Abrir menu principal

Campeonato Sergipano de Futebol de 2016 - Série A2

Campeonato Sergipano 2016 - Série A2
Sergipano A2 2016
Sergipe
Dados
Participantes 12
Organização FSF
Anfitrião  Sergipe
Período 8 de outubro19 de novembro
Gol(o)s 87
Partidas 41
Média 2,12 gol(o)s por partida
Campeão Bandeira frei paulo.svg Frei Paulistano (1º título)
Vice-campeão Bandeira cristinapolis.png Botafogo de Cristinápolis
Melhor ataque (fase inicial) Frei Paulistano 16 gols
Melhor defesa (fase inicial) Frei Paulistano 3 gols
Maior goleada
(diferença)
Olímpico Brasao itabaianinha.jpg 5 – 1 Bandeira de Simão Dias.png Independente
Estádio SouzãoItabaianinha
12 de outubro
Público 4 370
Média 109,3 pessoas por partida
◄◄ SergipeSergipano A2 2015 Soccerball.svg Sergipano A2 2017Sergipe ►►

O Campeonato Sergipano da Série A2 de 2016 será a 27ª edição do torneio e corresponde à segunda divisão do futebol do estado de Sergipe em 2016.

Como sempre, a mídia desportiva local, em continuidade desde 2011, se utiliza do senso-comum para afirmar que o evento tende a ser um dos mais competitivos dos últimos tempos. A competitividade é estimulada pelas prefeituras e políticos locais, interessadas em ganhos políticos, especialmente em anos eleitorais. Entretanto, os clubes deixam a desejar em termos de profissionalismo. Neste sentido, pode-se afirmar que a competição é amadora.

O acesso só foi definido no dia 12 de novembro. Na cidade de Frei Paulo, o Frei Paulistano confirmou a sua primeira participação ao Série A1 de 2017, após ganhar o primeiro jogo por 1–0 em na cidade de Propriá e vencer em casa por 4–0 o Propriá. Na cidade de Cristinápolis, o Botafogo de Cristinápolis confirmou sua estréia também para a Série A1 de 2017, primeiro em Propriá empatou por 0–0 e jogando em casa venceu o América por 2–0 .

A edição de 2016 foi decidido em dois jogos, nos dois jogo entre o Frei Paulistano time de melhor campanha e o Botafogo de Cristinápolis o placar foi de 0–0 sagrando-se campeão por ter a melhor campanha, o Frei Paulistano e o Botafogo de Cristinápolis sendo a equipe vice-campeã.

Previsões do CampeonatoEditar

Depois de a competição tomar as maiores proporções da sua história nos anos de 2011 e 2012, de ter uma baixa no ano de 2013 e de ter mostrado uma grande competitividade em 2015 a segunda divisão estadual de 2016 pretender ser bem acirrada. Isso porque a edição de 2015 contou com a participação 12 clubes brigando pela classificação ao mata mata até a ultima rodada. Por meio de planejamento antecipado Lagartense, Coritiba e Olímpico entram como favorito ao acesso do Sergipano A1 de 2017, correm por fora Sete de Junho e Maruinense.

Com as novas medidas tomada pela Federação Sergipana de Futebol de profissionalizar cada vez mais o futebol de Sergipe, muitos clubes tradicionais do estado correm atrás a se adequar as exigências e participar do certame devido. Clubes que estão aptos a jogar a Série A2, América, Aracaju, Aquidabã, Independente, Maruinense, Propriá e Sete de Junho.

Participantes da Série A2 de 2016

Já confirmados no campeonato este ano América e Propriá da cidade de Propriá, Aracaju, Botafogo, Boquinhense, Canindé, Coritiba, Frei Paulistano, Independente, Maruinense, Olímpico e Rosário Central.

FormatoEditar

RegulamentoEditar

Primeira Fase

As associações serão distribuídas em grupos regionalizados. As equipes de cada grupo disputarão jogos de ida e volta entre si e se classificam para a segunda fase as semifinais o melhores times de cada grupo e o melhores segundo colocado.

Fase Final

A fase final ira ser dividade em semifinais e final respectivamente. Campeão e vice garantem o acesso à Série A1 de 2017.

