Abrir menu principal

Campeonato Paulista de Futebol de 1975

Campeonato Paulista de Futebol de 1975
Campeonato Paulista da Divisão Especial de 1975
Dados
Participantes 19
Organização FPF
Gol(o)s 623
Partidas 277
Média 2,25 gol(o)s por partida
Campeão São Paulo (11º título)
Vice-campeão Portuguesa
Melhor marcador Serginho Chulapa (São Paulo) - 22 gols
◄◄ São Paulo 1974 Soccerball.svg 1976 São Paulo ►►

O Campeonato Paulista de Futebol de 1975 foi a 74.ª edição da competição, promovida pela Federação Paulista de Futebol, que teve o São Paulo como campeão e Serginho Chulapa, do mesmo clube, como artilheiro, com 22 gols.[1]

Índice

Disputa do títuloEditar

O campeonato de 1975 foi disputado por dezenove equipes, porque a Federação, atendendo ao apelo dos pequenos, extinguiu o Paulistinha (fase de classificação só com times pequenos). Talvez por causa do excesso de times, o regulamento foi dos mais complicados: o campeão do primeiro turno decidiria o título contra o campeão do segundo em dois jogos; o primeiro turno seria disputado no sistema de todos contra todos, enquanto o segundo teria duas fases, uma classificatória (com duas chaves) e outra um hexagonal decisivo, com os três melhores colocados de cada grupo.[2] A princípio, os sete piores classificados no primeiro turno seriam eliminados, porém os clubes do Interior pressionaram a Federação, que acabou recuando da ideia.[3]

O São Paulo venceu o primeiro turno tranquilamente, com 33 pontos ganhos, seis a mais do que o segundo colocado Corinthians. A Portuguesa foi campeã do segundo turno: após ocupar a primeira colocação do Grupo A, com catorze pontos, terminou o hexagonal empatada em pontos com São Paulo e Santos, mas ficou à frente pelo saldo de gols.

Ao longo do campeonato, o São Paulo fez 57 pontos e a Portuguesa fez 45, mas não havia vantagem na final para a melhor campanha.[4]

As finais foram disputadas em duas partidas. O São Paulo venceu a primeira por 1 a 0 (gol de Pedro Rocha), e a Portuguesa venceu a segunda, pelo mesmo placar (gol de Enéas). Tendo se mantido a igualdade de pontos e gols nas duas partidas e na prorrogação, a decisão foi para os pênaltis, e o time do Morumbi ficou com o título ao ganhar por 3 a 0, com o goleiro são-paulino Waldir Peres começando a se consagrar nesse tipo de decisão.

Primeiro turnoEditar

ClassificaçãoEditar

Pos Time PG J V E D GP GC SG
1 São Paulo 33 18 15 3 0 29 5 24
2 Corinthians 27 18 11 5 2 29 13 16
3 Palmeiras 26 18 11 4 3 25 9 16
4 Portuguesa 25 18 11 3 4 26 16 10
5 Guarani 23 18 8 7 3 33 19 14
6 Marília 20 18 7 6 5 27 28 -1
7 Santos 19 18 8 3 7 29 21 8
8 Saad 18 18 7 4 7 23 25 -2
9 Ponte Preta 17 18 5 7 6 22 17 5
10 Botafogo 16 18 5 6 7 21 28 -7
11 XV de Piracicaba 16 18 6 4 8 15 22 -7
12 Juventus 15 18 5 5 8 16 19 -3
13 Noroeste 14 18 1 12 5 7 12 -5
14 América 14 18 6 2 10 17 24 -7
15 Portuguesa Santista 13 18 4 5 9 23 31 -8
16 Ferroviária 13 18 3 7 8 12 24 -12
17 São Bento 12 18 1 10 7 16 28 -12
18 Paulista 11 18 3 5 10 12 30 -18
19 Comercial 10 18 2 6 10 15 26 -11

Segundo turnoEditar

Primeira faseEditar

GRUPO A
Pos Time PG J V E D GP GC SG
1 Portuguesa 14 9 5 4 0 14 4 10
2 Palmeiras 14 9 6 2 1 14 9 5
3 Santos 11 9 4 3 2 7 4 3
4 Noroeste 9 9 3 3 3 9 13 -4
5 Comercial 8 9 3 2 4 8 11 -3
6 São Bento 5 9 0 5 4 5 15 -10
7 Portuguesa Santista 3 9 0 3 6 5 13 -8
8 Paulista 3 9 1 1 7 5 14 -9
9 Marília 3 9 1 1 7 4 15 -11
10 Botafogo 2 9 0 2 7 6 19 -13
GRUPO B
Pos Time PG J V E D GP GC SG
1 São Paulo 18 10 8 2 0 25 6 19
2 América 13 10 6 1 3 14 6 8
3 Corinthians 12 10 5 2 3 16 11 5
4 Guarani 12 10 4 4 2 10 7 3
5 Ferroviária 11 10 3 5 2 12 10 2
6 Juventus 11 10 3 5 2 10 9 1
7 XV de Piracicaba 11 10 3 5 2 10 9 1
8 Ponte Preta 10 10 4 2 4 11 8 3
9 Saad 10 10 4 2 4 11 11 0

