Abrir menu principal

Campeonato Paulista de Futebol de 2013 - Série A1

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2012). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Campeonato Paulista de Futebol de 2013
Paulistão Chevrolet
Paulistao 2013.png
Dados
Participantes 20
Período 19 de janeiro – 19 de maio
Gol(o)s 549
Partidas 201
Média 2,73 gol(o)s por partida
Campeão Corinthians (27º título)
Vice-campeão Santos
3.º colocado São Paulo
4.º colocado Mogi Mirim
Campeão do interior Ponte Preta
Rebaixado(s) Mirassol
São Caetano
União Barbarense
Guarani
Melhor marcador William (Ponte Preta) - 13 gols
Maior goleada
(diferença)
Mogi Mirim 6-0 Botafogo-SP
Vail ChavesMogi Mirim
27 de abril, quartas-de-final
◄◄ 2012 Soccerball.svg 2014 ►►

A Série A1 do Campeonato Paulista de Futebol de 2013 foi a 112ª edição da principal divisão do futebol paulista, cujo nome oficial atual é Paulistão Chevrolet 2013 por motivos de patrocínio. Houve uma cerimônia de abertura, com a partida entre os campeões da Série A1 (Santos) e Série A2 (São Bernardo) de 2012.

O campeão foi o Corinthians, e o vice-campeão foi o Santos.[1]A partida que teve mais destaque foi a derrota do Palmeiras para o Mirassol por 6 a 2.[2][3]

Dentre as equipes rebaixadas, o Guarani foi o primeiro a amargar o descenso à Série A2 de 2014, sem mesmo entrar em campo, na 18ª rodada, prejudicado pelas vitórias de Ituano por 3 a 2 sobre o Paulista e a do Atlético Sorocaba por 1 a 0 sobre o Oeste.[4] Na mesma rodada, São Caetano e União Barbarense tiveram suas quedas decretadas: o primeiro, com o empate fora de casa contra o Penapolense por 1 a 1; o segundo, após a goleada sofrida em plena Toca do Leão por 4 a 0 para o Santos.[5][6]

RegulamentoEditar

Os três primeiros colocados ganham o direito de disputar a Copa do Brasil de 2014 (caso algum clube se classifique para a Copa Libertadores da América de 2014, a vaga será repassada ao 5º colocado e assim por diante). Além disso, os dois clubes mais bem classificados que não pertençam à Série A, Série B ou a Série C garantem vaga na Série D de 2013.[7]

Primeira faseEditar

O "Paulistão" é disputado por 20 clubes em turno único, onde todos jogaram entre si uma única vez. No final das 19 rodadas, os oito melhores colocados, classificarão para a fase quartas de final e os quatro últimos colocados serão rebaixados para a Série A2 de 2014.

Critérios de desempateEditar

Caso haja empate de pontos entre dois clubes, os critérios de desempates são aplicados na seguinte ordem:

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Número de cartões vermelhos
  5. Número de cartões amarelos
  6. Sorteio

Quartas de FinalEditar

Os oito classificados da Primeira Fase serão divididos em quatro chaves de dois times, que jogarão uma partida na casa do clube de melhor campanha no somatório das fases anteriores, com o vencedor avançando às semifinais. Em caso de empate no tempo regulamentar, o confronto será decidido através de pênaltis.

Semi finaisEditar

Os quatro classificados da fase anterior serão divididos em duas chaves de dois times, que jogarão uma partida na casa do clube de melhor campanha no somatório das fases anteriores, com o vencedor avançando à final. Em caso de empate no tempo regulamentar, o confronto será decidido através de pênaltis.

FinaisEditar

Os dois classificados da fase anterior se enfrentarão em duas partidas, sendo que, o clube que teve melhor campanha no somatório das fases anteriores, tem mando de campo na 2ª partida. Em caso de empate em pontos, o primeiro critério de desempate será o saldo de gols na fase final. Caso o empate persista, o confronto será decidido através de pênaltis. O Gol Marcado fora de casa NÃO vale como criterio de desempate.

Campeão do InteriorEditar

Assim como nos anos anteriores, haverá a disputa do título "Campeão do Interior". Após as quartas, os quatro clubes melhor classificados do "Interior" (excluindo-se os times situados na capital e o Santos Futebol Clube) que não tenham se classificados às semifinais disputarão entre si um torneio pra determinar o Campeão do Interior. Os jogos serão em sistema de "mata-mata", com o melhor colocado do "interior" enfrentando o quarto melhor colocado do interior e com o segundo enfrentando o terceiro. Os vencedores enfrentar-se-ão na final, também em jogos de ida e volta, definindo assim o campeão.

ParticipantesEditar

Equipe Cidade Em 2012 Estádio Capacidade Títulos
Atlético Sorocaba   Sorocaba 3º (Série A2) Walter Ribeiro 13 772 0 (não possui)
Botafogo   Ribeirão Preto 15º (Série A1) Santa Cruz 29 292 0 (não possui)
Bragantino   Bragança Paulista 8º (Série A1) Nabi Abi Chedid 17 022 1 (1990)
Corinthians   São Paulo 5º (Série A1) Pacaembu 37 730 26 (último em 2009)
Guarani   Campinas 2º (Série A1) Brinco de Ouro 29 130 0 (não possui)
Ituano   Itu 14º (Série A1) Novelli Júnior 18 560 1 (2002)
Linense   Lins 11º (Série A1) Gilberto Siqueira Lopes 15 770 0 (não possui)
Mirassol   Mirassol 9º (Série A1) José Maria de Campos Maia 15 000 0 (não possui)
Mogi Mirim Mogi Mirim 7º (Série A1) Vail Chaves 19 900 0 (não possui)
Oeste   Itápolis 10º (Série A1) Amaros 13 444 0 (não possui)
Palmeiras   São Paulo 6º (Série A1) Pacaembu [a] 37 730 22 (último em 2008)
Paulista   Jundiaí 13º (Série A1) Jayme Cintra 13 905 0 (não possui)
Penapolense   Penápolis 4º (Série A2) Tenente Carriço 2 000 [b] 0 (não possui)
Ponte Preta   Campinas 4º (Série A1) Moisés Lucarelli 17 728 0 (não possui)
Santos   Santos 1º (Série A1) Vila Belmiro 16 798 20 (último em 2012)
São Bernardo   São Bernardo do Campo 1º (Série A2) Primeiro de Maio 13 440 0 (não possui)
São Caetano   São Caetano do Sul 12º (Série A1) Anacleto Campanella 16 744 1 (2004)
São Paulo   São Paulo 3º (Série A1) Morumbi 66 795 21 (último em 2005)
União Barbarense   Santa Bárbara d'Oeste 2º (Série A2) Antonio Guimarães 14 913 0 (não possui)
XV de Piracicaba   Piracicaba 16º (Série A1) Barão de Serra Negra 18 000 0 (não possui)

OBS:a. ^ O Estádio Palestra Itália está fechado para a reforma e construção do Allianz Parque, com isso o Palmeiras mandará seus jogos no Estádio do Pacaembu.
b. ^ Oficialmente, o estádio Tenente Carriço em Penápolis, tem capacidade para aproximadamente 4 mil lugares, mas para a disputa do campeonato terá arquibancadas móveis para expandir sua capacidade para 15 mil lugares.

ClassificaçãoEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG % Classificação ou rebaixamento
1   São Paulo 41 19 13 2 4 34 18 16 71.9% Classificados para as Quartas de Final
2   Mogi Mirim 39 19 12 3 4 36 19 17 68.4%
3   Santos 39 19 11 6 2 35 21 14 68.4%
4   Ponte Preta 38 19 10 8 1 27 13 14 66.7%
5   Corinthians 35 19 9 8 2 31 16 15 61.4%
6   Palmeiras 34 19 9 7 3 34 24 10 59.6%
7   Botafogo-SP 31 19 9 4 6 26 23 3 54.4%
8   Penapolense 28 19 8 4 7 26 22 4 49.1%
9   Linense 27 19 7 6 6 26 22 4 47.4%
10   XV de Piracicaba 25 19 6 7 6 31 30 1 43.9%
11   Bragantino 25 19 6 7 6 25 28 -3 43.9%
12   São Bernardo 20 19 5 5 9 24 30 -6 35.1%
13   Paulista 20 19 5 5 9 19 25 -6 35.1%
14   Ituano 20 19 5 5 9 20 29 -9 35.1%
15   Atlético Sorocaba 19 19 5 4 10 26 30 -4 33.3%
16   Oeste 19 19 5 4 10 21 32 -11 33.3%
17   Mirassol 18 19 5 3 11 31 33 -2 31.6% Zona de rebaixamento à Série A2
18   União Barbarense 16 19 3 7 9 14 28 -14 28.1%
19   São Caetano 13 19 2 7 10 19 35 -16 22.8%
20   Guarani 10 19 2 4 13 20 41 -21 17.5%

Fase finalEditar

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no confronto de quartas e semifinal (e no 2º jogo da final) e em negrito os times classificados.
  Quartas de final Semifinais Final
                             
     São Paulo 1  
   Penapolense 0  
     São Paulo 0 (3)  
     Corinthians (pen) 0 (4)  
   Ponte Preta 0
     Corinthians 4  
       Corinthians 2 1
     Santos 1 1
     Mogi Mirim 6  
   Botafogo-SP 0  
     Mogi Mirim 1 (4)
     Santos (pen) 1 (5)  
   Santos (pen) 1 (4)
     Palmeiras 1 (2)  


Quartas de finalEditar

Mandante Placar Visitante
São Paulo   1–0   Penapolense
Mogi Mirim   6–0   Botafogo-SP
Santos   1–1 (4–2 p)   Palmeiras
Ponte Preta   0–4   Corinthians
27 de abril Santos   1 – 1   Palmeiras Vila Belmiro, Santos
16:15
Cícero   14' Relatório   84' Kléber Público: 14 172
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima
    Penalidades  
Miralles  
Cícero  
Montillo  
Renê Júnior  
4 – 2   Kléber
  Souza
  Wesley
  Leandro
 

27 de abril Mogi Mirim   6 – 0   Botafogo-SP Vail Chaves, Mogi Mirim
18:30
Tiago Alves   10'
Val   62'
Henrique   73',   79',   89'
Roni   76'
Relatório Público: 5 240
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza

28 de abril Ponte Preta   0 – 4   Corinthians Moisés Lucarelli, Campinas
16:00
Relatório   32' Romarinho
  38' Emerson
  55' (pen.) Guerrero
  88' Alexandre Pato
Público: 12 460
Árbitro: Raphael Klaus

28 de abril São Paulo   1 – 0   Penapolense Morumbi, São Paulo
18:30
Jailton   72' Relatório Público: 32 995
Árbitro: Wilson Luiz Seneme

SemifinaisEditar

Mandante Placar Visitante
São Paulo   0–0 (3–4 p)   Corinthians
Mogi Mirim   1–1 (4–5 p)   Santos
4 de maio Mogi Mirim   1 – 1   Santos Vail Chaves, Mogi Mirim
18:30
Roni   44' Relatório   76' Edu Dracena Público: 16 645
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra
    Penalidades  
Tiago Alves  
Carlos Alberto  
Roger Gaúcho  
Juninho  
Waguininho  
Val  
Roni  
4 – 5   Miralles
  Cícero
  Renê Júnior
  André
  Neymar
  Léo
  Edu Dracena
 

