Abrir menu principal

Wikipédia β

Casamento de Naruhito, Príncipe Herdeiro do Japão e Masako Owada

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O príncipe herdeiro Naruhito.
A princesa Masako.

O casamento entre Naruhito, Príncipe Herdeiro do Japão e Masako Owada teve lugar no dia 9 de junho de 1993.

Índice

NoivadoEditar

O príncipe pediu, como se alega, pelo menos duas vezes a mão de Masako Owada (nascida em 1963) em casamento. Masako era uma então diplomata de vinte e nove anos do Ministério das Relações Exteriores japonês e trabalhava juntamente com seu pai, Hisashi Owada. O Palácio Imperial anunciou o noivado em 19 de janeiro de 1993.

Cerimónia religiosaEditar

No dia 9 de junho de 1993, o príncipe herdeiro do Japão e Masako Owada casaram-se numa cerimônia xintoísta imperial em Tóquio, com oitocentos convidados e com uma audiência estimada em quinhentos milhões de pessoas ao redor do mundo. Todos os soberanos da Europa compareceram, bem como a maioria dos Chefes de Estado eleitos europeus. Como manda a tradição, o Imperador e a Imperatriz não assistiram a cerimônia xintoísta, realizada de manhã. Para participar do “choken-no-gi”, Naruhito e Masako trocaram suas vestimentas japonesas por roupas “ocidentais”. A princesa trajava um vestido largo, decotado, usava uma diadema e um colar da Cruz Preciosa, a mais alta condecoração que se pode outorgar a uma mulher no Japão. O Imperador e a Imperatriz, também vestidos de roupas ocidentais, e o jovem casal real trocaram taças de saquê, segundo a agência da Casa Imperial. Naruhito e Masako percorreram as ruas de Tóquio em um Rolls Royce conversível.

Vestido da noivaEditar

Depois de usar trajes tradicionais na cerimónia de seu casamento com o príncipe Naruhito, Masako usou um vestido marfim mais contemporâneo.

ConvidadosEditar

 
Moedas emitidas para comemorar o casamento imperial

A cerimónia contou com oitocentos convidados. Todos os soberanos e todas as famílias reais da Europa compareceram, bem como a maioria dos Chefes de Estado eleitos europeus.

Família imperial japonesa:

Família Owada:

  • Hisashi Owada e Yumiko Owada (pais da noiva)
    • Setsuko Owada (irmã da noiva)
    • Reiko Owada (irmã da noiva)

Realeza reinante:

Bélgica:

Dinamarca:

Suécia:

Noruega:

Reino Unido:

Espanha:

Países Baixos:

Luxemburgo:

Liechtenstein:

Mônaco:

Realeza não-reinante:

Grécia:

Romênia:

  • Miguel I e Ana da Romênia
    • Margarita, Princesa Herdeira da Romênia

Bulgária:

  • Simeão II e Margarita dos Búlgaros
    • Kardam, Príncipe de Turnovo
    • Kyril, Príncipe de Preslav e María, Princesa de Preslav
    • Kubrat, Príncipe de Panagyurishte
    • Constantino-Assen, Príncipe de Vidin
    • Kalina da Bulgária

Irã:

Rússia:

França:

Itália:

Baden:

  • Maximiliano, Marquês de Baden e Valéria, Marquesa de Baden
    • Bernardo, Príncipe Herdeiro de Baden
  • Luis Guilherme e Ana Maria de Baden

Hesse:

Prússia:

Saxe-Coburgo-Gota:

Islã:

Títulos após o casamentoEditar

Como conseqüência do casamento, Masako Owada foi titulada "Sua Alteza Imperial a Princesa Herdeira do Japão". Ela é popularmente conhecida apenas como "Princesa Masako", embora essa forma de tratamento esteja incorreta. O casal estabeleceu residência no Palácio Tōgū, em Tóquio.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar