Abrir menu principal

Campeonato Mato-Grossense de Futebol - Segunda Divisão

Campeonato Mato-Grossense de Futebol - 2ª Divisão
Matogrossense 2ª Divisão
Dados gerais
Organização FMF
Edições 16
Local de disputa  Mato Grosso,  Brasil
Número de equipes 6
Sistema Temporada, turno classificatório
Divisões
1ª Divisão2ª Divisão
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

O Campeonato Mato-Grossense de Futebol da Segunda Divisão é a divisão de acesso ao Campeonato Mato-Grossense de Futebol.[1] Era disputado alternadamente em função dos interesses dos clubes. Agora, a partir de 2007, está realizando uma tentativa de se enquadrar ao Estatuto do Torcedor para ser disputado de forma continua. Nesta edição, contou com 4 campeões estaduais: Cacerense, Mixto, Cuiabá e Operário CEOV. O Cacerense, devido mau-desempenho no Estadual de 2009, foi rebaixado, assim como o Mixto, por conta de uma decisão judicial envolvendo jogadores escalados de forma irregular. A equipe do Cuiabá retornou nesse ano após estar licenciado de todas as competições, e o Operário surgiu de uma iniciativa de dirigentes várzea-grandenses de ressuscitar o antigo Clube Esportivo Operário Várzea-Grandense, que foi sucedido pelo Operário Futebol Clube, ainda hoje integrante da 1ª Divisão do Campeonato Matogrossense.

CuriosidadesEditar

  • Curiosamente, a Segunda Divisão é disputada no segundo semestre, ou seja, clubes que são rebaixados no campeonato vigente, como por exemplo, Mixto e Cacerense, disputaram-na e já conseguiram acesso para o ano seguinte.
  • A questão do Operário é interessante, já que a cidade de Várzea Grande passou a ter dois Operários, com a mesma camisa e o mesmo escudo. O Operário FC já está na Primeira Divisão, enquanto o CEOV tentou o acesso.
  • O Dom Bosco, clube mais antigo em atividade do estado, ficou 7 anos sem disputar nenhum campeonato. Em 2014, retornou para ser campeão e com isso, o acesso.

TítulosEditar

Número de títulos por clubeEditar

Ver tambémEditar

Referências

Notas

Ligações externasEditar