HexagonalEditar

Primeira rodada
26 de julho de 1975 Corinthians 0 – 0 América Pacaembu, São Paulo, SP
16 horas
Ficha técnica Público: 46 881
Renda: Cr$ 636 175

Árbitro: Romualdo Arppi Filho

27 de julho de 1975 Santos 0 – 2 Palmeiras Morumbi, São Paulo, SP
15 horas
Ficha técnica Nei   8' do 1.º
Ronaldo   28' do 2.º
Público: 78 239
Renda: Cr$ 1 639 442

Árbitro: Dulcídio Wanderley Boschilia

27 de julho de 1975 São Paulo 1 – 1 Portuguesa Morumbi, São Paulo, SP
17 horas
Serginho Chulapa   7' do 2.º Ficha técnica Enéas   22' do 1.º Público: 78 239
Renda: Cr$ 1 639 442

Árbitro: Roberto Nunes Morgado
Segunda rodada
30 de julho de 1975 América 0 – 1 São Paulo Pacaembu, São Paulo, SP
19h30
Ficha técnica Liminha   33' do 2.º Público: 23 159
Renda: Cr$ 340 035

Árbitro: José Favilli Neto

31 de julho de 1975 Corinthians 0 – 2 Santos Morumbi, São Paulo, SP
19h30
Ficha técnica Totonho   11' do 1.º
Cláudio Adão   35' do 1.º
Público: 50 585
Renda: Cr$ 1 156 901

Árbitro: José de Assis Aragão

31 de julho de 1975 Portuguesa 3 – 0 Palmeiras Morumbi, São Paulo, SP
21h30
Dicá   1' do 1.º
Dicá   17' do 2.º
Tatá   42' do 2.º
Ficha técnica Público: 50 585
Renda: Cr$ 1 156 901

Árbitro: Oscar Scolfaro
Terceira rodada
3 de agosto de 1975 Santos 1 – 2 América Pacaembu, São Paulo, SP
11 horas
Mazinho   15' do 1.º Ficha técnica Paraná   15' do 2.º
Luís Polani   44' do 2.º
Renda: Cr$ 194 368

Árbitro: Roberto Nunes Morgado

3 de agosto de 1975 Portuguesa 1 – 1 Corinthians Morumbi, São Paulo, SP
15 horas
Enéas   6' do 1.º Ficha técnica Marco Antônio   35' do 1.º Público: 77 656
Renda: Cr$ 1 511 676

Árbitro: Armando Marques

3 de agosto de 1975 São Paulo 0 – 0 Palmeiras Morumbi, São Paulo, SP
17 horas
Ficha técnica Público: 77 656
Renda: Cr$ 1 511 676

Árbitro: Romualdo Arppi Filho
Quarta rodada
6 de agosto de 1975 Portuguesa 1 – 0* América Pacaembu, São Paulo, SP
18h30
Tatá   7' do 2.º Ficha técnica Paulinho   5' do 2.º Público: 7 685
Renda: Cr$ 110 360

Árbitro: Roberto Nunes Morgado

*O América abandonou o campo após sofrer um gol que considerou irregular. Até então, o clube do interior vencia por 1 a 0. No dia seguinte, a federação decretou a Portuguesa vencedora, pelo placar de 1 a 0.[5]


7 de agosto de 1975 Palmeiras 1 – 2 Corinthians Morumbi, São Paulo, SP
19h30
Fedato   38' do 2.º Ficha técnica Adílson   12' do 1.º
Adílson   35' do 1.º
Público: 23 058
Renda: Cr$ 503 974

Árbitro: José de Assis Aragão

7 de agosto de 1975 Santos 2 – 1 São Paulo Morumbi, São Paulo, SP
21h30
Cláudio Adão   6' do 1.º
Cláudio Adão   36' do 2.º
Ficha técnica Pedro Rocha   26' do 1.º Público: 23 058
Renda: Cr$ 503 974

Árbitro: Armando Marques
Quinta rodada
10 de agosto de 1975 Palmeiras 1 – 2 América Morumbi, São Paulo, SP
13h30
Leivinha   14' do 1.º Ficha técnica Paraná   9' do 2.º
Wílson Luís   31' do 2.º
Público: 46 535
Renda: Cr$ 916 557

Árbitro: José Favilli Neto

10 de agosto de 1975 São Paulo 2 – 1 Corinthians Morumbi, São Paulo, SP
15h30
Serginho Chulapa   35' do 1.º
Serginho Chulapa   10' do 2.º
Ficha técnica Cláudio   28' do 2.º Público: 46 535
Renda: Cr$ 916 557

Árbitro: Romualdo Arppi Filho

10 de agosto de 1975 Santos 1 – 0 Portuguesa Morumbi, São Paulo, SP
15h30
Cláudio Adão   35' do 2.º Ficha técnica Público: 46 535
Renda: Cr$ 916 557

