Canas de Santa Maria

vila e freguesia de Tondela, Portugal

Canas de Santa Maria é uma freguesia portuguesa do concelho de Tondela, com 14,08 km² de área. É hoje a segunda freguesia do concelho de Tondela mais populosa pois posui 1806 habitantes segundo o recenciamento de (2011), e uma densidade populacional de A sua densidade populacional é 128,3 hab/km².

Portugal Portugal Canas de Santa Maria 
  Freguesia  
Símbolos
Brasão de armas de Canas de Santa Maria
Brasão de armas
Localização
Localização no município de Tondela
Localização no município de Tondela
Canas de Santa Maria está localizado em: Portugal Continental
Canas de Santa Maria
Localização de Canas de Santa Maria em Portugal
Coordenadas 40° 33' N 8° 02' O
Município TND1.png Tondela
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente João Carlos de Figueiredo Antunes (PPD/PSD)
Características geográficas
Área total 14,08 km²
População total (2011) 1 806 hab.
Densidade 128,3 hab./km²
Outras informações
Orago Nossa Senhora da Assunção

Foi vila e sede de concelho até 1836. Era constituído apenas pela freguesia da sede e tinha, em 1801, 1 017 habitantes. Designou-se Canas de Sabugosa até 1966.

Uma aldeia ali perto para se visitar é Valverde. A sua capela (1600) é um dos monumentos a assinalar no concelho de Tondela.

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Canas de Santa Maria [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 643 1 716 1 662 1 686 1 932 1 948 2 002 2 382 2 461 2 312 2 007 2 093 2 100 2 020 1 806

No censo de 1864 figura Canas

Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 310 243 973 494 15,3% 12,0% 48,2% 24,5%
2011 192 208 897 509 10,6% 11,5% 49,7% 28,2%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Ecopista do DãoEditar

A paisagem marcadamente rural e de serrania caracterizam o traçado do segundo e maior Percurso desta Ecopista. Em direcção a Sul, o antigo canal ferroviário estende-se paralelo aos afluentes do Dão, terminando junto à Foz do Rio Dinha. Em toda a sua extensão pode aproveitar os diversos espaços de observação e descanso e de apoio ao utilizador. Também neste Percurso se valorizaram as infraestruturas pré-existentes, através da recuperação dos imóveis e transformação em serviços de apoio às comunidades envolventes e aos utilizadores da Ecopista. Ao longo da via pode, ainda, observar a antiga Igreja Matriz de Canas de Santa Maria, templo românico-gótico construído no século XII e a Ponte da Naia, ponte metálica sobre a Ribeira de Lobão.

PatrimónioEditar

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.