Abrir menu principal

Campeonato Gaúcho de Futebol de 2013 - Divisão de Acesso

Campeonato Gaúcho - Divisão de Acesso
Divisão de Acesso 2013
Dados
Participantes 16
Período 16 de março – 21 de julho
Gol(o)s 299
Partidas 129
Média 2,32 gol(o)s por partida
Campeão Brasil de Pelotas
Vice-campeão São Paulo-RS
Promovido(s) São Paulo-RS
Brasil de Pelotas
Clube Esportivo Aimoré
Rebaixado(s) Farroupilha
Guarany de Camaquã
Gaúcho
◄◄ 2012 Soccerball.svg 2014 ►►

O Campeonato Gaúcho de Futebol - Divisão de Acesso 2013 foi a 57ª edição desse certame e reuniu 16 clubes de todo o estado. Os três primeiros se classificaram para o Gaúchão 2014 e os tres últimos caíram para a Segunda Divisão 2014.

Índice

Regulamento[1]Editar

  • No primeiro turno, as equipes do Grupo A enfrentariam as do grupo B, e os dois melhores de cada grupo avançariam à semifinal. O campeão do primeiro turno garantiria a ascensão ao Gaúchão de 2014 e a vaga na final.
  • No segundo turno, as equipes enfrentariam times dos mesmos grupos, e os quatro melhores de cada grupo avançariam às quartas-de-final. O campeão do segundo turno, assim como o campeão do primeiro, garantiria vaga na final e no Gaúchão de 2014.
  • Os três últimos colocados na tabela agregada da fase de classificação do primeiro e segundo turnos seriam rebaixados à terceira divisão de 2014.
  • Caso o campeão do primeiro turno fosse o mesmo do segundo turno, este seria declarado campeão da divisão de acesso. Neste caso, e se os vice-campeões fossem distintos, os confrontos da segunda e da terceira vagas ficariam assim:
    • Segunda vaga: o melhor vice-campeão de turno enfrentaria o segundo melhor da classificação geral, excluindo campeões e vices de turno.
    • Terceira vaga: o segundo melhor vice-campeão de turno enfrentaria o melhor da classificação geral, excluindo campeões e vices de turno.
  • Caso o campeão e o vice do primeiro turno fossem os mesmos do segundo turno, as definições de vaga ficariam assim:
    • Segunda vaga: o vice-campeão de turno enfrentaria o terceiro melhor da classificação geral, excluindo campeão e vice de turno.
    • Terceira vaga: o segundo melhor da classificação geral, excluindo campeão e vice de turno, enfrentaria o terceiro melhor da classificação geral, excluindo campeão e vice de turno.
  • Caso os campeões de turno fossem distintos e o vice-campeão fosse o mesmo, este decidiria a vaga contra o melhor da classificação geral, excluindo os campeões.
  • Caso os campeões de turno e os vices fossem distintos, a terceira vaga seria decidida entre os vice-campeões de turno.

Equipes participantesEditar

Equipe Cidade Em 2012 Estádios (capacidade) Títulos
Associação Esportiva e Recreativa Santo Ângelo   Santo Ângelo 9º (Série A2) Zona Sul (8 000) 1 (1995)
Associação Esportiva S. e Recreativa Riopardense   Rio Pardo 14º (Série A2) Amaro Cassep (1 500) 0
Clube Esportivo Aimoré   São Leopoldo 1º (Série B) Cristo Rei (10 000) 0
Esporte Clube Avenida   Santa Cruz do Sul 15º (Série A1) Eucaliptos (3 000) 1 (2011)
Esporte Clube Internacional   Santa Maria 11º (Série A2) Baixada Melancólica (6 000) 3 (1961, 1991, 1998)
Grêmio Atlético Farroupilha   Pelotas 6º (Série A2) Nicolau Fico (5 000) 0
Grêmio Esportivo Brasil   Pelotas 5º (Série A2) Bento Freitas (18 000) 2 (1961, 2004)
Grêmio Esportivo Glória   Vacaria 8º (Série A2) Altos da Glória (8 000) 1 (1988)
Guarany Futebol Clube   Camaquã 3º (Série A2) Silvio Luz (3 000) 0
Riograndense Futebol Clube   Santa Maria 12º (Série A2) Eucaliptos (4 000) 1 (1978)
Sociedade Esportiva Recreativa e Cultural Brasil   Farroupilha 10º (Série A2) Castanheiras (5 000) 1 (1992)
Sociedade Esportiva Recreativa Panambi   Panambi 13º (Série A2) Piratini (2 400) 0
Sport Clube Gaúcho   Passo Fundo 2º (Série B) Vermelhão da Serra (15 000) 3 (1966, 1977, 1984)
Sport Club São Paulo   Rio Grande 7º (Série A2) Aldo Dapuzzo (8 000) 2 (1967, 1970)
União Frederiquense de Futebol   Frederico Westphalen 4º (Série A2) Vermelhão da Colina (4 000) 0
Ypiranga Futebol Clube   Erechim 16º (Série A1) Colosso da Lagoa (30 000) 3 (1967, 1989, 2008)

Primeiro turnoEditar

Fase FinalEditar

  Semifinais
8 s 12 de maio
Final
15 s 18 de maio
                     
   Riograndense 2 0 2  
   Brasil de Pelotas 3 0 3  
     Brasil de Pelotas 1 0 1 (2)
     São Paulo-RS 0 1 1 (3)
   Glória 0 1 1
   São Paulo-RS 2 2 4

SemifinaisEditar

Jogos de idaEditar
8 de maio Brasil de Pelotas 3 - 2 Riograndense Estádio Bento Freitas em Pelotas
20h00
Éder Machado   26'   54'   84' Súmula   8' Leandro Cassel
  52' Gustavo Engel
Público: 1 888
Renda: R$ 35 050,00
Árbitro:  RS Leandro Pedro Vuaden (FIFA)

8 de maio São Paulo 2 - 0 Glória Estádio Aldo Dapuzzo em Rio Grande
20h00
Adevilson Machado   51'   66' Súmula Público: 4 472
Renda: R$ 56 930,00
Árbitro:  RS Jean Pierre de Lima
Jogos de voltaEditar
12 de maio Riograndense 0 - 0 Brasil de Pelotas Estádio dos Eucaliptos em Santa Maria
15h00
Súmula Público: 812
Renda: R$ 6 740,00
Árbitro:  RS Márcio Chagas da Silva

12 de maio Glória 1 - 2 São Paulo Estádio Altos da Glória em Vacaria
15h00
Edivaldo   28' Súmula   30' Diego Borges
  67' Alê Menezes
Público: 847
Renda: R$ 8 470,00
Árbitro:  RS Fabrício Neves Corrêa

FinaisEditar

Jogo de idaEditar
16 de maio Brasil de Pelotas 1 - 0 São Paulo Estádio Bento Freitas, Pelotas
19h00
Éder Machado   24' Súmula Público: 4 155
Renda: R$ 52 120,00
Árbitro:  RS Leandro Pedro Vuaden(FIFA)
Jogo de voltaEditar
19 de maio São Paulo 1 - 0 Brasil de Pelotas Estádio Aldo Dapuzzo, Rio Grande
16h00
Aylon   32' Súmula Público: 5 018
Renda: R$ 62 323,00
Árbitro:  RS Márcio Chagas da Silva
Pênaltis
São Paulo 3 - 2 Brasil de Pelotas

São Paulo Brasil de Pelotas
Carlos Alexandre
 
Éder Machado
 
Michel
 
Gustavo Papa
 
Diego Sapata
 
Cirilo
 
Carlão Farias
 
Fernando Cardozo
 
Caio Gomes
 
Ricardo Bierhals
 

*São Paulo garantiu uma das vagas na primeira divisão do Gauchão de 2014.

Segundo turnoEditar

Fase finalEditar

Quartas de final Semifinais Final
        
                                     
   Aimoré 4 2 6  
   Inter de Santa Maria 1 1 2  
     Aimoré 1 1 2  
     Ypiranga de Erechim 2 0 2  
   Ypiranga de Erechim 3 2 5
   Riograndense 2 0 2  
     Aimoré 0 0 0
     Brasil de Pelotas 3 0 3
   Santo Ângelo 3 1 4  
   Riopardense 0 0 0  
     Santo Ângelo 0 0 0
     Brasil de Pelotas 4 2 6
   Brasil de Pelotas 0 5 5
   Avenida 1 1 2

Classificação finalEditar

Classificação Geral
Pos Times Pts J V E D GP GC SG Classificação ou rebaixamento
1   Brasil de Pelotas 29 15 8 5 2 20 11 +9 Acesso ao Gaúchão de 2014 pelo 2º Turno
2   São Paulo-RS 24 15 6 6 3 23 16 +7 Acesso ao Gaúchão de 2014 pelo primeiro turno
3   Aimoré 26 15 8 2 5 21 16 +5 Acesso ao Gaúchão de 2014 pela 3ª Vaga
4   Riograndense 32 15 10 2 3 23 14 +9
5   Glória 25 15 8 1 6 14 15 -1
6   Avenida 24 15 7 3 5 16 12 +4
7   Brasil de Farroupilha 24 15 6 6 3 20 14 +6
8   Inter de Santa Maria 23 15 7 2 6 20 19 +1
9   Santo Ângelo 22 15 6 4 5 14 11 +3
10   Ypiranga de Erechim 21 15 5 6 4 17 14 +3
11   Riopardense 20 15 6 2 7 22 20 +2
12   Panambi 18 15 4 6 4 11 10 +1
13   União 15 15 2 9 4 19 23 -4
14   Farroupilha 13 15 4 4 7 11 20 -9 Rebaixamento à Segundona Gaúcha de 2014
15   Guarany 6 14 1 3 10 9 22 -13
16   Gaúcho 4 14 1 1 12 14 35 -21

FinaisEditar

Disputa do primeiro lugarEditar

17 de julho São Paulo 1 - 4 Brasil de Pelotas Estádio Aldo Dapuzzo em Rio Grande (RS)
20h10
Fabiano Diniz   12' Maicom Sapucaia   31', Alex Amado   55', Cirilo   59', Willian Kozlowski   65' Árbitro:   Luis Teixeira Rocha

20 de julho Brasil de Pelotas 1 - 0 São Paulo Estádio Bento Freitas em Pelotas (RS)
20h30
Rafael Forster   78' Árbitro:   Francisco Neto


Campeonato Gaúcho - Segunda Divisão de 2013
 
BRASIL DE PELOTAS
Campeão
(3° título)

Disputa da terceira vaga de acessoEditar

18 de julho Riograndense 2 - 3 Aimoré Estádio Presidente Vargas em Santa Maria-RS (RS)
19h00
Fábio Alemão, Foletti Toto, Japa, Rogério Árbitro:   Jean Pierre Golçalves Lima

21 de julho Aimoré 1 - 1 Riograndense Estádio Cristo Rei em São Leopoldo (RS)
18h00
Luan Rangel Árbitro:   Márcio Chagas da Silva

Referências