Casa de Harcourt

A Casa de Harcourt teve origem no território a que corresponde Harcourt e que foi obtido pelo chefe viquingue Rolão em 911, através do Tratado de Saint-Clair-sur-Epte. São estes territórios que vão constituir o Ducado da Normandia que ele irá distribuir pelos seus filhos. O Senhorio de Harcourt e de Brionne, foi assim atribuído por Rolão a Bernardo, o Dano, um dos seus parentes que juntaram também o Condado de Pont-Audemer. Anchetil de Harcourt foi o primeiro a utilizar o nome de Harcourt ainda o século XI.

Brasão de Armas da Casa dos Harcourt
O Castelo de Harcourt

Senhores de HarcourtEditar

Condes de HarcourtEditar

Harcourt foi elevada à condição de condado em 1338, conjuntamente com os senhorios de Lillebonne, Troispierres, Saussaye e Elbeuf, por alvarás de Filipe VI de França em Março de 1338. Os membros da casa de Harcourt que foram condes de Harcourt são:

O seu filho mais velho e herdeiro do condado morre em 1424 e Harcourt reverte para o seu segundo filho. Contudo a filha mais velha de João VII de Harcourt (13701452), Maria de Harcourt, casada com António de Lourena, conde de Vaudémont, reivindica o condado de Harcourt, acção continuada pelo seu filho João de VIII de Harcourt (1396 - 1424).

Ver tambémEditar

Referências

  1. Hagger 2017, p. 70.
  2. Georg 1882, p. 44
  3. a b c d e f Moréri 1732, p. 26

BibliografiaEditar