Abrir menu principal

Campeonato Paulista de Futebol de 2002

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Campeonato Paulista de Futebol de 2002
Campeonato Paulista de Futebol Profissional da Série A-1 de 2002
Dados
Participantes 12
Período 20 de janeiro – 12 de maio
Gol(o)s 417
Partidas 132
Média 3,16 gol(o)s por partida
Campeão Ituano (1º título)
Vice-campeão União São João
Melhor marcador Alex Alves (Juventus) - 17 gols
Melhor ataque (fase inicial) União São João
Melhor defesa (fase inicial) Santo André
◄◄ São Paulo 2001 Soccerball.svg 2003 São Paulo ►►

O Campeonato Paulista de Futebol de 2002 foi a 101.ª edição da principal divisão do futebol paulista, com início em 20 de janeiro e encerramento em 12 de maio. O Ituano conquistou o título da competição pela primeira vez em sua história. O União São João, de Araras foi o vice-campeão. Alex Alves, do Juventus, foi o artilheiro do campeonato, com 17 gols marcados.

Índice

RegulamentoEditar

  • Os doze clubes que participam do Campeonato Paulista jogaram em turno e returno com pontos corridos. Foi campeã a equipe que somou mais pontos, Ituano Futebol Clube.
  • A Sociedade Esportiva Matonense, última colocada na classificação geral foi rebaixada para a Série A-2 de 2003.
  • A Portuguesa Santista terminou em penúltimo lugar, mas se manteve na A1 vencendo o confronto com a Francana, vice-campeã da Série A-2.
  • Os quatro "chamados grandes" (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo) e mais cinco (Guarani, Paulista-Etti Jundiaí, Ponte Preta, Portuguesa Desportos e São Caetano) não participaram desta edição, já que jogavam o Torneio Rio-São Paulo.

Supercampeonato PaulistaEditar

Disputaram o Supercampeonato Paulista de 2002 : Ituano, campeão do Paulistão, Corinthians, São Paulo e Palmeiras, os três melhores times paulistas no Torneio Rio-São Paulo daquele ano.

Em poucos dias de competição, o São Paulo sagrou-se campeão.

ParticipantesEditar

Tabela de resultadosEditar

Jogo do título

12 de maio de 2002 América 0 - 1 Ituano Teixeirão, São José do Rio Preto
Público:
Árbitro: Romildo Corrêa

Silvinho   85'
América Ituano
Edney
Gílson
    Cláudio
Carlão
Guilherme;
Perivaldo
Batata
Almir
Toninho
    (Barole);
Reinaldo
(Benê)
Paulinho
(Tales)

Técnico: Márcio Rossini
André Luiz
Giuliano
Vinícius
Erivélton
Lúcio;

Everaldo
Richarlyson
(André Bocão)
Élson
Tita
(Silvinho);    
    Basílio
Fernando Gaúcho
(Lelo)
Técnico: Ademir Fonseca

Classificação FinalEditar

Paulistão 2002 - Classificação Final
Time Pts J V E D GP GC SG %
1 Ituano 40 22 11 7 4 37 26 11 61
2 União São João 39 22 12 3 7 49 35 14 59
3 Rio Branco 37 22 10 7 5 37 28 9 56
4 Juventus 37 22 10 7 5 38 35 3 56
5 Santo André 33 22 9 6 7 28 25 3 50
6 Mogi Mirim 31 22 8 7 7 33 35 -2 47
7 Botafogo 30 22 8 6 8 34 37 -3 45
8 Inter de Limeira 29 22 8 5 9 34 26 8 44
9 União Barbarense 27 22 6 9 7 33 36 -3 41
10 América 25 22 7 4 11 37 42 -5 38
11 Portuguesa Santista 19 22 5 4 13 28 47 -19 29
12 Matonense 14 22 3 5 14 28 44 -16 21
Pts — Pontos ganhos; J — Jogos; V - Vitórias; E - Empates; D - Derrotas;
GP — Gols pró; GC — Gols contra; SG — Saldo de gols; % - Aproveitamento de pontos
Campeão
Rebaixada à Série A2 de 2003
Campeão Paulista de 2002
 
ITUANO
(1º título)


Ver tambémEditar

  Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.