Carrie (filme de 1976)

Carrie
No Brasil
  • Carrie, a Estranha
  • Carrie - A Estranha
Em Portugal Carrie
 Estados Unidos
1976 •  cor •  98 min 
Direção Brian De Palma
Roteiro Lawrence D. Cohen
Elenco
Género
Música Pino Donaggio
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Carrie (prt: Carrie[1]; bra: Carrie, a Estranha[2], ou Carrie - A Estranha[3]) é um filme norte-americano de 1976, dos gêneros terror, suspense e drama, dirigido por Brian De Palma, com roteiro de Lawrence D. Cohen baseado no romance homônimo de Stephen King.[3]

HistóriaEditar

Carrie White (Sissy Spacek) é uma jovem quieta e sensível que enfrenta os insultos de seus colegas de escola e os maus-tratos da mãe Margaret (Piper Laurie), uma fanática religiosa. Ao menstruar no banheiro do colégio, é humilhada por suas colegas. Com esse incidente, Carrie passa a agir de forma estranha: na direção, o diretor a chama de Cassie e Carrie o-corrige gritando e o cinzeiro dele cai no chão, um garoto a ofende na rua se desequilibra e cai quando Carrie olha para ele, dentro de casa ela quebra o espelho de seu quarto. A professora de educação física conversa com as alunas envolvidas no incidente e, que elas só poderão ir ao o baile se executarem as atividades da suspensão. Chris Hargensen (Nancy Allen) se recusa a ir e é suspensa do baile culpando Carrie. Sue Snell (Amy Irving), uma das alunas que zombavam dela pede para que seu namorado Tommy Ross (William Katt) leve Carrie ao baile como pedido de desculpas. Carrie descobre que possui poderes telecinéticos. Chris Hargensen ainda com raiva através da ajuda de seu namorado Billy Nolan (John Travolta), mata um porco. No baile, quando Tommy e Carrie são eleitos rei e rainha do baile, Chris derrama o sangue do animal morto em Carrie e todos dão risada dela. Isso faz com que todos eles sejam personagens de uma grande tragédia, provocada por Carrie, com o auxílio de sua mente poderosa.

ElencoEditar

 
Sissy Spacek interpretou a protagonista, Carrie White
 
Piper Laurie deu vida à religiosa Margaret White.
 
Amy Irving interpretou a jovem Sue Snell
 
Nancy Allen interpretou a vilã Chris Hargensen
 
John Travolta fez o vilão Billy Nolan
  A Wikipédia tem o


Principais prêmios e indicaçõesEditar

Prêmio/evento Categoria Recipiente Resultado
Oscar 1977 Melhor atriz Sissy Spacek Indicada[4]
Melhor atriz coadjuvante Piper Laurie Indicada[4]
Golden Globe Awards 1977 Melhor atriz coadjuvante Piper Laurie Indicada[5]
Avoriaz Fantastic Film Festival 1977 Grande Prêmio Brian de Palma Venceu[carece de fontes?]
Prêmio Edgar 1977 Melhor filme Indicado[carece de fontes?]
BAFTA 1976 Melhor atriz principal Sissy Spacek Indicada[carece de fontes?]
Melhor atriz principal Amy Irving Indicada[carece de fontes?]

Referências

  1. «Carrie». Portugal: SapoMag. Consultado em 2 de dezembro de 2019 
  2. «Carrie, a Estranha». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 2 de dezembro de 2019 
  3. a b «Carrie - A Estranha». Brasil: CinePlayers. Consultado em 2 de dezembro de 2019 
  4. a b «49.º Oscar - 1977». CinePlayers. Consultado em 2 de dezembro de 2019 
  5. «34.º Globo de Ouro - 1977». CinePlayers. Consultado em 2 de dezembro de 2019 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.