Abrir menu principal

Carlos Manuel da Silva Cunha

futebolista português

Carlos Manuel da Silva Cunha(Barcelos, 6 de março de 1977) mais conhecido como, Carlitos, Internacional Sub-21 por Portugal, é médio direito, rápido e com um bom remate.

Carlitos
Informações pessoais
Nome completo Carlos Manuel da Silva Cunha
Data de nasc. 6 de Março de 1977 (42 anos)
Local de nasc. Barcelos, Portugal Portugal
Altura 1,68 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Portugal V. Guimarães
Número 7
Posição Avançado
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1994-1997
1997-1998
1998-1999
1999-2000
2000-2003
2003-2004
2004-2006
2006-2007
2007-
Gil Vicente
SC Braga
Estrela da Amadora
Gil Vicente
Benfica
Poli Ejido
Gil Vicente
Belenenses
V. Guimarães
60 (10)
16 (2)
11 (0)
30 (6)
46 (5)

54 (7)
9 (0)
22 (0)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 24 de Maio de 2008.


CarreiraEditar

Carlitos começou no Arrentela, clube pequeno da margem sul do Tejo mas logo se evidenciou, indo a seguir jogar por um mitico clube da margem sul o Amora FC.

O passo a seguir seria um dos mais decisivos da sua carreira transferindo-se para o Estoril-Praia da antiga 2.ª Divisão B - Zona Sul.

Ao comando de Ulisses Morais como treinador e o antigo dirigente do SL Benfica, Manuel Damásio, o Estoril em 3 anos consegui chegar a 1.ª Liga de Futebol de Portugal.

Carlitos sempre em destaque nesta caminhada conseguiu a chamada à Selecção sub-21, sendo decisivo numa competição sub-21 com um golo.

No ano de promoção do Estoril à Primeira Liga, Carlitos atingiu o ponto alto da sua carreira, transferindo-se para o SL Benfica.

No primeiro ano ao serviço do SL Benfica, e ao comando de Giovanni Trapattoni, Carlitos nunca conseguiu se afirmar na equipa mas mesmo assim conseguiu ser campeão nacional e chegar à final da Taça de Portugal. No ano seguinte, o SL Benfica trocaria de treinador colocando à frente do futebol profissional uma lenda do futebol holandês, Ronald Koeman. Carlitos continuou a não conseguir impor-se na luz e acabaria por ser emprestado em Dezembro de 2005 ao Vitória de Setubál.

No Vitória, Carlitos não consegui logo mostrar o seu futebol mas logo que se adaptou foi dos jogadores mais importantes na segunda metade do campeonato e na Taça de Portugal conseguindo atingir pela segunda vez consecutiva uma Final da Taça de Portugal, que iria perder para o FC Porto.

Na época de 2007-2008 mudou-se para o Vitória de Guimarães.


   Este artigo sobre futebolistas portugueses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.