Abrir menu principal

Casamento de Guilherme, Grão-Duque Herdeiro de Luxemburgo e Condessa Stéphanie de Lannoy

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Casamento de Guilherme, Grão-Duque Herdeiro do Luxemburgo e condessa Stéphanie de Lannoy
Os noivos na varanda do palácio real no dia do seu casamento.
Localização Catedral de Notre-Dame de Luxemburgo
Data 20 de outubro de 2012

O casamento do príncipe Guilherme, Grão-Duque Herdeiro de Luxemburgo e Stéphanie de Lannoy teve lugar durante os dias 19 de outubro e 20 de outubro de 2012. A cerimónia civil foi realizada em 19 de outubro, seguida por uma cerimónia católica romana na Catedral de Notre-Dame na Cidade do Luxemburgo no dia seguinte. O casamento em 2012 marcou o maior evento do grão-ducado para a família grão-ducal do Luxemburgo e do país nos últimos anos.

Guilherme foi o último solteiro herdeiro de uma monarquia na Europa antes do casamento.

As famílias do noivo e da noiva e o noivadoEditar

 
Guilherme e Stéphanie, 8 de junho de 2013

A Casa de Nassau-Weilburg, que inclui a família grão-ducal, tem liderado o Luxemburgo desde 1890. Guillherme está definido para suceder o seu pai, Henri, como o sétimo Grão-Duque do Luxemburgo após a morte do último ou abdicação.

Stéphanie de Lannoy é membro de uma família nobre belga, considerada uma das mais antigas famílias aristocráticas da Europa. Ela é a mais nova de oito irmãos e irmãs. Tem pós-graduação na Universidade Católica de Louvain, fala francês, alemão e russo.

A união de Guilherme e Stéphanie não era controversa. Guilherme e Stéphanie já se conheciam há muitos anos. O casal começou a namorar em 2009. Anunciaram o noivado em abril de 2012. O príncipe Guilherme tinha 30 anos e Stéphanie tinha 28 anos no momento de seu casamento em outubro 2012.

A mãe de Stephanie, Alix de Lannoy, morreu vítima de um acidente vascular cerebral em 26 de agosto de 2012, apenas dois meses antes do casamento.

Estima-se que o casamento terá custado cerca de 500 mil euros (US$ 650 000), pagos com os impostos dos luxemburgueses. A cerimónia de dois dias incluiu: feiras públicas, fogos de artifício e concertos, todos os eventos abertos ao público.

O processo de Stephanie para obter com a cidadania luxemburguesa foi expedida antes do casamento, o que causou certa polêmica no Luxemburgo. Ela tornou-se uma luxemburguesa, naturalizada a 19 de outubro de 2012.

CerimóniaEditar

Cerimónia civilEditar

O príncipe Guilherme e a condessa Stéphanie casaram-se numa pequena cerimónia civil em 19 de outubro de 2012, conduzido pelo prefeito do Luxemburgo, Xavier Bettel .[1]

Cerimónia religiosaEditar

 
Monograma duplo do príncipe Guilherme e da princesa Stephanie

A cerimônia católica do casamento foi realizada na Catedral de Notre Dame, no dia seguinte. A cerimónia, que começou pouco depois das 11:00 horas do dia 20 de outubro foi presidida pelo arcebispo Jean-Claude Hollerich da Arquidiocese Católica Romana de Luxemburgo. O tempo no dia da cerimónia foi descrito como "excepcionalmente quente". Stéphanie foi escoltada até à Catedral por o seu irmão mais velho, o conde Jehan. Guilherme, Grão-Duque Herdeiro do Luxemburgo chegou à cerimônia com a sua mãe, a grã-duquesa Maria Teresa de Luxemburgo.

A noiva e o noivo trocaram anéis de casamento criados inteiramente por o comércio de justo ouro. O casal trocou um beijo público diante de uma multidão de simpatizantes na varanda do Palácio Grão-Ducal após a cerimónia.

Roupas do casamentoEditar

O vestido de noiva de Stephanie foi desenhado pelo estilista libanês Elie Saab. O vestido foi descrito como um "vestido de marfim e rendas, bordado com prata filigrana", com "mangas de três quartos." O seu vestido foi acompanhado por um véu de seda de tule, com um motivo de prata e desenhos florais à direita pé atrás dela usou a tiara da família Lannoy. O príncipe Guilherme usava a farda militar luxemburguesa.

Dama de honra e pagensEditar

As damas de honor e pagens foram a irmã do noivo e os sobrinhos da noiva:

  • Princesa Alexandra de Luxemburgo
  • Antonia Hamilton
  • Príncipe Gabriel de Nassau
  • Condessa Caroline de Lannoy
  • Condessa Louise de Lannoy
  • Isaure de le Tribunal
  • Lancelot de le Tribunal
  • Madeleine Hamilton

Lista de convidadosEditar

Família do noivoEditar

Família da noivaEditar

  • Conde Philippe de Lannoy (pai da noiva)
    • Conde Jehan e Condessa Beatriz de Lannoy (irmão e cunhada da noiva)
      • Condessa Caroline de Lannoy
      • Condessa Louise de Lannoy
      • Conde Antoine de Lannoy
      • Conde Maxime de Lannoy
    • Conde Christian e Condessa Luísa de Lannoy (irmão e cunhada da noiva)
      • Condesssa Teresa de Lannoy
    • Sr e Sra John Hamilton (irmã e cunhado da noiva)
      • Antonia Hamilton
      • Charlotte Hamilton
      • Madeleine Hamilton
      • Alix Hamilton
      • Victoria Hamilton
    • Condessa Gäelle de Lannoy (irmã da noiva)
    • Condessa Amaury de Lannoy (irmã da noiva)
    • Conde Olivier e Condessa Alice de Lannoy (irmão e cunhada da noiva)
      • Conde Philippe de Lannoy
    • Sr. e sra. Jean Charles de Court (irmã e cunhado da noiva)
      • Isaure de le Court
      • Aline de le Court
      • Lancelot de le Court
  • Conde Albert de Lannoy (tio paterno da noiva)
  • Conde Claude de Lannoy (ti paterno da noiva)
  • Sr. e sra. Ladislas de Faille de Leverghem (tio materno da noiva)
  • Sr. e sra. Dominique de Faille de Lerverghem (tio materno da noiva)
  • Sr. e sra. Arnaud de Faille de Lerverghem (tio materno da noiva)

Realeza reinanteEditar

Bélgica:

Dinamarca:

Espanha:

Japão:

Jordânia:

  • SAR o príncipe El Hassan bin Talal e princesa Sarvath El Hassan da Jordânia

Liechtenstein:

Marrocos:

Mónaco:

Noruega:

Países Baixos:

Reino Unido:

Suécia:

Nobreza não reinanteEditar

Brasil

Bulgária:

Grécia:

Itália:

  • SAR o Príncipe e a Princesa de Veneza e Piemonte

Jugoslávia:

Portugal:

Roménia:

  • SAR a princesa Margarida e o príncipe Radu da Romênia

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Luxembourg's Royal Wedding Eliminates Europe's Last Bachelor Heir» (em inglês). Consultado em 12 de janeiro de 2013