Abrir menu principal

Casimiro de Abreu (Rio de Janeiro)

Disambig grey.svg Nota: Se procura por outros significados de Casimiro de Abreu, veja Casimiro de Abreu (desambiguação).
Casimiro de Abreu
  Município do Brasil  
Portal de entrada da cidade
Portal de entrada da cidade
Símbolos
Bandeira de Casimiro de Abreu
Bandeira
Brasão de armas de Casimiro de Abreu
Brasão de armas
Hino
Gentílico casimirense
Localização
Localização de Casimiro de Abreu no Rio de Janeiro
Localização de Casimiro de Abreu no Rio de Janeiro
Casimiro de Abreu está localizado em: Brasil
Casimiro de Abreu
Localização de Casimiro de Abreu no Brasil
Mapa de Casimiro de Abreu
Coordenadas 22° 28' 51" S 42° 12' 14" O
País Brasil
Unidade federativa Rio de Janeiro
Municípios limítrofes Cabo Frio, Macaé, Nova Friburgo, Rio das Ostras e Silva Jardim
Distância até a capital 140 km
História
Fundação 15 de setembro de 1859 (160 anos)
Aniversário 15 de setembro
Administração
Prefeito(a) Paulo Cezar Dames Passos (PSB, 2017 – 2020)
Vereadores Rafael Jardim, Bitó, Bruno Miranda, Marquinho da Vaca Mecânica, Dr. Adriano, Ramon Gidalte, Lelei da Marmoraria, Nenem da Barbearia, Alex Neves
Características geográficas
Área total [1] 460,843 km²
População total (Censo IBGE/2010[2]) 35 373 hab.
Densidade 76,76 hab./km²
Clima Quente e úmido com chuvas concentradas entre Outubro e Março
Altitude 17 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 28860-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,726 alto
 • Posição 29º
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 1 435 588,326 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 48 156,33
Outras informações
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Saúde
www.casimirodeabreu.rj.gov.br (Prefeitura)

Casimiro de Abreu é um município do interior do estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Está a uma altitude de 17 metros. Sua população estimada em 2008 era de 29 811 habitantes, em 2016, segundo o IBGE[5], a estimativa já era de 41.167. Município litorâneo, Casimiro de Abreu é um polo de turismo ecológico e rural: rios, cachoeiras e mar são suas grandes atrações, principalmente no distrito de Barra de São João.

Reparte, com o município vizinho de Silva Jardim, a Reserva Biológica Poço das Antas, que abriga vários animais ameaçados, entre eles o mico-leão-dourado. O nome do município vem de seu ilustre filho, o poeta romântico Casimiro de Abreu (1839-1860). Sua população estimada em 2005 era de 26 243 habitantes, possuindo uma área de 462,98 km².

A sede do município localiza-se às margens da rodovia BR-101, principal rodovia do norte do Estado do Rio de Janeiro. Antes de ser elevada à categoria de cidade, abrigou a fazenda Indaiaçu, pertencente ao pai do poeta Casimiro de Abreu.

HistóriaEditar

 
Terminal rodoviário de Casimiro de Abreu, às margens da BR-101.

Até a chegada dos colonizadores de origem portuguesa, no século XVII, a região era habitada pela tribo saraçu, um ramo dos índios goitacás. Aos poucos, os goitacás foram sendo exterminados pelos colonizadores de origem portuguesa. No século XVIII, existia, na região, a aldeia Indaiaçu, de índios guarulhos (outro ramo dos goitacás), que havia sido fundada pelo capuchinho italiano Francisco Maria Tali e que viria a dar origem à atual cidade de Casimiro de Abreu.[6]

A primeira capela, dedicada à Sacra Família, foi erguida em 1748. Em 1761, passou a constituir a freguesia de Sacra Família de Ipuca. Frequentes epidemias obrigaram a transferência da freguesia para junto do rio São João, onde foi construída uma igreja dedicada ao santo homônimo. Em 1800, foi criada a freguesia de "Barra de São João", subordinada ao município de Macaé. Através da Lei Provincial nº 394 de 19 de maio de 1846, a freguesia foi elevada à categoria de vila, separando-se de Macaé. Em 1890, foi elevada à categoria de cidade e o distrito de Indaiassu foi anexado.

Em 1901, a sede do município transferiu-se de Barra de São João para Indaiassu, e o nome do município também mudou de "Barra de São João" para "Indaiassu". Em 1904, ambas as alterações foram revertidas. Em 1925, a sede do município transferiu-se novamente para Indaiassu, que alterou seu nome para "Casimiro de Abreu", em homenagem ao famoso poeta nascido no município. Em 1938, um ano antes do centenário do poeta, o município inteiro passou a denominar-se "Casimiro de Abreu".[7]

No dia 8 de março de 1980, a cidade foi centro de um deslocamento em massa e reunião de pessoas que acreditaram que um objeto voador não identificado, proveniente de Júpiter, pousaria em uma fazenda local, segundo um homem chamado Edílcio Barbosa, autodenominado como "Mensageiro de Júpiter". Estima-se que por volta de 20 mil pessoas, incluindo imprensa e órgãos internacionais, chegaram à cidade para acompanhar o pouso do suposto disco voador. O evento mobilizou a imprensa, órgãos públicos como a defesa civil, polícia, exército e até pesquisadores da NASA, que estiveram presentes para acompanhar o "pouso". A prefeitura da cidade à época chegou a preparar uma recepção oficial para os seres extraterrestres, incluindo um desfile oficial pela cidade, um café-da-manhã, um baile e uma enciclopédia a ser presenteada aos jupterianos. Um orelhão, equipamento de considerado valor à época, chegou a ser instalado próximo ao local de pouso. A chegada do disco voador estava prevista, segundo Barbosa, para às 05h40, horário de Brasília. Após esgotado o tempo e o pouso não ter acontecido, um tumulto começou a se formar e Barbosa teve que ser escoltado e levado para outro lugar para não ser linchado pela população.[8]O evento ficou conhecido como "Efeito Casimiro".

Distritos de Casimiro de AbreuEditar

EsporteEditar

A cidade de Casimiro de Abreu, tem alguns torcedores e simpatizantes da equipe da cidade vizinha, o Macaé Esporte Futebol Clube. Também tem o Casimiro de Abreu Esporte Clube.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 29 de Julho de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «IBGE». Site do IBGE 
  6. Portal da prefeitura de Casimiro de Abreu. Disponível em http://www.casimirodeabreu.rj.gov.br/historia.html. Acesso em 23 de novembro de 2013.
  7. CityBrazil. Disponível em http://www.citybrazil.com.br/rj/casimiroabreu/historia-da-cidade. Acesso em 23 de novembro de 2013.
  8. MegaCurioso (25 de fevereiro de 2017). «1980: o ano em que o Brasil parou para esperar pelos jupterianos». MegaCurioso - As curiosidades mais interessantes estão aqui 

Ligações externasEditar