Abrir menu principal

Campeonato Mineiro de Futebol Feminino de 2019

Campeonato Mineiro de Futebol Feminino de 2019
Campeonato Mineiro 2019 – Feminino
Dados
Participantes 7
Organização FMF
Período 29 de setembro – 7 de dezembro
Gol(o)s 135
Partidas 26
Média 5,19 gol(o)s por partida
Melhor marcadora 9 gols:
Melhor ataque Cruzeiro - 45 gols
Melhor defesa Cruzeiro - 1 gol
Maiores goleadas
(diferença)
Cruzeiro 13 – 0 Minas Boca
Estádio das AlterosasBelo Horizonte
26 de outubro
 
América Mineiro 13 – 0 Minas Boca
BaleiãoBelo Horizonte
9 de novembro
◄◄ 2018 Soccerball.svg 2020 ►►

O Campeonato Mineiro de Futebol Feminino de 2019 foi uma competição de futebol feminino organizada pela Federação Mineira de Futebol, que teve início no dia 29 de setembro e sua final disputada no dia 7 de dezembro. Inicialmente, este jogo seria no Mineirão, mas a FMF remarcou a final para o Estádio das Alterosas[1], onde o Cruzeiro venceu o América Mineiro nas penalidades e conquistou seu primeiro título estadual. Como campeão, o Cruzeiro teria direito a uma vaga na Série A2 do Brasileirão Feminino de 2020, mas como já disputa a Série A1, o América herdou o direito.

ControvérsiasEditar

Participação de clubes amadoresEditar

Em 2019, a FMF modificou a lista de requisitos para que um clube pudesse se inscrever no campeonato, exigindo que fosse um clube profissional[2]. Dessa forma, clubes amadores que participavam com frequência da competição não puderam se inscrever. Algumas agremiações foram pegas de surpresa e se mobilizaram[3], mas o primeiro edital de convocação para o conselho técnico, divulgado em 5 de agosto, só continha 5 clubes[4]. Porém, na reunião realizada entre estes clubes no dia 7 de agosto, foi decidido por unanimidade[5] prorrogar as inscrições até 12 de agosto, de forma que os clubes amadores pudessem viabilizar parcerias com clubes profissionais a fim de participar do campeonato. Finalmente, em 13 de agosto, a FMF divulgou novo ofício convocatório para o conselho técnico, com 8 clubes listados[6].

Cobrança de taxasEditar

Em 14 de agosto, na segunda reunião do conselho técnico, a FMF impôs a cobrança da taxa de arbitragem e de quadro móvel da própria entidade aos clubes, que, insatisfeitos, optaram unanimemente por desistir de participar da competição[7]. Diante do impasse, uma nova reunião foi agendada para o dia 2 de setembro, na qual 7 dos 8 clubes participantes do segundo arbitral estiveram presentes -- o América de Teófilo Otoni não compareceu. Os clubes acataram o pagamento das taxas[8] e enfim o campeonato foi confirmado[9].

ParticipantesEditar

RegulamentoEditar

Primeira faseEditar

Na primeira fase, todos os clubes se enfrentaram uma vez, em turno único, classificando-se para a Fase Semifinal, ao final das sete rodadas, os 4 melhores colocados[10]. Caso houvesse empate de pontos entre dois ou mais clubes, os critérios de desempates foram aplicados na seguinte ordem:

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Confronto direto (apenas se o empate fosse entre dois clubes)
  5. Número de cartões vermelhos
  6. Número de cartões amarelos
  7. Sorteio público na sede da FMF

Fase finalEditar

A fase final consiste em semifinais e final, com confrontos de ida e volta na semifinais e jogo único na final. Os times de melhor campanha na primeira fase tiveram o direito de decidir se exerceriam o mando de campo no primeiro ou no segundo jogo das semifinais. O chaveamento foi dado da seguinte forma: 1° melhor colocado x 4° melhor colocado e 2° melhor colocado x 3° melhor colocado. Caso houvesse empate no saldo gols após as duas partidas, a decisão seria nas cobranças de penalidades.[10]

A final estava prevista para o Mineirão, mas foi remarcada para o Estádio das Alterosas[1]. Para efeito de tabela, o mandante da partida foi o clube finalista que possuiu a melhor campanha na primeira fase. Se o jogo terminasse empatado, a decisão seria na cobrança de penalidades para decidir o clube campeão[10], o que acaou ocorrendo.

Primeira faseEditar

Na primeira fase, os oito clubes participantes jogaram entre si, todos contra todos em turno único. Os quatro melhores colocados se classificaram às semifinais.

ClassificaçãoEditar

Fase finalEditar

Na fase final, os quatro melhores classificados se enfrentaram em jogos eliminatórios de ida e volta para definir os dois finalistas. A final foi disputada em jogo único.

  Semifinais Final
                     
   Cruzeiro 2 8 10  
   Ipatinga 0 0 0  
     Cruzeiro 1 (6)
     América Mineiro 1 (5)
   América Mineiro 1 2 3
   Atlético Mineiro 1 0 1

PremiaçãoEditar

Campeonato Mineiro Feminino de 2019
 
Cruzeiro
Campeão
(1º título)

ArtilhariaEditar

Classificação finalEditar

Pos. Time Pts J V E D GP GS SG
1   Cruzeiro 25 9 8 1 0 45 1 +44 Campeão
2   América Mineiro 18 9 5 3 1 31 4 +27 Vice-campeão
3   Atlético Mineiro 14 8 4 2 2 25 8 +17 Semifinalistas
4   Ipatinga 9 8 3 0 5 16 25 -9
5   Futgol 6 6 2 0 4 7 14 -7 Eliminados na segunda fase
6   Valadares 3 6 1 0 5 5 39 -34
7   Minas Boca 0 6 0 0 6 6 44 -38

Referências

  1. a b «FMF tira final do Mineiro Feminino de grande estádio, reserva data inusitada e desagrada clubes». Superesportes. Consultado em 14 de novembro de 2019 
  2. «Ofício da Presidência: Edital - Campeonato Mineiro 2019 - Feminino» (PDF). Website oficial da Federação Mineira de Futebol. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  3. «Cinco equipes e imbróglio com times amadores: Campeonato Mineiro feminino vive impasse». Blog Mineiríssimas. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  4. «Edital de Convocação - Conselho Técnico do Campeonato Mineiro 2019 - Feminino» (PDF). Website oficial da Federação Mineira de Futebol. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  5. «Ofício da Presidência: Edital - Campeonato Mineiro 2019 - Feminino» (PDF). Website oficial da Federação Mineira de Futebol. Consultado em 12 de agosto de 2019 
  6. «Edital de Convocação - Conselho Técnico do Campeonato Mineiro 2019 - Feminino» (PDF). Website oficial da Federação Mineira de Futebol. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  7. «Nota Oficial – Campeonato Mineiro de Futebol Feminino 2019». Website oficial do Cruzeiro Esporte Clube. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  8. «Após entrave, clubes e FMF se acertam, e realização do Mineiro Feminino é confirmada». Jornal Hoje em Dia. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  9. «Vai começar o Mineiro Feminino 2019». Website oficial da Federação Mineira de Futebol. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  10. a b c «Regulamento Específico da Competição - Campeonato Mineiro 2019 Feminino» (PDF). Federação Mineira de Futebol. Consultado em 21 de setembro de 2015 

Ligações externasEditar