Carlos Gouveia Coelho

Carlos Gouveia Coelho
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo de Olinda e Recife
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Olinda e Recife
Nomeação 23 de abril de 1960
Predecessor Dom Antônio de Almeida Morais Júnior
Sucessor Dom Helder Pessoa Câmara
Mandato 1960 - 1964
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 9 de fevereiro de 1930
Nomeação episcopal 10 de janeiro de 1948
Ordenação episcopal 2 de maio de 1948
por Dom Moisés Sizenando Coelho
Lema episcopal IN CARITATE CHRISTI
No Amor de Cristo
Nomeado arcebispo 23 de abril de 1960
Brasão arquiepiscopal
Template-Metropolitan Archbishop.svg
Dados pessoais
Nascimento João Pessoa
28 de dezembro de 1907
Morte Recife
7 de março de 1964 (56 anos)
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Maria Emerentina de Gouvêa Coelho
Pai: José Vieira Coelho
Funções exercidas - Bispo de Nazaré (1948-1954)
- Bispo de Niterói (1954-1960)
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Carlos Gouveia Coelho (João Pessoa, 28 de dezembro de 19077 de março de 1964) foi bispo católico brasileiro. Durante seu governo à frente da diocese de Niterói, o Papa João XXIII criou a Diocese de Nova Friburgo, desmembrando-a da então elevada Arquidiocese de Niterói, e das dioceses de Campos e Valença.

BiografiaEditar

Filho dos educadores José Vieira Coelho e Maria Emerentina de Gouvêa Coelho, estudou no Seminário da Paraíba e, uma vez ordenado sacerdote, foi designado para cooperar no episcopado de seu tio, Dom Moisés Sizenando Coelho, arcebispo da Paraíba, tendo exercido as funções de secretário do bispado, vigário cooperador e diretor do Colégio Padre Rolim, de Cajazeiras.

Em seguida, foi catedrático do Seminário da Paraíba. Capelão do Colégio Pio X de João Pessoa e de N. Sra. de Lourdes e diretor do departamento de Educação da Paraíba. Foi também presidente da Comissão de Educação da CNBB, sócio e presidente do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano.

Em 1948, foi nomeado bispo da Diocese de Nazaré, de onde foi transferido para Niterói, em 1954, e, daí, para a Arquidiocese de Olinda e Recife, em 1960.

Submetido a uma intervenção cirúrgica, não resistiu devido a complicações com a anestesia.



Precedido por
Antônio de Almeida Morais Júnior
 
7.º Arcebispo de Olinda e Recife

23 de abril de 19607 de março de 1964
Sucedido por
Helder Pessoa Câmara
Precedido por
João da Mata de Andrade e Amaral
 
6.º Bispo de Niterói

14 de dezembro de 195423 de abril de 1960
Sucedido por
Antônio de Almeida Morais Júnior
Precedido por
Ricardo Ramos de Castro Vilela
 
2.º Bispo de Nazaré

10 de janeiro de 194814 de dezembro de 1954
Sucedido por
João de Sousa Lima, O. Cist.


  Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.