A Associação vencedora do confronto Final da Fase Final será declarada Campeã do Campeonato Sergipano de Futebol Profissional da Série A21 de 2016 e será a primeira representante Série A1 de 2017.

A Associação que ficar na segunda posição do confronto Final da Fase Final será declarada Vice-Campeã do Campeonato Sergipano de Futebol Profissional da Série A-2 de 2016 e será a segunda representante Série A1 de 2017.

Critério de desempateEditar

Os critérios de desempate serão aplicados na seguinte ordem:

  1. Maior número de vitórias
  2. Maior saldo de gols
  3. Maior número de gols pró (marcados)
  4. Maior número de gols contra (sofridos)
  5. Confronto direto
  6. Sorteio

Equipes participantesEditar

Equipe Cidade Em 2015 Estádios (capacidade) Títulos
América Futebol Clube   Propriá 5º (Série A2) Durval Feitosa (3.000) 2 (2006 e 2012)
Aracaju Futebol Clube   Aracaju 8º (Série A2) Sabino Ribeiro (4.000) 0 (não possui)
Botafogo Associação Sergipana de Futebol   Cristinápolis Estreante Geraldão (2.000) 0 (não possui)
Associação Boquinhense de Desporto   Boquim 9º (Série A1) Tindadão (5.000) 0 (não possui)
Clube Desportivo de Canindé do São Francisco   Canindé de São Francisco 6º (Série A2) André Avelino (3.000) 0 (não possui)
Itabaiana Coritiba Foot Ball Clube   Itabaiana 10º (Série A1) Etelvino Mendonça (Tremendão) (11.224) 2 (em 1999 e 2013)
Associação Desportiva Frei Paulistano   Frei Paulo Estreante Municipal de Frei Paulo (5.000) 0 (não possui)
Associação Desportiva Independente Futebol Clube   Simão Dias 9º (Série A2) Albano Franco (5.000) 0 (não possui)
Centro Sportivo Maruinense   Maruim 7º (Série A2) Vavazão (10.235) 1 (em 2003)
Olímpico Esporte Clube   Itabaianinha 3º (Série A2) Souzão (4.000) 1 (em 1994)
Esporte Clube Propriá   Propriá 11º (Série A2) Durval Feitosa (3.000) 2 (em 1964 e 1983)
Clube Atlético Rosário Central   Rosário do Catete Estreante Resendão (5.000) 0 (não possui)

Primeira FaseEditar

Equipes classificadas às semifinais
Equipe classificada como melhor segundo colocado
Equipes eliminadas

Grupo AEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Zona de classificação
1   Botafogo-SE 15 6 5 0 1 12 6 6 Classificado para as Semifinais
2   Olímpico 11 6 3 2 1 13 4 9 Eliminados
3   Boquinhense 4 6 1 1 4 5 12 -7
4   Independente 4 6 1 1 4 5 13 -7

JogosEditar

Grupo BEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Zona de classificação
1   Frei Paulistano 16 6 5 1 0 11 3 8 Classificado para as Semifinais
2   Coritiba-SE 7 6 1 4 1 4 4 0 Eliminados
3   Aracaju 5 6 1 2 3 2 5 -3
4   Maruinense 3 6 0 3 3 3 8 -5

JogosEditar

Grupo CEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Zona de classificação
1   América 13 6 4 1 1 9 3 6 Classificado para as Semifinais
2   Propriá 12 6 4 0 2 8 6 2
3   Rosário Central 6 6 2 0 4 4 9 -5 Eliminados
4   Canindé 4 6 1 1 4 4 7 -3

JogosEditar

Desempenho por rodadaEditar

Índice técnicoEditar

Clube Pts J V E D GP GC SG Grupo
  Propriá 12 6 4 0 2 8 6 2 Grupo C
  Olímpico 11 6 3 2 1 13 4 9 Grupo A
  Coritiba-SE 7 6 1 4 1 4 4 0 Grupo B

Classificação para a fase finalEditar

Na fase final, os confrontos serão definidos através das campanhas dos times. Para os confrontos das semifinais, os 4 clubes classificados serão divididos em um bloco: no Bloco I ficaram as 3 equipes classificadas em primeiro lugar ocupado as três primeiras posições do bloco e a equipe melhor classificada em segundo lugar. Dessa forma, o time de melhor campanha entre os primeiros colocados enfrenta o time de pior campanha (no caso o melhor segundo colocado); o de segunda melhor campanha enfrenta o de terceira pior campanha. Na sequência do torneio, a soma das campanhas nas fases anteriores define os confrontos, repetindo o formato e colocando frente a frente o time classificado de melhor pontuação geral contra a equipe classificada de pior campanha geral, e assim sucessivamente.

