Campeonato Goiano de Futebol - Terceira Divisão

O Campeonato Goiano de Futebol da Terceira Divisão é a ultima divisão do Campeonato Goiano de Futebol. É disputado desde o ano de 2002. Foi criado devido ao grande crescimento do futebol goiano no século XXI.

Campeonato Goiano - 3ª divisão
Campeonato Goiano
Flag of Goiás.svg
Dados gerais
Organização FGF
Edições 20
Outros nomes Goianão - Terceira Divisão
Local de disputa Goiás
Número de equipes 13
Sistema misto
Divisões
1ª divisão2ª divisão3ª divisão
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

HistóriaEditar

A primeira edição da terceira divisão do estado de Goiás ocorreu no ano de 2002; na ocasião, quatro clubes participaram num quadrangular de turno e returno, com a Aparecidense obtendo o título invicto.[1][2] A segunda e última vaga de acesso ficou com a Formosa.[carece de fontes?] O número de participantes caiu nas duas edições seguintes; com três clubes, Mineiros e Rio Quente venceram seus primeiros títulos.[carece de fontes?] Já em 2005, o campeonato voltou a ser disputado por quatro equipes. O título invicto foi conquistado pelo Trindade,[2][3] com o Canedense obtendo a outra vaga de acesso.[carece de fontes?]

Com mais clubes participando, as edições de 2006 e 2007 sofreram alterações em seu regulamento. Dois grupos foram formados e os dois melhores colocados de cada se classificavam para as semifinais em jogos eliminatórios. Itauçuense e Santa Helena triunfaram nas decisões sobre Tupy e Morrinhos, respectivamente.[carece de fontes?] Após uma nova redução no número de participantes de 2008, a competição volta a ser decidida por pontos corridos nos seis anos seguintes. União Inhumas,[2] Atlético Rioverdense, Atlética Goiatuba,[carece de fontes?] Grêmio Anápolis,[2] Caldas Novas,[carece de fontes?] e Novo Horizonte conquistaram os títulos nesse período.[4] Já as duas edições seguintes foram disputadas em três fases, com jogos eliminatórios. O Itaberaí foi campeão na edição de 2014 ao empatar com o Quirinópolis na decisão após obter a vantagem da igualdade por ter sido a melhor campanha geral.[5] Prosseguindo, a ASEEV sagrou-se campeã da edição com um triunfo sobre o Caldas.[6][7]

EdiçõesEditar

Edição Ano Campeão Placar Vice-campeão Terceiro colocado Quarto colocado Part.
2002   Aparecidense   Pontos corridos   Formosa   Uruaçu   Aparecida 4
2003   Mineiros 1—0
0—0
  Atlético Rioverdense   Rio Quente Não houve 3
2004   Rio Quente Pontos corridos   Iporá   Monte Cristo Não houve 3
2005   Trindade   Pontos corridos   Canedense Futebol Alexaniense   Monte Cristo 4
2006   Itauçuense 3—0   Tupy Futebol Alexaniense   Inhumas 6
2007   Santa Helena   2—1   Morrinhos   Pires do Rio   Aparecida 8
2008   União Inhumas   Pontos corridos   Inhumas   Aparecida   Monte Cristo 4
2009   Atlético Rioverdense Pontos corridos   Cristalina   Rio Verde   Aparecida 7
2010   Atlética Goiatuba Pontos corridos   Rio Verde   Goiatuba   Aparecida 6
10ª 2011   Grêmio Anápolis   Pontos corridos   Aparecida   Quirinópolis   ASEEV 6
11ª 2012   Caldas Novas Pontos corridos   Umuarama   Quirinópolis   América de Morrinhos 8
12ª 2013   Novo Horizonte Pontos corridos   América de Morrinhos   Rioverdense   Inhumas 8
13ª 2014 Itaberaí Futebol Clube 3—3 (mc)   Quirinópolis   Inhumas   Umuarama 8
14ª 2015   ASEEV   2—0   Caldas   Bom Jesus   Inhumas 9
15ª 2016   Aparecida   Pontos corridos   Monte Cristo Itaberaí Futebol Clube   Raça 5
16ª 2017   Jaraguá   1—1 (mc)   ABECAT   Jataiense   Bom Jesus 11
17ª 2018   Morrinhos 2—1   Aparecida   Inhumas   Rioverdense 8
18ª 2019   Goiatuba   3—1   Inhumas   Mineiros   Tupy 13
19ª 2021   Cerrado 2—2
2—2
(P. 5 – 3)
  ASEEV   ABD   Bela Vista-GO 12

  Campeão invicto.

