Abrir menu principal

Carlos Adriano de Sousa Cruz

futebolista brasileiro
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Carlos Adriano de Sousa Cruz, mais conhecido como Adriano ou Adriano Michael Jackson (Valença, 28 de setembro de 1987), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, defende o Jeonbuk Hyundai Motors.

Adriano
Informações pessoais
Nome completo Carlos Adriano de Sousa Cruz
Data de nasc. 28 de setembro de 1987 (31 anos)
Local de nasc. Valença (BA), Brasil Brasil
Altura 1,71 m
Destro
Apelido Adriano Michael Jackson
Informações profissionais
Período em atividade 2005–presente (11 anos)
Clube atual Coreia do Sul Jeonbuk Hyundai Motors
Número 32
Posição Atacante
Clubes de juventude
20052007
2006
Brasil Bahia
Brasil Real Salvador (emp.)
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2007–2008
2009–2010
2010
2010–2011
2011
2011–2012
2013
2013
2014–2015
2015
2017
2018–
Brasil Ceará
Brasil America
Brasil Bahia
Brasil Fluminense
Brasil Palmeiras(emp.)
China Dalian Shide
Brasil Bahia (emp.)
Brasil Atlético Goianiense (emp.)
Coreia do Sul Daejeon Citizen
Coreia do Sul FC Seoul
China Shijiazhuang Ever Bright
Coreia do Sul Jeonbuk Hyundai Motors
0032 000(13)
0039 000(17)
0027 000(16)
0000 0000(0)
0024 0000(6)
0034 0000(7)
0009 0000
00 0000
0050 000(35)
0017 000(18)
0024 000(10)
0006 0000(6)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 20 de fevereiro de 2018.

Seu apelido originou-se do fato de Adriano imitar danças do famoso cantor estadunidense Michael Jackson durante suas comemorações de gols, quando atuava pelo America.

Índice

CarreiraEditar

Adriano começou na divisão de base do {{}}. Atuou ainda por {{}}, {{}}, onde se sagrou campeão estadual da série B (onze gols), e participou da boa campanha do clube no carioca da série A (5º lugar, com 6 gols) e teve rápida passagem pelo Fluminense, onde não conseguiu muitas oportunidades.

BahiaEditar

Na sequência, foi emprestado ao Tricolor Baiano, onde foi o artilheiro do clube na série B, ajudando-o a voltar para a série A do Campeonato Brasileiro. No começo de dezembro de 2010, o Bahia devolveu o jogador ao Fluminense.

PalmeirasEditar

Após uma negociação entre a equipe carioca e o Palmeiras envolvendo a troca do volante Edinho, Adriano foi jogar no alviverde paulistano no início de 2011.

Na sua sétima partida pela equipe, disputada no dia 2 de março, Adriano marcou quatro gols na goleada por 5 a 1 que o Palmeiras aplicou sobre o Comercial-PI, pela Copa do Brasil de 2011.[1] Ao fim do torneio, ele se tornou um dos artilheiros do mesmo com cinco gols, empatado com outros quatro jogadores.

Dalian ShideEditar

Em julho de 2011, o atacante foi negociado ao Dalian Shide da China, por aproximadamente US$ 3 milhões (R$ 4,5 milhões).[2]

Retorno ao BahiaEditar

Em 2013 volta ao Bahia por empréstimo do time chinês,[3] mas não conseguiu o mesmo desempenho de sua primeira passagem e foi negociado ao Atlético Goianiense também por empréstimo.[4]

Daejeon CitizenEditar

Depois de uma passagem apagada no time goiano, "Michael Jackson" acertou a ida para jogar no futebol coreano no Daejeon Citizen em 2014, onde é um dos destaques do time na K League Challenge, a segunda divisão da Coreia.[5] No time coreano sagrou-se campeão e artilheiro do campeonato com 32 jogos e 27 gols.

FC SeoulEditar

Atuou um ano e meio pelo Fc Seoul e nessa passagem conquistou a vice artilharia do campeonato coreano, em seguida a artilharia da Champions League da Asia.

CuriosidadesEditar

Adriano diz ter saudades de ser treinado por Luiz Felipe Scolari, além de ter feito amizade com vários jogadores, como por exemplo: Luan Louzã, Thiago Heleno palmeirenses, bem como Darézão. quando de sua passagem pelo clube paulistano.[6]

TítulosEditar

America-RJ

Daejeon Citizen

FC Seoul

Campanhas em destaqueEditar

Bahia

ArtilhariasEditar

Referências

Ligações externasEditar