Abrir menu principal
Carlota
Duquesa de Valentinois
Condessa de Polignac
Marquesa de Baux
Princesa herdeira de Mônaco
Reinado 27 de junho de 192230 de maio de 1944
 
Cônjuge Pedro, Duque de Valentinois
Descendência Antonieta, Baronesa de Massy
Rainier III, Príncipe de Mônaco
Casa Grimaldi
Nome completo
Charlotte Louise Juliette Grimaldi
Nascimento 30 de setembro de 1898
  Constantina, Argélia
Morte 15 de novembro de 1977 (79 anos)
  Paris, França
Enterro Chapelle de la Paix, Monte Carlo, Mônaco
Pai Luís II, Príncipe de Mônaco
Mãe Marie Juliette Louvet

Carlota Luísa Julieta Grimaldi de Mônaco, nascida Carlota Luísa Julieta Louvet (em francês: Charlotte Louise Juliette; 30 de setembro de 189815 de novembro de 1977), foi a filha de Luís II, Príncipe de Mônaco e de Marie Juliette Louvet. Foi casada com Pedro, Duque de Valentinois, e mãe do príncipe Rainier III. De 1922 até 1944, ela foi a Princesa Herdeira de Mônaco.

Nascimento e adoçãoEditar

Nascida Carlota Louvet em Constantina, Argélia, ela era a filha ilegítima de Marie Juliette Louvet, uma cantora de cabaré, e do príncipe Luís II. Com a morte do príncipe Luís II, que não tinha um herdeiro legítimo, o trono de Mônaco seria passado para Guilherme Carlos, o 2º Duque de Urach, um primo alemão de Luís II e filho da princesa Florestine de Mônaco. Para impedir este evento, uma lei, criada a 15 de maio de 1911, reconheceu Carlota como filha de Luís II, fazendo-a membro da família soberana. Porém, foi considerada inválida de acordo com os estatutos de 1882, e uma lei, criada em 30 de outubro de 1918, a permitiu ser adotada. Luís adotou Charlotte em Paris no dia 16 de maio de 1919, concedendo-a o sobrenome Grimaldi e o título Duquesa de Valentinois. Por isso, de 1922 até 30 de maio de 1944, ela foi sua herdeira aparente.

Legalidade da adoçãoEditar

Existe uma sombra de dúvida quanto à legitimidade desta adoção. O Código Civil monegasco (artigos 240 e 243) requer que o litigante de adoção tenha pelo menos cinquenta anos e que o indivíduo a ser adotado tenha vinte e um anos. A Ordem de 1918 mudou o limite de idade para dezoito (Charlotte tinha vinte anos na época), mas não o outro limite de idade (Luís tinha quarenta e oito anos).

CasamentoEditar

Em 1920, Luís arranjou o casamento de Carlota com Pedro, Duque de Valentinois, de Guidel, Morbihan, Bretanha, França. Pierre, por ordem de Luís, tomou o sobrenome Grimaldi e tornou-se Príncipe de Mônaco. O casal teve dois filhos:

Contudo, o casamento foi infeliz, e eles se separaram em 1930, quando Charlotte deixou Pierre por um amante italiano, Del Masso. O casal divorciou-se em 1933.

Vida posteriorEditar

Em 30 de maio de 1944, um dia antes do aniversário de vinte e um anos de seu filho, Carlota, com o consentimento total de seu pai, cedeu seus direitos ao trono para Rainier. Desta data em diante, ela não era mais a Princesa Herdeira de Mônaco, porém manteve os títulos Princesa de Mônaco e Duquesa de Valentinois.

Ela foi depois estudar na faculdade, obtendo um grau em serviço social. Depois que seu filho assumiu o trono, ela foi morar em Le Marchais, uma propriedade dos Grimaldi fora de Paris. Apesar das objeções de seus filhos, que temiam por sua segurança, Carlota transformou a propriedade em um centro de reabilitação para ex-condenados. Ela morou em Le Marchais com seu amante, um notável ladrão de joias francês René Girier, apelidado como René la Canne.[carece de fontes?]

Em 1977, a princesa Carlota morreu em Paris, na França. Está sepultada na Chapelle de la Paix, Monte Carlo em Mônaco.[2]

Referências

Ligação externaEditar