Títulos por equipeEditar

Clubes Títulos Vices Terceiro Quarto
  Santa Helena 2 (2007 e 2022) - - -
  Aparecida 1 (2016) 2 (2011 e 2018) 1 (2008) 4 (2002, 2007, 2009 e 2010)
  ASEEV 1 (2015) 1 (2021) - 1 (2011)
  Atlético Rioverdense 1 (2009) 1 (2003) - -
  Morrinhos 1 (2018) 1 (2007) - -
  Mineiros 1 (2003) - 1 (2019) -
  Rio Quente 1 (2004) - 1 (2010) -
Itaberaí Futebol Clube 1 (2014) - 1 (2016) -
  Goiatuba 1 (2019) - 1 (2010) -
  Trindade 1 (2005) - - 1 (2022)
  Aparecidense 1 (2002) - - -
  Itauçuense 1 (2006) - - -
  União Inhumas 1 (2008) - - -
  Atlética Goiatuba 1 (2010) - - -
  Grêmio Anápolis 1 (2011) - - -
  Caldas Novas 1 (2012) - - -
  Novo Horizonte 1 (2013) - - -
  Jaraguá 1 (2017) - - -
  Cerrado 1 (2021) - - -
  Inhumas - 2 (2008 e 2019) 2 (2014 e 2018) 3 (2006, 2013 e 2015)
  Quirinópolis - 1 (2014) 2 (2011 e 2012) -
  Monte Cristo - 1 (2016) 1 (2004) 2 (2005 e 2008)
  Rio Verde - 1 (2010) 1 (2009) -
  Tupy - 1 (2006) - 1 (2019)
  Umuarama - 1 (2012) - 1 (2014)
  América de Morrinhos - 1 (2013) - 1 (2012)
  Formosa - 1 (2002) - -
  Iporá - 1 (2004) - -
  Canedense - 1 (2005) - -
  Cristalina - 1 (2009) - -
  Caldas - 1 (2015) - -
  ABECAT - 1 (2017) - -
  Centro Oeste - 1 (2022) - -
Futebol Alexaniense - - 2 (2005 e 2006) -
  Uruaçu - - 2 (2002 e 2022) -
  Rioverdense - - 1 (2013) 1 (2018)
  Bom Jesus - - 1 (2015) 1 (2017)
  Pires do Rio - - 1 (2007) -
  Jataiense - - 1 (2017) -
  ABD - - 1 (2021) -
  Raça - - - 1 (2016)
  Bela Vista-GO - - - 1 (2021)

Referências

  1. «Aparecidense: nosso time é motivo de orgulho para todos nós. Fé, foco e força». dm.jor.br. 13 de abril de 2015. Consultado em 16 de março de 2020. Cópia arquivada em 16 de março de 2020 
  2. a b c d «Goiatuba é campeão invicto 100% da Terceira Divisão/2019». fgf.esp.br. Janeiro de 2019. Consultado em 16 de março de 2020. Cópia arquivada em 16 de março de 2020 
  3. «Jaraguá conquista título inédito e vaga na primeira em 2020». ohoje.com. 14 de outubro de 2019. Consultado em 16 de março de 2020. Cópia arquivada em 16 de março de 2020 
  4. «Novo Horizonte campeão e América vice conquistam acesso». fgf.esp.br. 23 de novembro de 2013. Consultado em 16 de março de 2020. Cópia arquivada em 28 de novembro de 2013 
  5. «Itaberaí é o campeão da Terceira Divisão/2014». fgf.esp.br. 15 de novembro de 2014. Consultado em 20 de março de 2020. Cópia arquivada em 20 de março de 2020 
  6. Roberto Sampaio (31 de outubro de 2015). «Aseev é campeã invicta da Terceira Divisão 2015». fgf.esp.br. Consultado em 20 de março de 2020. Cópia arquivada em 20 de março de 2020 
  7. Jânio José da Silva (3 de novembro de 2015). «Com título, Aseev deve manter vínculo com tricolor». opopular.com.br. Consultado em 20 de março de 2020. Cópia arquivada em 11 de março de 2020