Abrir menu principal
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2013).
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Carlos Rendón Zipagauta (Cali, 29 de setembro de 1955) é um realizador de documentários colombiano e belga. Rendón Zipagauta estudou cinema e escrita de guiões na Bélgica, onde viveu durante 16 anos. Começou como assistente, em seguida, co-diretor de Jean Christophe Lamy. Voltou à Colômbia para filmar documentários. O seu filme de 1993 Nukak Maku, sobre os povos indígenas Nukak, ganhou prémios de festivais em França e na Bélgica permitindo também receber bolsas dos EU para fazer mais documentários.[1]

Retornando à Colômbia Rendón Zipagauta ensinou cinema na Universidade de Santa Magdalena desde 2004, e ensina Francês na Alliance Française de Santa Marta.


Índice

FilmografiaEditar

RealizadorEditar

Cinéma
Documentários

ArgumentistaEditar

Ligações externasEditar

Referências

BibliografiaEditar

  • Olivier Lecomte, Les derniers nomades, Studio magazine, n°95 février 1995.