Abrir menu principal

Carlos Alberto Gambarotto

futebolista brasileiro

Carlos Alberto Gambarotto ( Sao Paulo, Campos do Jordão, 17 de março de 1944), conhecido como Gambarotta, foi um futebolista Ítalo-brasileiro, ídolo do Corinthians. Atuava como centroavante.

Gambarotta
Informações pessoais
Nome completo Carlos Alberto Gambarotto
Data de nasc. ?
Local de nasc. Brasil
Nacionalidade Ítalo-brasileiro
Falecido em 17 de março de 1944
Apelido Gambarotta
Informações profissionais
Posição centroavante
Clubes de juventude
???? – 1918 Ítalo Foot Ball Club
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
19191928
19311933
Corinthians
Bahia
0 167 000 (81)
0 38 0000 (19)
Seleção nacional3
???? Brasil 00? 0000 (3)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 8 de Agosto de 2012.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 17 de junho de 2012.

CarreiraEditar

A Família Gambarotto faz parte da história do Corinthians. Os "Irmãos Gambarotto" Carlos Alberto Gambarotto (Gambarotta), Ítalo Gambarotto (Ítalo), Guido Gambarotto (Gambinha) e Leone Gambarotto (Leone), foram jogadores que marcaram época e se tornaram ídolos do Corinthians Paulista, nas décadas de 1920 e 1930.[1]

CorinthiansEditar

Após iniciar a sua carreira no pequeno Ítalo Foot Ball Club, clube paulistano formado por ítalo-brasileiros, Gambarotta chamou a atenção: do Corinthians e do Palestra (atual Palmeiras), que na época já eram rivais, e disputaram o passe do jogador.

Gambarotta decidiu ir para o alvinegro, e o clube não só levou a melhor sobre o rival, como também acabara de obter a posse de um dos grandes ídolos do Corinthians na década de 20.

Alto, forte, porém ágil dentro da área, Gambarotta foi um grande goleador, chegou a receber o apelido de Artilheiro do centenário. Conquistou não apenas o título, mas também a artilharia do Campeonato Paulista de Futebol de 1922, com 19 gols. Este torneio foi conquistado em pleno ano do centenário da Independência do Brasil, em 1922. Entre 1919 e 1928 (tempo em que atuou pelo Corinthians) realizou 180 jogos e marcou 81 gols.

Seleção BrasileiraEditar

Gambarotta também conquistou destaque na Seleção Brasileira. Gambarotta e os demais convocados foram campeão do Campeonato Sul-Americano de Futebol de 1922, hoje denominada Copa América, na segunda conquista da história da Seleção Brasileira.

BahiaEditar

Já veterano, mudou-se para Salvador, na Bahia, onde em 1931 ajudou a fundar o Esporte Clube Bahia, um dos maiores clubes do Nordeste Brasileiro. Diz a história, que a adoção do escudo do clube soteropolitano, com a bandeira do Estado da Bahia no centro do distintivo (similar ao do Corinthians), foi sugestão de Gambarotta.

MorteEditar

Gambarotta faleceu em 17 de março de 1944 na Serra da Mantiqueira, na cidade de Campos do Jordão, em São Paulo.[2]

TítulosEditar

ArtilhariaEditar