Cascata do Caracol

Cascata do Caracol
Características
Altura 131 m
Localização
País  Brasil
Local Canela
Coordenadas 29° 18′ 40″ S, 50° 51′ 16″ O

Cachoeira do Caracol é uma cachoeira de 130 metros, localizada a 7 quilômetros do município de Canela, no Parque Estadual do Caracol.[1] É formada pelo rio Caracol e corta de falésias basálticas na Serra Geral, caindo no Vale da Lageana. As quedas estão situadas entre a zona pinheiral (floresta de pinheiros) do Planalto Brasileiro e a Mata Atlântica do litoral sul.[2] A base da cachoeira pode ser alcançada por uma trilha íngreme de 927 degraus mantida pelo Projeto Lobo-Guará.[1]

A cachoeira se formou nas rochas basálticas da formação Serra Geral e possui duas cascatas. A cascata superior está localizada a aproximadamente 100 m antes da segunda cascata, que cai sobre uma borda saliente do penhasco.[3]

As Cataratas do Caracol há tempos atraem visitantes e são a segunda atração turística natural mais popular do Brasil, atrás apenas das Cataratas do Iguaçu. Em 2009, recebeu mais de 289.000 visitantes.[4] Há uma torre de observação de 30 metros que oferece elevador e vista panorâmica, além de um teleférico que dá aos turistas uma visão aérea da cachoeira.[1][5][6] A área também oferece um restaurante e barracas de artesanato.[6]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c Waggoner, John (2008). Adventure Guide Brazil. New Jersey: Hunter Publishing. p. 549. ISBN 978-1-58843-639-9 
  2. Tropical Fish Hobbyist, Vol. 44, p. 188.
  3. «Caracol Falls». Wondermondo 
  4. Paulo Campos (30 de abril de 2010). «Canela flerta com o ecoturismo». Pampulha 
  5. Kelly, Margaret (2008). Fodor's Brazil. New York: Fodors Travel Publications. p. 281. ISBN 978-1-4000-1966-3 
  6. a b Rego, Luis (2004). Let's Go Brazil. New York: St. Martin's. p. 268. ISBN 978-0-312-32004-1 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cascata do Caracol
  Este artigo sobre Turismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.