5 de maio São Paulo   0 – 0   Corinthians Morumbi, São Paulo
16:00
Relatório Público: 29 475
Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado
    Penalidades  
Rogério Ceni  
Rafael Tolói  
Ganso  
Jadson  
Luís Fabiano  
3 – 4   Douglas
  Romarinho
  Fábio Santos
  Alessandro
  Pato
 

FinalEditar

Equipe 1 Total Equipe 2 Ida Volta
Santos   2–3   Corinthians 1–2 1–1
Jogo de Ida
12 de maio Corinthians   2 – 1   Santos Pacaembu, São Paulo
16:00
Paulinho   41'
Paulo André   74'
Relatório   81' Durval Público: 36 306
Árbitro: Wilson Luiz Seneme
Jogo de Volta
19 de maio Santos   1 – 1   Corinthians Vila Belmiro, Santos
16:00
Cícero   26' Relatório   28' Danilo Público: 14 740
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima

Campeonato do InteriorEditar

  Semifinais Final
                 
   Ponte Preta 1  
   Linense 0  
     Ponte Preta 0 4 4
     Penapolense 0 2 2
   Botafogo-SP 1
   Penapolense 4

PremiaçãoEditar

Campeonato Paulista de Futebol 2013 - Série A1
 
CORINTHIANS
Campeão
(27º título)


Troféu do Interior de 2013
 
Ponte Preta
Campeã
(2º título)

ConfrontosEditar

  ATS BOT BRG COR GUA ITU LIN MIR MOG OES PAL PTA PEN PON SAN SBE SCA SPA UNB XVP
Atlético Sorocaba 2–2 2–3 3–2 1–3 1–0 1–2 1–2 4–0 0–1
Botafogo-SP 1–0 0–0 3–1 3–0 2–0 2–0 1–0 2–0 1–3
Bragantino 1–2 2–2 1–0 2–2 1–2 2–1 3–2 0–0 2–2 3-2
Corinthians 2–0 3–2 2–1 5–0 2–2 1–1 0–1 2–0 2–2 3–0
Guarani 0–3 1–3 0–1 0–2 1–2 1–3 0–0 3–1 1–2 1–3
Ituano 0–0 1–2 2–2 1–2 2–1 3–3 0–1 0–0 2–1
Linense 2–1 2–1 0–0 3–1 3–0 1–1 0–0 2–2 2–3
Mirassol 4–3 0–1 1–1 0–1 3–0 6–2 0–1 3–4 3–0 1–2
Mogi Mirim 4–1 0–1 2–3 3–1 1–0 2–2 2–0 3–0 1–0 4–2
Oeste 2–2 2–2 2–1 1–3 2–0 1–2 0–4 1–1 2–0 3–0
Palmeiras 2–0 2–0 0–0 4–1 2–1 2–1 2–3 0–0 3–0 1–0
Paulista 3–1 1–1 1–1 2–3 1–1 0–0 0–1 0–2 1–0
Penapolense 1–1 3–0 3–0 2–0 3–0 1–1 0–2 2–1 2–0
Ponte Preta 2–1 1–0 2–0 0–0 1–0 1–2 2–0 3–1 1–1 3–1
Santos 3–0 0–0 2–1 2–1 2–2 1–3 2–1 1–1 3–1 2–1
São Bernardo 2–2 2–0 2–0 1–2 0–0 1–3 4–1 1–2 0–3
São Caetano 0–1 1–2 3–0 0–2 0–2 1–1 0–2 2–4 2–2
São Paulo 2–1 2–0 1–2 3–2 3–0 2–0 3–2 0–0 0–0 0–1
União Barbarense 1–1 0–0 1–2 1–1 0–4 0–0 0–0 1–2 1–1
XV de Piracicaba 4–1 2–0 1–1 2–3 1–1 2–2 3–3 2–1 2–2

Desempenho por rodadaEditar

Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19
PEN SAN PON SPA

Clubes que ficaram na Lanterna no campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19
ITU OES MIR SBE OES SBE SCA UNB GUA

Seleção do CampeonatoEditar

Seleção do Campeonato Paulista 2013
Posição Jogador Clube
Goleiro Rafael Cabral Santos
Lateral-direito Alessandro Corinthians
Zagueiro Gil Corinthians
Zagueiro Cléber Ponte Preta
Lateral-esquerdo Rodrigo Biro Penapolense
Volante Ralf Corinthians
Volante Paulinho Corinthians
Meia Jádson São Paulo
Meia Danilo Corinthians
Atacante Neymar Jr. Santos
Atacante Guerrero Corinthians
Técnico Dado Cavalcanti Mogi Mirim

ArtilheirosEditar

Rank Jogador Clube Gols
1   William Ponte Preta 13
2   Neymar Santos 12
3   Paolo Guerrero Corinthians 11
4   Fernando Baiano São Bernardo 10
  Guaru Penapolense 10
5   Cícero Santos 9
  Lincom Bragantino 9
  Marcelo Macedo Paulista 9
  Roni Mogi Mirim 9

Fonte: [8]

Maiores públicosEditar

Esses são os dez maiores públicos do Campeonato:[9]

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada
1 36.306   Corinthians 2–1   Santos Pacaembu 12 de maio Final - Ida
2 34.010   Corinthians 2–2   Palmeiras Pacaembu 17 de fevereiro
3 33.558   Corinthians 5–0   Oeste Pacaembu 3 de fevereiro
4 32.995   São Paulo 1–0   Penapolense Morumbi 28 de abril Quartas-de-final
5 29.475   São Paulo 0–0 (3–4 p)   Corinthians Morumbi 5 de maio Semifinais
6 26.507   Botafogo-SP 0–0   Corinthians Santa Cruz 6 de fevereiro
7 25.392   Corinthians 2–2   São Caetano Pacaembu 9 de fevereiro
8 24.044   Corinthians 2–0   Atlético Sorocaba Pacaembu 21 de abril 19ª
9 20.930   São Paulo 1–2   Corinthians Morumbi 31 de março 16ª
10 19.966   Corinthians 3–2   Ituano Pacaembu 9 de março

Não podemos deixar de destacar a brilhante campanha de um time do interior, o Mogi-Mirim, que, na primeira fase, ficou á frente de times como o Corinthians,e Palmeiras,ficando em segundo,atrás apenas do São Paulo. Nas edições de 2012 e 2013 tivemos ótimas campanhas de times do interior, como Penapolense, Mogi-Mirim,Guarani e Ponte Preta.

  • PP. ^ Considera-se apenas o público pagante

Ver tambémEditar

Referências

  1. «TIMÃO IMPEDE TETRA DO SANTOS E VOLTA A SER TODO PODEROSO DO PAULISTÃO». Globo Esporte. 19 de maio de 2013 
  2. «Mirassol 6 x 2 Palmeiras - Seis outra vez, Verdão?». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 23 de janeiro de 2019 
  3. «Palmeiras leva goleada histórica do Mirassol: 6 a 2». VEJA.com. Consultado em 23 de janeiro de 2019 
  4. «Sem jogar, Guarani cai no Paulistão e amarga 9º rebaixamento em 12 anos». GloboEsporte.com. 12 de abril de 2013. Consultado em 12 de abril de 2013 
  5. «Empate rebaixa São Caetano e adia classificação do Penapolense». GloboEsporte.com. 13 de abril de 2013. Consultado em 13 de abril de 2013 
  6. «Neymar faz quatro, Santos vence e derruba o União Barbarense». GloboEsporte.com. 13 de abril de 2013. Consultado em 13 de abril de 2013 
  7. Terra Esportes. «Sem mudanças FPF apresenta regulamento do Campeonato Paulista». Consultado em 3 de novembro de 2012 
  8. «Artilheiros Paulistão 2013». UOL Esporte 
  9. «Campeonato Paulista Série A1». FPF. Consultado em 17 de fevereiro de 2013 

Ligações externasEditar