Abrir menu principal
Casabanderista.jpg
Casa Bandeirista do Itaim
Estilo dominante Colonial (casa bandeirista)
Classificação nacional CONDEPHAAT
Data 1982
Estado de conservação SP
Geografia
Cidade São Paulo

Casa Bandeirista do Itaim é uma construção representante da Casa Bandeirista típica, do período colonial brasileiro, localizada no bairro paulistano do Itaim Bibi. Tombada em 1982 pelo CONDEPHAAT, encontra-se hoje sob responsabilidade da Divisão do Patrimônio Histórico da prefeitura paulistana.

HistóriaEditar

AtualidadeEditar

No início da década de 1990 a casa foi destelhada pelos proprietários e passou por um processo de deterioração e abandono, levando-a à atual condição de ruínas. A atitude foi considerada criminosa e por meio de termo de ajuste de conduta emitido pelo Ministério Público de São Paulo, ordenou-se a reconstituição do imóvel.

Em fevereiro de 2008 foi anunciada a construção de um hotel de luxo no terreno de 20 mil m² ao lado da área onde está a Casa do Bandeirante.

A negociação de R$ 500 milhões, seria a mais cara venda de um lote de terra já ocorrida em São Paulo, chegando a um valor de R$ 25 mil/m². A identidade do atual dono do imóvel não é claramente conhecida, mas acredita-se que ainda pertença ao megainvestidor Naji Nahas. Anos atrás, Nahas foi acusado por moradores da região de tentar burlar o tombamento e cortar árvores.

As restrições atuais exigem a preservação da casa e 300 metros do seu entorno. Segundo notas na imprensa a transação divulgada incluiria a restauração da Casa do Bandeirante e incorporação dessa ao novo empreendimento, seguindo como exemplo a mesma proposta adotada na Casa das Rosas, na qual o antigo imóvel com interesse arquitetônico passou a compartilhar uma parte considerável de seu terreno com um edifício contemporâneo.[1]

Referências

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar