Abrir menu principal

Campeonato Uruguaio de Futebol de 2009–10

Campeonato Uruguaio de Futebol de 2009–10
CVI Campeonato Uruguayo
Ingeniero Héctor Del Campo
Dados
Participantes 16
Organização AUF
Local de disputa Uruguai
Período 22 de agosto de 2009 – 18 de maio de 2010
Gol(o)s 711
Partidas 243
Média 2,93 gol(o)s por partida
Campeão Peñarol (48º título)
Vice-campeão Nacional
Rebaixado(s)
Melhor marcador UruguaiURU Antonio Pacheco (Peñarol) – 23 gols[1]
Melhor ataque (fase inicial) Peñarol – 68 gols
Melhor defesa (fase inicial) Nacional – 26 gols
Maiores goleadas
(diferença)
Liverpool 7 – 1 Tacuarembó
22 de outubro de 2009, Apertura, 8ª rodada
 
Atenas 0 – 6 Nacional
13 de março de 2010, Clausura, 8ª rodada
 
Montevideo Wanderers 7 – 1 Cerro Largo
4 de abril de 2010, Clausura, 11ª rodada
Outras divisões
Segunda Divisão El Tanque Sisley
Segunda Divisão Amadora Huracán
◄◄ Uruguai Uruguaio 2008–09 Soccerball.svg Uruguaio 2010–11 Uruguai ►►

O Campeonato Uruguaio de Futebol de 2009–10 foi a 79ª edição da era profissional do Campeonato Uruguaio. Nesta temporada, a competição teve o nome de Ingeniero Héctor Del Campo, em homenagem ao ex-presidente do Danubio. Após bater o Nacional na final, o Peñarol sagrou-se campeão.[2][3]

Regulamento[4]Editar

As equipes participantes jogam os torneios Apertura e Clausura, no segundo semestre de 2009 e no primeiro de 2010, respectivamente. Ambos os torneios são sob o sistema de pontos corridos, em um único turno.

Os campeões dos Torneios Apertura e Clausura disputam uma semifinal. O ganhador da partida enfrenta o vencedor da tabela anual (soma dos pontos obtidos nos torneios Apertura e Clausura) em dois jogos finais, onde quem vencer torna-se o campeão do Campeonato Uruguaio.

Com tal regulamento, existem duas possibilidades de haver um campeão sem a disputa da final: no caso de um time vencer um dos Torneios, Apertura ou Clausura, e vencer também a tabela anual, basta derrotar seu oponente na semifinal para sagrar-se campeão antecipado, já que teria terminado a tabela anual no primeiro lugar. A outra possibilidade é uma equipe ganhar os dois Torneios, Apertura e Clausura, para sagrar-se campeã, já que por consequência disso terminaria na primeira colocação da tabela anual e não haveria necessidade de jogar sequer semifinal.

A tabela de descenso consiste na soma dos pontos da tabela anual desta temporada e da temporada passada. As equipes que subiram da Segunda Divisão tem seus pontos multiplicados por 1,9665 nessa temporada, já que na edição anterior, as equipes disputaram apenas 29 de 30 partidas previstas, pois antes do início do Torneio Clausura, o Villa Española foi rebaixado para a Segunda Divisão Amadora, que equivale à Terceira Divisão do futebol uruguaio, por não ter pago as dívidas que tinha com a Asociación Uruguaya de Fútbol (AUF).[5] São rebaixados à Segunda Divisão os três piores clubes colocados na tabela de descenso.

Classificação[4]Editar

Torneio AperturaEditar

O Torneio Apertura começou em 22 de agosto de 2009 e terminou em 13 de dezembro do mesmo ano.

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
Nacional 36^ 15 13 0 2 36 11 25
Liverpool 29 15 8 5 2 31 14 17
Defensor Sporting 29 15 8 5 2 28 16 12
Montevideo Wanderers 26 15 7 5 3 24 13 11
Peñarol 26 15 7 5 3 28 19 9
Rampla Juniors 24 15 7 3 5 18 19 -1
Danubio 23 15 7 2 6 26 25 1
River Plate 23 15 6 5 4 24 23 1
Racing 20 15 5 5 5 25 22 3
10º Cerrito 18 15 4 6 5 20 21 -1
11º Cerro Largo 16 15 4 4 7 15 18 -3
12º Tacuarembó 16 15 5 1 9 17 24 -7
13º Central Español 12 15 2 6 7 13 28 -15
14º Cerro 11 15 2 5 8 18 31 -13
15º Atenas 11 15 3 2 10 9 32 -23
16º Fénix 6 15 1 3 11 10 26 -16



 Vencedor do Torneio Apertura e classificado à semifinal.

Torneio ClausuraEditar

O Torneio Clausura começou em 23 de janeiro de 2010 e terminou em 2 de maio do mesmo ano.

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
Peñarol 43 15 14 1 0 40 15 +25
Cerro 29 15 9 2 4 28 18 +10
Fénix 29 15 8 5 2 21 11 +10
Nacional 27 15 8 3 4 27 15 +12
River Plate 23 15 6 5 4 31 19 +12
Central Español 22 15 6 4 5 24 20 +4
Liverpool 22 15 6 4 5 22 21 +1
Rampla Juniors 22 15 6 4 5 18 18 0
Racing 19 15 6 1 8 18 29 -11
10º Tacuarembó 18 15 5 3 7 22 28 -6
11º Defensor Sporting 17 15 5 2 8 21 28 -7
12º Danubio 16 15 5 1 9 21 25 -4
13º Montevideo Wanderers 15 15 4 3 8 25 26 -1
14º Cerrito 14 15 4 2 9 17 27 -10
15º Cerro Largo 12 15 3 3 9 13 34 -21
16º Atenas 10 15 3 1 11 16 30 -14


 Vencedor do Torneio Clausura e classificado à semifinal.

Tabela anualEditar

A tabela anual resulta na soma dos pontos obtidos nos Torneios Apertura e Clausura.

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG
Peñarol 69 30 21 6 3 68 34 +34
Nacional 63^ 30 21 3 6 63 26 +37
Liverpool 51 30 14 9 7 53 35 +18
River Plate 46 30 12 10 8 55 42 +13
Defensor Sporting 46 30 13 7 10 49 44 +5
Rampla Juniors 46 30 13 7 10 36 37 -1
Montevideo Wanderers 41 30 11 8 11 49 39 +10
Cerro 40 30 11 7 12 46 49 -3
Danubio 39 30 12 3 15 47 50 -3
10º Racing 39 30 11 6 13 43 51 -8
11º Fénix 35 30 9 8 13 31 37 -6
12º Central Español 34 30 8 10 12 37 48 -11
13º Tacuarembó 34 30 10 4 16 39 52 -13
14º Cerrito 32 30 8 8 14 37 48 -11
15º Cerro Largo 28 30 7 7 16 28 52 -24
16º Atenas 21 30 6 3 21 25 62 -37



 Vencedor da tabela anual e classificado à final.

ConfrontosEditar

Em verde as vitórias da equipe mandante, em vermelho da equipe visitante e em azul os empates.

Mandante\Visitante Ate CEs CSC Cer CeL Dan Def Fén Liv Nac Peñ Rac Ram Riv Tac Wan
Atenas 0-1 0-0 0-1 2-0 0-2 3-1 1-1 1-2 0-6 0-5 0-5 1-2 0-2 2-0 0-2
Central Español 1-0 2-2 1-2 1-2 2-0 0-4 1-0 0-0 0-2 0-2 1-1 0-3 2-2 4-1 1-1
Cerrito 2-0 1-3 1-4 1-1 2-2 2-0 1-2 1-4 2-5 2-2 3-0 1-1 1-1 2-0 1-2
Cerro 3-2 1-2 0-2 1-1 1-0 1-4 3-2 5-1 3-1 1-2 1-0 1-1 2-3 1-1 1-2
Cerro Largo 0-2 1-0 0-1 0-1 2-3 1-3 1-0 1-0 0-1 1-2 1-3 1-1 2-2 1-2 0-0
Danubio 0-1 2-0 1-0 4-2 2-0 3-0 1-2 2-2 0-2 1-2 2-3 1-2 2-2 4-5 2-3
Defensor Sporting 5-1 3-4 1-0 1-0 0-0 0-1 2-0 2-2 0-3 2-3 1-1 2-1 1-1 2-3 2-0
Fénix 1-4 2-2 0-0 2-0 1-1 4-1 3-0 1-1 0-1 1-2 0-2 1-0 0-3 0-2 2-1
Liverpool 2-0 0-2 4-3 2-0 3-0 1-0 3-0 0-0 0-2 2-2 2-0 3-1 1-1 7-1 1-1
Nacional 5-0 5-1 3-1 2-0 3-1 2-1 0-1 1-1 2-1 3-0 3-2 3-0 1-4 1-0 2-1
Peñarol 3-2 3-2 3-1 1-1 5-0 2-3 1-1 1-0 3-1 0-0 3-0 3-0 2-2 1-0 4-2
Racing 3-2 1-0 1-1 3-3 1-2 1-2 3-3 0-2 2-0 0-3 2-1 2-1 0-2 4-1 0-4
Rampla Juniors 4-1 0-0 1-0 2-2 1-3 2-0 0-3 2-1 1-3 1-0 1-2 0-0 2-1 1-0 2-1
River Plate 1-0 3-3 3-0 0-1 1-4 3-0 1-2 0-1 1-4 1-0 2-3 4-1 1-1 3-1 2-1
Tacuarembó 2-0 3-1 1-0 3-3 3-0 1-2 0-1 1-1 0-1 1-1 1-3 2-0 0-1 2-1 1-2
Wanderers 0-0 1-1 1-2 3-1 7-1 1-3 2-2 2-0 0-0 4-0 0-2 1-2 0-1 2-2 2-1