Tabela de classificação após a primeira fase
Bloco I
Pos. Equipes Pts J V E D GP GC SG
1   Frei Paulistano 16 6 5 1 0 11 3 8
2   Botafogo-SE 15 6 5 0 1 12 6 6
3   América 13 6 4 1 1 9 3 6
4   Propriá 12 6 4 0 2 8 6 2
Bloco II
Pos. Equipes Pts J V E D GP GC SG
1   Frei Paulistano 22 8 7 1 0 16 3 15
2   Botafogo-SE 19 8 6 1 1 14 6 8

Fases finaisEditar

Em Itálico os clubes que mandaram o primeiro jogo em casa. Em Negrito os clubes classificados para a próxima fase.

  Semifinais Final
                     
   Propriá 0 0 0  
   Frei Paulistano 1 4 5  
     Frei Paulistano 0 0 0
     Botafogo-SE 0 0 0
   América 0 0 0
   Botafogo-SE 0 2 2

Jogos da SemifinaisEditar

Terceira Fase - FinalEditar

Ida
Quarta-feira, 16 de novembro Botafogo-SE   0 – 0   Frei Paulistano Geraldão, Cristinápolis
15:00
Súmula FSF
Borderô FSF
Público: 120 pagantes
Renda: R$ 1.200,00
Árbitro:  SE Marcelo Soares da Silva
Volta
Sábado, 19 de novembro Frei Paulistano   0 – 0   Botafogo-SE Municipal de Frei Paulo, Frei Paulo
15:00
Súmula FSF
Borderô FSF
Público: 559 pagantes
Renda: R$ 5.990,00
Árbitro:  SE Marcel Philipe S. Martins

PremiaçãoEditar

Campeonato Sergipano Série A2 de 2016
 
Frei Paulistano
Campeão
(1º título)

Maiores públicosEditar

Esses são os cinco maiores públicos do Campeonato:

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Data Rodada
1 407 Propriá   0 – 3   América Durval Feitosa 2 de novembro 6ª Rodada
2 272 América   2 – 1   Propriá Durval Feitosa 8 de outubro 1ª Rodada
3 252 Frei Paulistano   1 – 1   Coritiba-SE Estádio Municipal 9 de outubro 1ª Rodada
4 235 América   0 – 0   Frei Paulistano Durval Feitosa 6 de novembro Semifinais (Ida)
5 185 Olímpico   4 – 1   Botafogo-SE Souzão 2 de novembro 6ª Rodada

Média de públicoEditar

A média de público considera apenas os jogos da equipe como mandante.

  • i. ^ Considera-se apenas o público pagante

Classificação GeralEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Zona de classificação
1   Frei Paulistano 24 10 7 3 0 16 3 13 Promovidos a Série A1 de 2017
2   Botafogo-SE 21 10 6 3 1 14 6 8
3   América 14 8 4 2 2 9 5 4 Eliminados nas semifinais
4   Propriá 12 8 4 0 4 8 11 -3
5   Olímpico 11 6 3 2 1 13 4 9 Eliminados na fases de grupos
6   Coritiba-SE 7 6 1 4 1 4 4 0
7   Rosário Central 6 6 2 0 4 4 9 -5
8   Aracaju 5 6 1 2 3 2 5 -3
9   Canindé 4 6 1 1 4 4 7 -3
10   Boquinhense 4 6 1 1 4 5 12 -7
11   Independente 4 6 1 1 4 5 12 -7
12   Maruinense 3 6 0 3 3 3 8 -5

Promoções e rebaixamentosEditar

Divisão Clubes rebaixados Clubes promovidos
Série A1
Série A2
  Guarany-SE
  Socorrense
  Botafogo-SE
  Frei Paulistano

Referências

Ver tambémEditar