Campeonato Italiano de Futebol de 1905

O Campeonato Italiano de Futebol de 1905 também conhecido como Primeira Categoria foi a 8ª edição da primeira divisão do campeonato italiano, que decorreu entre 5 de fevereiro e 9 de abril de 1905. O campeonato foi conquistado pela Juventus, seu primeiro título.[1]

Primeira Categoria de 1905
Dados
Participantes 5
Período 5 de fevereiro de 1905 – 9 de abril de 1905
Gol(o)s 45
Partidas 12
Média 3,75 gol(o)s por partida
Campeão Juventus (1º título)
Vice-campeão Genoa
◄◄ 1904 Soccerball.svg 1906 ►►

Fórmula de disputaEditar

Dado o sucesso das primeiras sete edições, o FIF, recém-chegado à FIFA em 1904, decidiu implementar o campeonato dando-lhe uma fórmula mais orgânica. Pela primeira vez, as partidas de volta do mata-mata foram introduzidas e a divisão entre preliminares regionais e fase nacional foi mantida, enquanto o sistema de rodadas de desafios foi abolido para que até mesmo os atuais campeões (naquele ano, o Genoa) fossem forçados para passar as preliminares como as outras equipes. Além disso, o título não era mais concedido com uma final, mas sim com uma triangular entre os três campeões regionais.[2]

EventosEditar

Houve cinco participantes na edição de 1905: Torino desistiu de jogar o confronto direto com a Juventus no grupo da fase regional piemontesa e deu carta branca aos futuros campeões, que passaram a rodada por W.O. O campeonato contou com um novo troféu, a Spensley Cup, além de medalhas e placas comemorativas.

Uma fórmula diferente dos outros anos foi aquela que não admitiu os atuais campeões Genoa diretamente na final: no grupo da Ligúria, o Genoa teve que lidar com os rivais citadinos de Andrea Doria. Mas a classificação para o grupo final foi alcançada..

No grupo da Lombardia, um surpreendente resultado do campeonato, o U.S. Milanese, eliminou o Milan em duas partidas cheias de gols e com um resultado histórico, pelo total de gols marcados em um único jogo: treze.

Rodada finalEditar

 
Time da Juventus que conquistou o título.


Depois de dois vices consecutivos, apenas em 1905 a Juventus conseguiu conquistar o seu primeiro título nacional. A nova fórmula das finais nacionais confrontou os três campeões regionais, mas a surpresa veio da Lombardia: um Milan lutando com uma mudança de geração, com a despedida de muitos de seus fundadores ingleses foi eliminado pela primeira vez pelos americanos milaneses do U.S. Milanese em dois espetaculares confrontos.

Na última rodada, porém, os norte-americanos milaneses não repetiram o mesmo desempenho: perderam as três primeiras partidas, enquanto os confrontos diretos entre Juventus e Genoa terminaram empatados em ambos os casos, mas na última rodada, o Genoa enfrentou o U.S. Milanese; confiantes de uma vitória fácil que os teria levado ao play-off, eles não foram além do empate, entregando o título para a Juventus.

Rodada preliminar da LigúriaEditar

Jogo 1Editar

5 de fevereiro de 1905   Genoa 0 - 0 Andrea Doria   Campo sportivo di Ponte Carrega

Árbitro:   Hans Heinrich Suter

Jogo 2Editar

19 de fevereiro de 1905   Andrea Doria 0 - 1 Genoa   Campo sportivo di Ponte Carrega

Árbitro:   Edward Dobbie

Rodada preliminar da LombardiaEditar

Jogo 1Editar

12 de fevereiro de 1905   Milan 3 - 3 U.S. Milanese   Campo Acquabella

Árbitro:   Enrico Pasteur

Jogo 2Editar

19 de fevereiro de 1905   U.S. Milanese 7 - 6 Milan   Campo di via Comasina

Árbitro:   Umberto Malvano

Rodada preliminar de PiemonteEditar

Jogo 1Editar

19 de fevereiro de 1905   Juventus 2 - 0 Torinese   Velodromo Umberto I

Jogo 2Editar

26 de fevereiro de 1905   Torinese 0 - 2 Juventus   Velodromo Umberto I

Triangular finalEditar

Classificação finalEditar

Pos Equipe Pts J V E D GP GS
1. Juventus 6 4 2 2 0 9 3
2. Genoa 5 4 1 3 0 7 6
3. U.S. Milanese 1 4 0 1 3 5 12

PremiaçãoEditar

Campeonato Italiano de 1905
 
Juventus Football Club
Campeão
(1º título)

Referências

  1. «Campeã da Supercopa, Juve segue líder no ranking de títulos italianos; veja todos». Golazzo. 20 de janeiro de 2021. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  2. «La Stampa - Consultazione Archivio». www.archiviolastampa.it. Consultado em 21 de fevereiro de 2021