Abrir menu principal
Carl von Linné
Nascimento 20 de janeiro de 1741
Morte 1 de novembro de 1783 (42 anos)
Uppsala domkyrkoförsamling
Sepultamento Catedral de Uppsala
Cidadania Suécia
Progenitores Mãe:Sara Elisabeth Moræa
Pai:Carolus Linnaeus
Irmão(s) Elisabeth Christina von Linné
Alma mater Universidade de Uppsala
Ocupação botânico, naturalista, professor universitário, micologista
Empregador Universidade de Uppsala
Causa da morte doença do fígado

Carl von Linné Filho ou Carolus Linnaeus Filho (Falun, 20 de janeiro de 1741Uppsala, 1 de novembro de 1783) foi um naturalista sueco, filho do famoso sistemático de mesmo nome Carl von Linné ou Carolus Linnaeus (17071778).

BiografiaEditar

Ingressou na Universidade de Uppsala com a idade de nove anos onde os estudantes de seu pai, entre eles: Pehr Löfling (17291756), Daniel Solander (17331782) e Johann Peter Falck (17321774), ensinaram-lhe ciências. Em 1763, com 22 anos, sucedeu seu pai na cadeira de medicina prática em Uppsala. A sua nomeação como professor, sem passar por exames e nem ter defendidos alguma tese, valeu-lhe o ressentimento dos seus colegas.

A sua obra é modesta, comparada à de seu pai. Sua obra mais conhecida é "Supplementum Plantarum systematis vegetabilium", publicada em 1781, que contém as descrições botânicas de Linné pai e de seus colegas, editado com adições próprias.

Herdou de seu pai imensas coleções científicas e correspondências, que trabalhou para preservá-las. Quando morreu precocemente, sem filhos, em 1783, de uma icterícia contraída durante uma visita à Londres, sua mãe (Sara Elisabeth Moraea) vendeu as suas coleções para o botânico inglês Sir James Edward Smith que, seguidamente, as doou para a Sociedade Linneana de Londres.

Ligações externasEditar


 Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.