de 2020 
  46. Dudley, George (23 de Agosto de 2017). «Globosat acquires Brazilian rights to Euro 2020». SportsPro. Sportspromedia.com. Consultado em 23 de Agosto de 2017 
  47. «SuperSport scores major Uefa Euro football rights». SuperSport. Supersport.com. 19 de Junho de 2017. Consultado em 20 de Junho de 2017 
  48. «StarTimes to broadcast UEFA Euro 2020 and European Qualifiers». Ghana Soccernet. ghanasoccernet.com. 6 Agosto de 2019. Consultado em 7 de Agosto de 2019 
  49. «Media rights sales: UEFA EURO 2020™» (PDF). UEFA.org. Consultado em 19 de Novembro de 2016 
  50. UEFA.com. «Voluntários de apoio ao UEFA EURO 2020». UEFA.com. Consultado em 12 de julho de 2018 
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre o Campeonato Europeu de Futebol de 2020