Abrir menu principal

Campeonato Sergipano de Futebol de 2014 - Série A2

Campeonato Sergipano 2014 - Série A2
Sergipano A2 2014
Sergipe
Dados
Participantes 6
Organização FSF
Anfitrião  Sergipe
Período 18 de Outubro30 de Novembro
Gol(o)s 69
Partidas 30
Média 2,3 gol(o)s por partida
Campeão Bandeira-estanciase.jpg Boca Júnior
Vice-campeão Bandeira-boquim.png Boquinhense
Melhor marcador Luan (Boca Júnior) 6 gols
Melhor ataque (fase inicial) Boca Júnior
Boquinhense 14 gols feitos
Melhor defesa (fase inicial) Boquinhense 4 gols sofridos
Maiores goleadas
(diferença)
Maruinense Band maruim.png 0 - 5 Bandeira de Simão Dias.png Independente
VavazãoMaruim
8 de novembro
 
Aracaju Bandeira de Aracaju.svg 0 - 5 Bandeira nossa senhora dores.svg Dorense
João HoraAracaju
16 de novembro
 
Boquinhense Bandeira-boquim.png 8 - 1 Band maruim.png Maruinense
TrindadãoBoquim
30 de novembro
Público 4 468
Média 154,1 pessoas por partida
◄◄ SergipeSergipano A2 2013 Soccerball.svg Sergipano A2 2015Sergipe ►►

O Campeonato Sergipano da Série A2 de 2014 será a 24ª edição do torneio e corresponde à segunda divisão do futebol do estado de Sergipe em 2014. As inscrições poderão ser realizadas até o dia de 30 de junho.

Segundo a mídia desportiva local, em continuidade desde 2011, o evento tende a ser um dos mais competitivos dos últimos tempos. Como resposta ao planejamento compactuado com o projeto de angariamento do futebol local, sua organização e reconhecimento estão em ascensão não só no cenário regional, como também ganhando visibilidade nacional.

O acesso só foi definido na 10ª rodada, a última. Em Aracaju, o Boca Júnior confirmou o retorno à Série A1, após derrotar o Aracaju por 2–1. O próprio Boca Júnior sagrou-se campeão pela terceira vez do torneio. Na mesma rodada, a Boquinhense conquista seu primeiro acesso para a Série A1, com a vitória por 8–1 sobre o Maruinense, fora de casa. O Dorense foi a terceira equipe na classificação, após vencer o Independente no Ariston Azevedo por 2–1. O clube da cidade de Nossa Senhora das Dores poderia conquistar o acesso caso o time do Boquinhense perdesse os pontos no STJD pela escalação do jogador David Bolinho, que atuou por duas rodadas de forma irregular mas o julgamento foi a favor do time alviverde.

Previsões do CampeonatoEditar

Depois de a competição tomar as maiores proporções da sua história nos anos de 2011 e 2012, e de uma baixa no ano de 2013, a segunda divisão estadual de 2014 foi diferente da edição anterior. Isso porque a edição de 2013 contou com a participação de apenas 4 clubes. Por meio de planejamento antecipado, Boca Júnior entrou como favorito ao acesso do Sergipano A1 de 2015.

Com as novas medidas tomada pela Federação Sergipana de Futebol de profissionalizar cada vez mais o futebol de Sergipe, muitos clubes tradicionais do estado desistiram de participar do último certame devido à falta de refletores e condições dos seus estádios de futebol, rebaixados da elite em 2013 só o Boca Júnior garantiu vaga na edição deste ano o, América não solicitou participação na Segundona. Enquanto isso, Laranjeiras e Guarany sinalizaram interesse no certame de 2014, mas, como muitos clubes da Série A2, esbarraram na exigência dos refletores; outros clubes também estavam com o mesmo problema: Cotinguiba, clube mais antigo do estado e com problemas financeiros, Boquinhense, Aquidabã e Propriá.

Somente seis clube se inscreveram no Campeonato Sergipano Série A2 de 2014: Boca Júnior de Estância, Boquinhense de Boquim, Dorense de Nossa Senhora das Dores, Maruinense de Maruim, Aracaju da capital Aracaju e o estreante Independente da cidade de Simão Dias.

Polêmicas contra a FSF

Alguns clubes como Boquinhense, Guarany, América e Propriá foram vetados do campeonato em 2014 devido à falta de sistema de iluminação nos seus estádios. Muitos clubes questionaram que os clubes Sergipe e Confiança foram beneficiados no Campeonato Sergipano Série A1 de 2014, pois ambas as equipes da capital não possuíam refletores e a FSF deixou os clubes mandarem jogos no interior do estado.

Caso Dorense

O Dorense passou por várias reviravoltas desde o ano passado, em 2013 não pôde participar por falta de refletores e em 2014 o Governo Estadual prometeu colocar os refletores no Estádio Ariston Azevedo, na cidade de Nossa Senhora das Dores. Devido aos grandes manifestos feitos por muitos torcedores, não só do clube, mas como de outras agremiações, e o questionamento do presidente do Dorense em que Carivaldo deixou os clubes da capital Sergipe e Confiança atuarem fora de Aracaju, o clube conseguiu participar da competição de 2014, sendo que suas primeiras partidas foram na cidade de Maruim no Estádio Vavazão. Logo após terminar de instalar os refletores o clube voltará a jogar em seus domínios, sendo que a Federação deu um prazo para que o clube confirme a instalação dos refletores.

