Abrir menu principal
Captura de Guam
Charleston agana.jpg
O USS Charleston entrando em Agana, o principal porto de Guam.
Data 20 a 21 de junho de 1898
Local Guam, Oceano Pacífico
Desfecho Vitória dos Estados Unidos
Beligerantes
 United States Espanha Espanha
Comandantes
Estados Unidos Henry Glass Espanha Juan Marina
Baixas
Nenhuma 54 capturados

A Captura de Guam foi um evento sem derramamento de sangue ocorrido entre os Estados Unidos e o Reino de Espanha durante a Guerra Hispano-Americana. A Marinha dos Estados Unidos enviou um único cruzador, o USS Charleston, para capturar a ilha de Guam, então sob domínio espanhol. No entanto, a guarnição espanhola na ilha não tinha conhecimento do estado de guerra existente entre os dois países e estava sem defesas reais. Os espanhóis se renderam sem resistência e a ilha passou ao controle estadunidense. Este também foi um dos episódios menos sangrentos entre os Estados Unidos e a Espanha durante a Guerra Hispano-Americana, já que a ilha foi tomada sem qualquer resistência.[1]

Referências

  1. BECKY LITTLE (9 de agosto de 2017). «How the United States Ended Up With Guam». history.com 
  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.