Tabela de descensoEditar

A tabela de descenso consiste na soma do pontos da tabela anual desta temporada e da temporada passada. As equipes que subiram da Segunda Divisão tem seus pontos multiplicados por 1,9665 nessa temporada, já que na edição anterior, as equipes disputaram apenas 29 de 30 partidas previstas, pois antes do início do Torneio Clausura, o Villa Española foi rebaixado para a Segunda Divisão Amadora, que equivale à Terceira Divisão do futebol uruguaio, por não ter pago as dívidas que tinha com a Asociación Uruguaya de Fútbol (AUF).[5]

Pos Equipe 2008–09 2009–10 Pts J Total
Nacional 55 63 118 59 118
Peñarol 48 69 117 59 117
Defensor Sporting 64 46 110 59 110
Liverpool 52 51 103 59 103
River Plate 50 46 96 59 96
Cerro 52 40 92 59 92
Racing 50 39 89 59 89
Danubio 47 39 86 59 86
Montevideo Wanderers 35 41 76 59 76
10º Fénix 35 35 30 68,83
11º Central Español 32 34 66 59 66
12º Rampla Juniors 19 46 65 59 65
13º Tacuarembó 29 34 63 59 63
14º Cerrito 32 32 30 62,93
15º Cerro Largo 28 28 56 59 56
16º Atenas 21 21 30 41,29


 Rebaixados à Segunda Divisão.


Promovidos para a próxima temporada: El Tanque Sisley, Bella Vista e Miramar Misiones.

Fase final[4]Editar

  Semifinal Final
               
 
 Nacional (Vencedor do Torneio Apertura) 2
 Peñarol (Vencedor do Torneio Clausura) 0
 Nacional (Vencedor da semifinal) 0 1
 Peñarol (Vencedor da tabela anual) 1 1

SemifinalEditar

O triunfo do Nacional o classificou à final, onde novamente enfrentaria o Peñarol, já que o time Carbonero terminou na primeira colocação da tabela anual.

12 de maio de 2010 Peñarol 0 – 2 Nacional Estádio Centenário, Montevidéu
20:30 (UTC-3)
Relatório García   13'   59' Público: 55 000
Árbitro: Jorge Larrionda
     
 
 
Peñarol
     
 
 
Nacional
G 1   Sebastián Sosa
LD 13   Matías Aguirregaray
Z 3   Gerardo Alcoba
Z 6   Guillermo Rodríguez
LE 22   Darío Rodríguez
V 16   Sergio Orteman   17'
V 5   Arévalo Ríos   33'
M 17   Jonathan Urretavizcaya
M 25   Gastón Ramírez   23'   62'
A 8   Antonio Pacheco (c)   67'
A 20   Alejandro Martinuccio   85'
Reservas:
G 12   Gonzalo Noguera
D 4   Alejandro González
D 24   Emiliano Albín
MC 10   Rubén Olivera   67'
MC 18   Marcelo Sosa
A 11   Bosco Frontán
A 9   Diego Alonso   62'
Treinador:
  Diego Aguirre
G 25   Rodrigo Muñoz
LD 15   Álvaro González
Z 2   Alejandro Lembo
Z 19   Sebastián Coates
LE 4   Christian Núñez
V 13   Raúl Ferro   76'
V 21   Óscar Morales (c)   6'
M 16   Gustavo Varela   21'   58'
M 10   Ángel Morales   61'
A 20   Santiago García
A 14   Mario Regueiro   16'
Reservas:
G 1   Leonardo Burián
D 18   Gonzalo Godoy
MC 8   Matías Cabrera   76'
MC 22   Mauricio Pereyra   61'
MC 17   Maximiliano Calzada   58'
A 11   Sergio Blanco
A 24   Diego Vera
Treinador:
  Eduardo Acevedo

Homem do jogo:
  Santiago García

Árbitros assistentes:
  Pablo Fandiño
  Mauricio Espinosa
Quarto árbitro:
  Darío Ubríaco

FinalEditar

O Peñarol sagrou-se campeão ao vencer o Nacional por 2 a 1 no placar agregado.

Jogo de idaEditar

15 de maio de 2010 Nacional 0 – 1 Peñarol Estádio Centenário, Montevidéu
16:00 (UTC-3)
Relatório Pacheco   23' Público: 35 000
Árbitro: Héctor Martínez
     
 
 
Nacional
     
 
 
Peñarol
G 25   Rodrigo Muñoz
LD 15   Álvaro González   73'
Z 2   Alejandro Lembo   45'
Z 19   Sebastián Coates   17'
LE 4   Christian Núñez
V 21   Óscar Morales (c)
V 13   Raúl Ferro   45'
M 16   Gustavo Varela   61'
M 10   Ángel Morales   75'
A 14   Mario Regueiro   90'
A 20   Santiago García   62'
Reservas:
G 1   Leonardo Burián
D 18   Gonzalo Godoy
MC 8   Matías Cabrera       73'
MC 17   Maximiliano Calzada       45'
MC 22   Mauricio Pereyra
A 11   Sergio Blanco
A 24   Diego Vera   75'
Treinador:
  Eduardo Acevedo
G 1   Sebastián Sosa
LD 13   Matías Aguirregaray
Z 4   Alejandro González   43'
Z 6   Guillermo Rodríguez
LE 22   Darío Rodríguez   62'
V 5   Arévalo Ríos
V 16   Sergio Orteman
M 17   Jonathan Urretavizcaya    
M 25   Gastón Ramírez   75'
A 8   Antonio Pacheco (c)   67'
A 20   Alejandro Martinuccio   83'
Reservas:
G 12   Gonzalo Noguera
D 24   Emiliano Albín
MC 10   Rubén Olivera       83'
MC 18   Marcelo Sosa
MC 15   Marcel Román
A 9   Diego Alonso   75'
A 11   Bosco Frontán   67'
Treinador:
  Diego Aguirre

Homem do jogo:
  Sebastián Sosa

Árbitros assistentes:
  Marcelo Costa
  William Casavieja
Quarto árbitro:
  Heber Rodríguez

Jogo de voltaEditar

18 de maio de 2010 Peñarol 1 – 1 Nacional Estádio Centenário, Montevidéu
16:00 (UTC-3)
Aguirregaray   68' Relatório Lembo   35' Público: 45 000
Árbitro: Darío Ubriaco
     
 
 
Peñarol
     
 
 
Nacional
G 1   Sebastián Sosa   90+1'
LD 24   Emiliano Albín   37'
Z 4   Alejandro González
Z 6   Guillermo Rodríguez   33'
LE 22   Darío Rodríguez
V 16   Sergio Orteman
V 5   Arévalo Ríos
M 17   Matías Aguirregaray   44'   90+4'
M 25   Gastón Ramírez   22'   79'    
A 8   Antonio Pacheco (c)   74'
A 20   Alejandro Martinuccio   88'
Reservas:
G 12   Gonzalo Noguera
D 2   Willinton Techera
MC 7   Sergio Pérez
MC 15   Marcel Román   90+4'
MC 18   Marcelo Sosa   74'
A 9   Diego Alonso   88'
A 11   Bosco Frontán
Treinador:
  Diego Aguirre
G 25   Rodrigo Muñoz
LD 16   Gustavo Varela   12'
Z 2   Alejandro Lembo   69'
Z 19   Sebastián Coates
LE 4   Christian Núñez
V 13   Raúl Ferro   80'
V 21   Óscar Morales (c)
AD 15   Álvaro González   72'
AE 14   Mario Regueiro   90+3'
M 10   Ángel Morales   76'
A 20   Santiago García
Reservas:
G 1   Leonardo Burián
D 18   Gonzalo Godoy
MC 5   Gianni Guigou
MC 22   Mauricio Pereyra   72'   72'
A 9   Sebastián Balsas   80'
A 11   Sergio Blanco       76'
A 24   Diego Vera
Treinador:
  Eduardo Acevedo

Homem do jogo:
  Matías Aguirregaray

Árbitros assistentes:
  Maiguel Nievas
  Carlos Changala
Quarto árbitro:
  Fernando Falce

Galeria de imagensEditar

ArtilheirosEditar

Clubes classificados às competições da CONMEBOL[4]Editar

Copa Libertadores da América de 2011Editar

Clube Classificado como (fase em que entra)
Peñarol Campeão uruguaio (fase de grupos da Libertadores).
Nacional Vice-campeão uruguaio (fase de grupos da Libertadores).
Liverpool 3º colocado da tabela anual (primeira fase da Libertadores).

Copa Sul-Americana de 2010Editar

Clube Classificado como (fase em que entra)
Peñarol Campeão uruguaio (segunda fase da Sul-Americana).
River Plate 4º colocado da tabela anual (primeira fase da Sul-Americana).
Defensor Sporting 5º colocado da tabela anual (primeira fase da Sul-Americana).

PremiaçãoEditar

Campeonato Uruguaio de 2009–10
 
Peñarol
Campeão
(48º título)

Referências