Árbitro: Dulcídio Wanderley Boschilia

ClassificaçãoEditar

Pos Time PG J V E D GP GC SG
1 Portuguesa 6 5 2 2 1 6 3 3
2 Santos 6 5 3 0 2 6 5 1
3 São Paulo 6 5 2 2 1 5 4 1
4 América 5 5 2 1 2 4 4 0
5 Corinthians 4 5 1 2 2 4 6 -2
6 Palmeiras 3 5 1 1 3 4 7 -3

FinaisEditar

14 de agosto de 1975 Portuguesa 0 – 1 São Paulo Morumbi, São Paulo, SP
21 horas
Ficha técnica Pedro Rocha   43' do 1.º Público: 23 600
Renda: Cr$ 541 719

Árbitro: Armando Marques

Portuguesa — Zecão; Cardoso, Mendes, Calegari e Santos; Badeco e Dicá; Antônio Carlos, Enéas, Tatá e Wilsinho. Técnico: Oto Glória.

São Paulo — Waldir Peres; Nélson, Paranhos, Samuel e Gilberto Sorriso; Chicão e Pedro Rocha; Terto, Muricy, Serginho Chulapa e Zé Carlos Serrão. Técnico: José Poy.


17 de agosto de 1975 São Paulo 0 – 1 Portuguesa Morumbi, São Paulo, SP
16 horas
Ficha técnica Enéas   31' do 1.º Público: 57 137
Renda: Cr$ 1 268 735

Árbitro: Dulcídio Wanderley Boschilia
    Penalidades  
Pedro Rocha  
Serginho Chulapa  
Chicão  
3 – 0   Dicá
  Wilsinho
  Tatá
 

São Paulo — Waldir Peres; Nélson, Paranhos, Samuel e Gilberto Sorriso; Chicão, Pedro Rocha e Terto; Muricy Ramalho, Serginho Chulapa e Zé Carlos Serrão. Técnico: José Poy.

Portuguesa — Zecão; Cardoso, Mendes, Calegari e Santos; Badeco, Dicá e Antônio Carlos; Enéas, Tatá e Wilsinho. Técnico: Oto Glória

Classificação finalEditar

Equipes 1975 PG J V E D GP GC SG %
1.   São Paulo 59 35 26 7 2 60 16 44 84
2.   Portuguesa 47 34 19 9 6 47 24 23 69
3.   Palmeiras 43 32 18 7 7 43 25 18 67
4.   Corinthians 43 33 17 9 7 49 30 19 65
5.   Santos 36 32 15 6 11 42 30 12 56
6.   Guarani 35 28 12 11 5 43 26 17 62
7.   América 32 33 14 4 15 35 34 1 48
* ϯ 8.   Saad 28 28 11 6 11 34 36 -2 50
9.   Ponte Preta 27 28 9 9 10 33 25 8 48
10.   XV de Piracicaba 27 28 9 9 10 25 31 -6 48
11.   Juventus 26 28 9 8 11 26 28 -2 46
12.   Ferroviária 24 28 6 12 10 24 34 -10 43
13.   Marília 23 27 8 7 12 31 43 -12 42
14.   Noroeste 23 27 4 15 8 16 25 9 42
15.   Botafogo-SP 18 27 5 8 14 27 49 -22 33
16.   Comercial 18 27 5 8 14 23 37 -14 33
17.   São Bento 17 27 1 15 11 21 43 -22 31
18.   Portuguesa Santista 16 27 4 8 15 28 44 -16 30
19.   Paulista 14 27 4 6 17 17 44 -27 26
OBS.: Até 1994 cada vitória valia 2 pontos. O atual sistema de pontuação entrou em vigor por determinação da FIFA a partir de 1995.
PG – Pontos ganhos; J – Jogos; V - Vitórias; E - Empates; D - Derrotas; GP – Gols pró; GC – Gols contra; SG – Saldo de gols; % - Aproveitamento.

[*] - Em 1974, o Saad disputou a fase preliminar do Campeonato Paulista, conseguindo a classificação para a fase principal da Primeira Divisão. Dessa forma, a FPF convidou o clube a permanecer na elite em 1975. Após o fim do campeonato, no entanto, a Federação revogou o convite, e o clube voltou à Segunda Divisão no ano seguinte.[6]

Campeão Paulista de 1975
 
SÃO PAULO
(11º título)

Referências

  1. Futpédia. «Campeonato Paulista 1975». Consultado em 25 de março de 2013 
  2. http://futpedia.globo.com/campeonato/campeonato-paulista/1975
  3. «O circo a [sic] prova de fogo». Placar (298). São Paulo: Editora Abril. 12 de dezembro de 1975. pp. 34–41. ISSN 0104-1762 
  4. http://www.rsssfbrasil.com/tablessz/sp1975.htm
  5. «O resultado da FPF: Portuguesa, 1 a 0». Folha de S. Paulo (16 950). São Paulo: Empresa Folha da Manhã S/A. 8 de agosto de 1975. 40 páginas. ISSN 1414-5723. Consultado em 25 de junho de 2015 
  6. Marcelo Leme de Arruda (10 de dezembro de 2015). «Campeonato Paulista - Acessos e Descensos». RSSSF Brazil. Consultado em 26 de maio de 2016