Existe uma promessa do Governo do Estado para colocar refletores no Ariston Azevedo. A nossa diretoria vai se reunir e ver qual é a possibilidade disso acontecer. Eu vou cobrar uma posição da Federação que deixou Sergipe e Confiança jogarem fora da capital. Dores merece o mesmo direito, caso não consiga os refletores - afirmou o presidente do Dorense, Ronaldo Silva.

Caso Boquinhense

David Bolinho foi expulso no dia 14 de maio de 2014, quando defendia o Estanciano na semifinal do Campeonato Sergipano da Série A1. Após cumprir a suspensão automática pela expulsão, o jogador pegou um gancho de quatro partidas de suspensão. Sem jogar desde o resultado do julgamento, o meia foi contratado pela diretoria do Boquinhense e entrou em campo nas duas primeiras rodadas da Segundona, mesmo com a punição de três jogos a cumprir.

Segundo a denúncia da Procuradoria, em caso de escalação irregular, o clube deve ser punido com a "perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória no regulamento da competição, independentemente do resultado da partida, e multa de até R$ 100 mil. Para os fins deste artigo, não serão computados os pontos obtidos pelo infrator”. Com isso, o Alviverde corre o risco de perder os quatro pontos que conquistou nos dois primeiros jogos da Série A2, mais seis que equivalem ao dobro de pontos das duas partidas.

FormatoEditar

Primeira FaseEditar

Esta será a única fase da competição e as equipes jogarão em partidas de ida e volta, os dois primeiros do campeonato decidem o título em duas partidas. Campeão e vice garantem o acesso à Série A1 de 2015.

Critério de desempateEditar

Os critérios de desempate serão aplicados na seguinte ordem:

  1. Maior número de vitórias
  2. Maior saldo de gols
  3. Maior número de gols pró (marcados)
  4. Maior número de gols contra (sofridos)
  5. Confronto direto
  6. Sorteio

Equipes participantesEditar

Equipe Cidade Em 2013 Estádios (capacidade) Títulos
Aracaju Futebol Clube   Aracaju (Não participou) João Hora (6.000) 0 (não possui)
Sociedade Boca Júnior Futebol Clube   Estância 9º (Série A1) Francão (8.000) 2 (2004 e 2007)
Associação Boquinhense de Desporto   Boquim (Não participou) Trindadão (5.000) 0 (não possui)
Dorense Futebol Clube   Nossa Senhora das Dores (Não participou) Ariston Azevedo (3.000) 0 (não possui)
Centro Sportivo Maruinense   Maruim 4º (Série A2) Vavazão (10.235) 1 (em 2003)
Associação Desportiva Independente Futebol Clube   Simão Dias (Estreante) Albano Franco (5.000) 0 (não possui)

Fase ÚnicaEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Zona de classificação
1   Boca Júnior 19 10 5 4 1 14 7 7 Promovidos a Série A1 de 2015
2   Boquinhense 17 10 4 6 0 14 4 10
3   Dorense 15 10 4 3 3 13 8 5
4   Independente 13 10 3 4 3 11 5 6
5   Aracaju 9 10 2 3 5 10 19 -9
6   Maruinense 6 10 1 3 6 7 26 -19

TurnoEditar

ReturnoEditar

Desempenho por rodada
  • Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada:
Fase Única
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
ARA BOQ BOC
  • Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:
Fase Única
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
IND BOC IND MAR

PremiaçãoEditar

Sergipano Série A2 de 2014
 
Boca Júnior
Campeão
3º título

Classificação geralEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Zona de classificação
1   Boca Júnior 19 10 5 4 1 14 7 7 Promovidos a Série A1 de 2015
2   Boquinhense 17 10 4 6 0 14 4 10
3   Dorense 15 10 4 3 3 13 8 5
4   Independente 13 10 3 4 3 11 5 6
5   Aracaju 9 10 2 3 5 10 19 -9
6   Maruinense 6 10 1 3 6 7 26 -19

ArtilhariaEditar

Gols Jogador Time
6   Luan Boca Júnior
4
  Cristiano Alagoano Dorense
  Júnior Maruinense
  Nilson Sergipano Independente

Maiores públicosEditar

Esses são os dez maiores públicos do Campeonato:

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada
1 419 Independente   0 – 0   Dorense Estadual Aragão 19 de outubro
2 385 Dorense   2 – 1   Independente Aristão 30 de novembro 10ª
3 316 Dorense   2 – 2   Maruinense Aristão 25 de outubro
4 309 Dorense   2 – 1   Aracaju Aristão 1 de novembro
5 303 Independente   1 – 0   Boquinhense Estadual Aragão 2 de novembro
  • PP. ^ Considera-se apenas o público pagante

Média de públicoEditar

Time Total Jogos Média
1   Dorense 1.397 5 279
2   Independente 1.095 5 219
3   Boquinhense 1.012 5 202
4   Aracaju 460 5 92
5   Boca Júnior 389 5 77
6   Maruinense 115 4 28

PremiaçãoEditar

Série A2 de 2014
Boca Júnior
Campeão
(3º título)
Vice Campeão: Terceiro colocado: Quarto colocado: Artilheiro:
  Boquinhense   Dorense   Independente   Luan 6 gols
Público total: Renda total: Média de público: Média de renda:
4.468 46.160,00 R$ 154 1.591,72 R$

Promoções e rebaixamentosEditar

Divisão Clubes rebaixados Clubes promovidos
Série A1
Série A2
  Canindé
  Olímpico
  Boca Júnior
  Boquinhense

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar